NÃO TEMA RECEBER MARIA EM SUA VIDA - LITURGIA DIÁRIA , 19 DE NOVEMBRO DE 2013

segunda-feira, 18 de novembro de 2013


NÃO TEMA RECEBER MARIA EM SUA VIDA

Quando José soube que Maria estava grávida, decidiu não a denunciar, porque era um homem justo. Naquela época, as mulheres que adulteravam eram apedrejadas, por isso ela deveria ser denunciada e implacavelmente apedrejada. Mas José preferiu abandoná-la em silêncio, como se ele mesmo houvesse adulterado. Ele era um homem de bom coração e, mesmo sem saber o que havia ocorrido, não queria vê-la sendo apedrejada

A Virgem Maria, no entanto, não podia se justificar com José, pois quem iria acreditar nela. Mas ela confiou em Deus e Este falou com José por intermédio de um sonho: "José, filho de Davi, não tenhas medo de receber Maria como tua esposa, porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo" (Mateus 1,20)

Deus escolheu pessoas humanas para que também nós trilhemos o caminho de Seu Filho, o caminho da obediência. Ele não precisa de padres, mas quis precisar deles; Ele não precisa de Papa, mas quis precisar de um Pontífice; Ele não precisava de Maria, mas Ele quis precisar dela para que Seu Filho viesse ao mundo. Quando Nossa Senhora manda, até satanás obedece, pois ele olha para ela e sabe muito bem que Jesus obedeceu essa mulher, e que ela também foi obediente até a cruz

Da mesma forma, Deus Pai nos diz hoje: "Não tema em receber Maria em sua vida, como sua mãe, como sua mestra, como a mãe do seu Senhor. Acredite que tudo o que aconteceu nela foi santo”

Deus fez com que ela, mesmo sendo virgem, gerasse Jesus. Ela permaneceu virgem até a sua assunção ao céu. Sem Maria não teríamos Jesus e, sem Jesus, não teríamos a salvação, estaríamos perdidos, porque nenhum de nós poderia se salvar. O demônio não imaginava que o Senhor tinha um projeto guardado em Seu Coração: fazer Maria imaculada. Por isso o demônio odeia as mulheres, odeia a Virgem Maria, aquela que nos trouxe a salvação

O Evangelho de São Lucas 1, 39-43 diz: "Naqueles dias, Maria levantou-se e foi às pressas às montanhas, a uma cidade de Judá. Entrou em casa de Zacarias e saudou Isabel. Ora, apenas Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança estremeceu no seu seio; e Isabel ficou cheia do Espírito Santo. E exclamou em alta voz: Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre. Donde me vem esta honra de vir a mim a mãe de meu Senhor?"

Só pela presença de Maria, Isabel ficou cheia do Espírito Santo. A prima de Nossa Senhora não tinha como saber que ela estava grávida, mas o Espírito Santo lhe revelou , "Maria é a Mãe do meu Senhor"

Isabel diz: Como mereço que a mãe do Senhor venha me visitar? Não tema de receber Maria, a mãe do Senhor, em sua vida. Não tem como separar a mãe do filho. Se Maria é a mãe do meu Senhor, eu tenho que venerá-la. Ela é a mãe do meu Deus, do meu Redentor. Maria é mãe e mestra, ela nos ensina o caminho a seguir. Nas Bodas de Caná, Jesus honrou o Quarto Mandamento, que diz: “Honrar pai e mãe”

"Bem-aventurada és tu que creste, pois se hão de cumprir as coisas que da parte do Senhor te foram ditas! E Maria disse: ‘Minha alma glorifica ao Senhor, meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador, porque olhou para sua pobre serva’" (Lucas 1,45-48a)

Esta geração me chamará de bem-aventurada, e a minha geração proclamará a Bem-aventurada

Eu não temo receber Maria em minha vida, em minha casa, em minha família, como mãe do meu Senhor e como minha mãe. Eu proclamo que Jesus é o Senhor e ao nome d'Ele se dobra todo joelho. Ave-Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, bendito o fruto do vosso ventre, JESUS




LITURGIA DO DIA 19 DE NOVEMBRO DE 2013
PRIMEIRA LEITURA (2MC 6,18-31)

LEITURA DO SEGUNDO LIVRO DOS MACABEUS - 18Eleazar era um dos principais doutores da Lei, homem de idade avançada e de venerável aparência. Quiseram obrigá-lo a comer carne de porco, abrindo à força sua boca. 19Mas ele, preferindo morrer gloriosamente a viver desonrado, caminhou espontaneamente para a tortura da roda, 20depois de ter cuspido o que lhe haviam posto na boca. Assim deveriam proceder os que têm a coragem de recusar aquilo que nem para salvar a vida é lícito comer. 21Os encarregados desse ímpio banquete ritual, que conheciam Eleazar desde muito tempo, chamaram-no à parte e insistiram para que mandasse trazer carnes cujo uso lhes era permitido e que ele mesmo tivesse preparado, apenas fingisse comer carnes provenientes do sacrifício, conforme o rei ordenara. 22Agindo assim evitaria a morte, aproveitando esta oportunidade que lhe davam em consideração à velha amizade. 23Mas ele tomou uma nobre resolução digna da sua idade, digna do prestígio de sua velhice, dos seus cabelos embranquecidos com honra, e da vida sem mancha que levara desde a infância. Uma resolução digna, sobretudo, da santa legislação instituída pelo próprio Deus. E respondeu coerentemente, dizendo que o mandassem logo para a mansão dos mortos. 24E acrescentou: “Usar desse fingimento seria indigno da nossa idade. Muitos jovens ficariam convencidos de que Eleazar, aos noventa anos, adotou as normas de vida dos estrangeiros; 25seriam enganados por mim, por causa do fingimento que eu usaria para salvar um breve resto de vida. De minha parte eu atrairia sobre minha velhice a vergonha e a desonra. 26E ainda que escapasse por um momento ao castigo dos homens, eu não poderia, nem vivo nem morto, fugir das mãos do Todo-poderoso. 27Se, pelo contrário, eu agora renunciar corajosamente a esta vida, vou mostrar-me digno de minha velhice, 28e deixarei aos jovens o nobre exemplo de como se deve morrer, com entusiasmo e generosidade, pelas veneráveis e santas leis”. Ditas estas palavras, caminhou logo para o suplício. 29Os que o conduziam, transformaram em brutalidade a benevolência manifestada pouco antes. E consideraram loucas as palavras que ele acabara de dizer. 30Eleazar, porém, estando para morrer sob os golpes, disse ainda entre os gemidos: “O Senhor, em sua santa sabedoria, vê muito bem que eu, podendo escapar da morte, suporto em meu corpo as dores cruéis provocadas pelos açoites, mas em minha alma suporto-as com alegria, por causa do temor que lhe tenho”. 31Assim Eleazar partiu desta vida. Com sua morte deixou um exemplo de coragem e um modelo inesquecível de virtude, não só para os jovens, mas também para toda a nação - Palavra do Senhor


