PAPA FRANCISCO : “O espírito de mundanidade que nos leva à apostasia”

segunda-feira, 18 de novembro de 2013


PAPA FRANCISCO : “O espírito de mundanidade que nos leva à apostasia”



Cidade do Vaticano (RV) - O Papa Francisco na missa desta segunda-feira, na Casa de Santa Marta, denunciou o espírito mundano que tudo negocia e reafirmou que só o Senhor nos pode salvar do pensamento único globalizado

Partindo da Leitura do Livro dos Macabeus, o Santo Padre refletiu sobre a raiz perversa do mundano

“Os chefes do povo – explicou – não queriam que Israel fosse isolada das outras nações e, assim, abandonaram as suas próprias tradições para negociarem com o rei. Ou seja, não negociam os seus valores, mas acabam por negociar aquilo que é ainda mais importante, que é a sua fidelidade ao Senhor”

“Esta é uma contradição: não negociamos os valores, mas a fidelidade. E este é mesmo o fruto do demônio, do príncipe deste mundo, que nos faz avançar com o espírito do mundano. E depois temos as consequências. Tomaram os hábitos dos pagãos e, mais à frente, o rei prescreveu que em todo o seu reino todos fossem um só povo e cada um abandonasse as suas tradições. Não é a bela globalização da unidade de todas as nações, em que estão unidas e cada uma tem as suas tradições, mas é a globalização da uniformidade hegemônica, é precisamente o pensamento único. E este pensamento único é fruto do mundano”

“E foi assim que o povo – continuou o Santo Padre – adequou-se às ordens do rei, aceitou o seu culto e profanou o sábado. Negociaram a sua fidelidade… Mas o Senhor é fiel ao seu povo e salva-nos deste espírito”

“Esta gente negociou a fidelidade ao seu Senhor; esta gente movida pelo espírito do mundo, negociou a própria identidade, negociou a pertença a um povo que Deus ama tanto, que Deus quer como seu povo”

“Mas aquilo que nos consola é que perante este caminho que faz o espírito do mundo, o caminho de infidelidade… está sempre o Senhor, que não pode renegar a si mesmo, o Fiel: Ele sempre nos espera e nos perdoa quando nós, arrependidos por qualquer passo, O procuramos. Com o espírito de filhos da Igreja, rezemos ao Senhor para que com a Sua bondade, com a sua fidelidade nos salve deste espírito mundano que negocia tudo; que nos proteja e nos faça andar para a frente, como fez caminhar o Seu povo no deserto, levando-o pela mão, como um pai leva o seu menino. Na mão do Senhor estamos seguros”

É como , observa [o Papa] , se dissessem, “somos progressistas, andamos com o progresso para onde vai todo mundo”. Trata-se, adverte, do “espírito do progressismo adolescente” que “crê que andar adiante em qualquer escolha é melhor que permanecer nos hábitos da fidelidade”. Esta gente, portanto, negocia com o rei “a fidelidade ao Deus sempre fiel”. “Isso — é a advertência do Papa — se chama apostasia”, “adultério”. [...]”

“Mas, Padre, isso acontece também hoje? Sim, porque o espírito da mundanidade existe também hoje, também hoje nos leva com esta vontade de ser progressistas no pensamento único. Se fosse encontrado junto a alguém o Livro da Aliança e se alguém obedecesse à Lei, a sentença do rei o condenava à morte: e isso temos lido nos jornais, nestes meses. Essas pessoas negociam a fidelidade ao seu Senhor; essa gente, movida pelo espírito do mundo, negociou a própria identidade, negociou a pertença a um povo, um povo que Deus ama tanto, que Deus quer como seu povo”

O Papa, então, faz referência ao romance do início do século XX, “Il padrone del mondo”, que se concentra exatamente sobre “ESTE ESPÍRITO DE MUNDANIDADE QUE NOS LEVA À APOSTASIA”

Hoje , adverte o Papa, “se pensa que devemos ser como todos, devemos ser os mais normais, como fazem todos, com este progressismo adolescente”. E depois, observa com dor, “a história prossegue” : “as condenações à morte, os sacrifícios humanos”. “Mas vocês — é a pergunta do Papa — pensam que hoje fazem sacrifícios humanos? Ocorrem tantos, tantos! E há leis que os protegem”

Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by