Não leveis nem ouro, nem prata, nem dinheiro em vossos cintos. Mat 10:9

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Filhos amados de Maria, caríssimos irmãos em Cristo Jesus,

A perfeição pode ser deste mundo: Como? A vida de um simples homem, um mendigo, que o papa considerou poder sustentar os pilares da Igreja Catolica pode nos servir de modelo.
O Jovem Francisco nasceu em 1182 em Assis, Itália, morreu com 45 anos sendo canonizado em 1228 por Gregório IX.
Vivendo uma vida alheia a Deus, buscando apenas sua propria glória, ao escutar um sermão sobre a escolha dos apóstolos, Deus lhe abre os olhos da alma. As palavras lhe tocaram profundamente e este passou a se dedicar completamente a uma vida de pobreza. Se despiu do homem velho e assumiu o novo, como diz as escrituras.
Da riqueza passa a possuir um único bem, uma humilde túnica esfarrapada, amarrada por um simples cordão com três nós, que simbolizavam seus votos feitos a Deus: Pobreza, Obediência e Castidade.
No dia 3 de Outubro de 1226, à tarde, São Francisco morreu cantando, glorificado ao Pai. Era sábado, no domingo dia seguinte, 4 de Outubro, é sepultado na igreja de São Jorge, na cidade de Assis. No dia do seu sepultamento é comemorado sua entrada no céu e encontro com o seu amado Jesus Cristo. Data que hoje a igreja comemora sua memória.
Francisco foi um homem convertido a Jesus, amava e adorava a Cristo. Viveu radicalidade do amor a Jesus e ao Evangelho. Fiel a igreja, nunca deixou de amá-la e respeitar os pastores, mesmo os que o perseguiram. Pregou o Evangelho integramente e testemunhou o cristianismo com sua vida, uma vida na alegria do cotidiano. Francisco viveu para o evangelho de Cristo. Foi considerado um homem revolucionario, comparado com o profeta Elias. Dizia ele evangelizo todo o tempo, quando preciso uso palavras. À sociedade medieval pregava a reforma, repondo no coração, na memória, na ação dos homens, o Evangelho.
"Francisco é, num certo sentido, o santo universal; através dele Cristo quis proclamar o Evangelho, não só à sua época, mas também às outras, à nossa, a culturas e civilizações" - João Paulo II.
A todos, grandes ou pequenos, sua vida austera e de profunda oração, no limite humano atingido por Francisco de Assis, causa espanto e admiração até hoje. Declarado em 1992 pela Time Magazine um dos homens mais representativos do segundo milênio, estudado por centros de pesquisa universitários leigos e não leigos, objeto de inúmeras publicações científicas e de divulgação inerentes a sua história, com diversos filmes a ele dedicados, reconhecido como referência ideal por pessoas de diversas culturas e considerado pelo psicanalista Freud uma das unicas pessoas normais do mundo, alguém que deixou um testemunho, que até hoje inspira grandes santos (ex: São Pe Pio, Santo Pe Antonio de Padua, etc..) Somente pelo seu legado já teriamos a sua grandeza. Contudo ele foi mais.
Como Cristo que tomou para si o motivo de vergonha para seu amado povo a cruxificição,e a tornou motivo de orgulho, o então dissipulo Francisco, tomou a pobreza e a elevou, mostrando que o que mais tem valor é a vida humana que os bens que possamos talvez possuir. Uma renuncia tal de si mesmo, que por muitos foi considerado um modelo de Cristo na terra.
O céu aproximou-se da terra. A pobreza era a pena de todos? A pobreza foi alçada a ideal. Para que bens pessoais? Para os ter de guardar à mão armada? As desavenças entre os homens, a guerra entre os povos vêm da posse. Ai não esta a verdadeira alegria. A alegria para este santo eram as virtudes, e São Francisco foi feliz com Jesus até a morte.
Fez de sua vida a frase:
"Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça e todas estas coisas vos serão dadas em acréscimo."
Se me fosse permitido por caridade de Deus explicar as atitudes de São Francisco de Assis, diria, ele apenas leu a Segunda Epistola do Apostolo Pedro 1:3-11. Colocando em pratica todos os conselhos do nosso primeiro papa, ou seja os conselhos da Igreja.
"Comece fazendo o que é necessário, em seguida, faça o que é possível, e de repente você estará fazendo o impossível." (São Francisco de Assis)
Supliquemos então a intercessão deste veneravél santo da igreja catolica.
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by