SALMO RESPONSORIAL  (SL 3)

É O SENHOR QUEM ME SUSTENTA E ME PROTEGE!

— Quão numerosos, ó Senhor, os que me atacam; quanta gente se levanta contra mim! Muitos dizem, comentando a meu respeito: “Ele não acha a salvação junto de Deus!”

— Mas sois vós o meu escudo protetor, a minha glória que levanta minha cabeça! Quando eu chamei em alta voz pelo Senhor, do Monte santo ele me ouviu e respondeu.
— É o Senhor quem me sustenta e me protege!

— Eu me deito e adormeço bem tranquilo; acordo em paz, pois o Senhor é meu sustento. Não terei medo de milhares que me cerquem e furiosos se levantem contra mim. Levantai-vos, ó Senhor, vinde salvar-me!


EVANGELHO (LC 19,1-10)

PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO + SEGUNDO LUCAS - Naquele tempo, 1Jesus tinha entrado em Jericó e estava atravessando a cidade. 2Havia ali um homem chamado Zaqueu, que era chefe dos cobradores de impostos e muito rico. 3Zaqueu procurava ver quem era Jesus, mas não conseguia, por causa da multidão, pois era muito baixo. 4Então ele correu à frente e subiu numa figueira para ver Jesus, que devia passar por ali. 5Quando Jesus chegou ao lugar, olhou para cima e disse: “Zaqueu, desce depressa! Hoje eu devo ficar na tua casa”. 6Ele desceu depressa, e recebeu Jesus com alegria. 7Ao ver isso, todos começaram a murmurar, dizendo: “Ele foi hospedar-se na casa de um pecador!”8Zaqueu ficou de pé, e disse ao Senhor: “Senhor, eu dou a metade dos meus bens aos pobres, e se defraudei alguém, vou devolver quatro vezes mais”. 9Jesus lhe disse: “Hoje a salvação entrou nesta casa, porque também este homem é um filho de Abraão. 10Com efeito, o Filho do Homem veio procurar e salvar o que estava perdido” - Palavra da Salvação







Mensagem do dia 25 de março de 2012 à Marija Pavlovic-Lunetti - “Queridos filhos! Também hoje, com alegria, EU desejo dar a vocês MINHA Benção Maternal e chamá-los à oração. Que a oração torne-se uma necessidade para vocês crescerem mais em santidade todo dia. Trabalhem mais em sua conversão porque vocês estão muito longe, filhinhos. Obrigada por terem respondido ao MEU Chamado”Mensagem de Nossa Senhora em Medjugorje




A IGREJA CELEBRA HOJE , SÃO ROQUE GONZALES E COMPANHEIROS MÁRTIRES - Com alegria celebramos a santidade destes Jesuítas que deram a vida pela fé, amor e esperança em Jesus Cristo, são eles: Roque González e seus companheiros Afonso Rodríguez e João del Castillo . Roque González nasceu em Assunção do Paraguai, em 1576, e estudou com os Padres Jesuítas, que muito ajudaram-no a desenvolver seus dotes humanos e espirituais . O coração de Roque González sempre se compadeceu com a realidade dos indígenas oprimidos, por isso ao se formar e ser ordenado Sacerdote do Senhor, aos 22 anos de idade, foi logo trabalhar como padre diocesano numa aldeia carente. São Roque, sempre obediente à vontade do Pai do Céu, entrou no noviciado da Companhia de Jesus, com 33 anos, e acompanhado com outros ousados missionários, aceitou a missão de pacificar terríveis indígenas . São Roque González fez de tudo para ganhar a todos para Cristo, portanto aprendeu além das línguas indígenas, aprofundou-se em técnicas agrícolas, manejo dos bois e vários outros costumes da terra. Os Jesuítas – bem ao contrário do que muitos contam de forma injusta – tinham como meta a salvação das almas, mas também a promoção humana, a qual era e é a consequência lógica de toda completa evangelização . Certa vez numa dessas reduções que levavam os indígenas para a vida em aldeias bem estruturadas e protegidas dos colonizadores, Roque González com seus companheiros foram atacados, dilacerados e martirizados por índios ferozes fechados ao Evangelho e submissos a um feiticeiro, que matou o corpo mas não a alma destes que, desde 1628, estão na Glória Celeste . Em 1988, o Papa João Paulo II canonizou os três primeiros mártires sul-americanos: São Roque González, Santo Afonso Rodríguez e São João del Castillo - São Roque González e companheiros mártires, rogai por nós!


Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by