Francisco convida Bento XVI para canonizações de João Paulo II e João XXIII

sexta-feira, 4 de abril de 2014

O Papa Francisco convidou Bento XVI para as canonizações de João Paulo II e João XXIII, que acontecerão no próximo dia 27 de abril em Roma, mas apesar de haver “uma certa expectativa” de que assista, ainda não se sabe “se ele deseja estar presente numa circunstância tão exigente”, conforme explicou o diretor do Escritório de Imprensa da Santa Sé, o padre Federico Lombardi.
“É uma possibilidade. Não há nenhuma certeza”, precisou Lombardi durante a apresentação dos detalhes da dupla canonização que acontecerá na Praça de São Pedro.
Para a ocasião, a diocese de Bérgamo, de onde era Angelo Roncalli, Papa João XXIII, colocou a disposição três fundos beneficentes que inclui uma contribuição direta dos sacerdotes. Trata-se das ‘Obras Sinais’, uma série de atividades dedicadas à caridade, a promoção humana e a solidariedade.
Entre elas, destaca um projeto de ajuda ao Haiti para garantir três anos de escolarização na escola João XXIII; o convite aos sacerdotes para contribuírem com um mês de seu salário e a comemoração, em 12 de abril, da publicação da encíclica ‘Pacem in Terris’, para a qual estão convidados os embaixadores dos países nos quais o então núncio apostólico Angelo Roncalli desempenhou sua missão diplomática (Bulgária, Turquia, Grécia e França). A apresentação tem como encarregado Jacques Delors, ex-presidente da Comissão Europeia.
A missa de canonização, presidida pelo Papa Francisco, começará às 10h na Praça de São Pedro e será concelebrada por mil cardeais e bispos. Além disso, 700 sacerdotes distribuirão a comunhão na Praça de São Pedro, e centenas de diáconos ao longo da Via da Conciliação.
Depois da missa, os túmulos dos dois novos santos poderão ser venerados. Lombardi precisou que não terá entradas para evitar confusões com as compras e vendas. “Quem chega, assiste, participa, mas não haverá bilhetes”, explicou.
O Pe. Lombardi comentou que “não há previsões” sobre o número de pessoas que assistirão, mas comentou que, segundo sua experiência, “quando a Praça de São Pedro, a Via da Conciliação e as zonas circundantes ficam cheias, chega-se a 200.000 ou 250.000 pessoas”.
Por sua parte, o diretor do escritório para as Comunicações Sociais do Vicariato, Walter Insiro, explicou que antes da canonização haverá dois eventos. O primeiro acontecerá na terça-feira 22 de abril às 20h30 na Basílica de São João de Latrão e será um encontro para os jovens presidido pelo cardeal Agostino Valini, com a intervenção dos dois postuladores: Monsenhor Slavomir Oder (do beato João Paulo II) e o Padre Giovangiuseppe Califano (do beato João XXIII).
No sábado, 26 de abril, a partir das 21h, acontecerá uma noite branca de oração. Isnero detalhou que “as Igrejas do centro de Roma permanecerão abertas e será possível rezar e confessar-se”.
Por outro lado, o diretor do escritório para as Comunicações sociais do Vicariato explicou que haverá diferentes canais nas redes sociais e nos meios para envolver particularmente os jovens. Assim, foi criado o portal ‘www.2papisanti.org”, em diferentes línguas, e uma conta no Twitter ‘@2popesaints’. As canonizações também estarão presentes no YouTube e Facebook. Do mesmo modo, dentro de alguns dias estará disponível o aplicativo para celulares ‘Santo Já’, dedicado a Karol Wojtyla.

Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by