Segunda Feira IV Semana da Páscoa

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Laudes V. Vinde, ó Deus em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia. Hino A fiel Jerusalém canta um hino triunfal, celebrando, jubilosa, Jesus Cristo, a Luz pascal. A serpente é esmagada pelo Cristo, leão forte, que ressurge e chama à vida os cativos pela morte. Ele vence, refulgindo de grandeza e majestade. Ele faz de céus e terra uma pátria de unidade. Nosso canto suplicante pede ao Rei ressuscitado que receba no seu Reino o seu povo consagrado. Ó Jesus, do vosso povo sede o júbilo pascal. Dai aos novos pela graça a vitória triunfal. Glória a vós, Jesus invicto, sobre a morte triunfante. Com o Pai e o Santo Espírito sois luz nova e radiante. Salmodia Ant. 1 Que a bondade do Senhor e nosso Deus repouse sobre nós e nos conduza. Aleluia. Salmo 89(90) O esplendor do Senhor esteja sobre nós Para o Senhor, um dia é como mil anos, e mil anos como um dia (2Pd 3,8). –1 Vós fostes um refúgio para nós, * ó Senhor, de geração em geração. =2 Já bem antes que as montanhas fossem feitas † ou a terra e o mundo se formassem, * desde sempre e para sempre vós sois Deus. –3 Vós fazeis voltar ao pó todo mortal, * quando dizeis: 'Voltai ao pó, filhos de Adão!' –4 Pois mil anos para vós são como ontem, * qual vigília de uma noite que passou. –5 Eles passam como o sono da manhã, * 6 são iguais à erva verde pelos campos: – De manhã ela floresce vicejante, * mas à tarde é cortada e logo seca. –7 Por vossa ira perecemos realmente, * vosso furor nos apavora e faz tremer; –8 pusestes nossa culpa à nossa frente, * nossos segredos ao clarão de vossa face. –9 Em vossa ira se consomem nossos dias, * como um sopro se acabam nossos anos. –10 Pode durar setenta anos nossa vida, * os mais fortes talvez cheguem a oitenta; – a maior parte é ilusão e sofrimento: * passam depressa e também nós assim passamos. –11 Quem avalia o poder de vossa ira,* o respeito e o temor que mereceis? –12 Ensinai-nos a contar os nossos dias, * e dai ao nosso coração sabedoria! – –13 Senhor, voltai-vos! Até quando tardareis? * Tende piedade e compaixão de vossos servos! –14 Saciai-nos de manhã com vosso amor, * e exultaremos de alegria todo o dia! –15 Alegrai-nos pelos dias que sofremos, * pelos anos que passamos na desgraça! –16 Manifestai a vossa obra a vossos servos, * e a seus filhos revelai a vossa glória! –17 Que a bondade do Senhor e nosso Deus * repouse sobre nós e nos conduza! – Tornai fecundo, ó Senhor, nosso trabalho, * fazei dar frutos o labor de nossas mãos! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Que a bondade do Senhor e nosso Deus repouse sobre nós e nos conduza. Aleluia. Ant. 2 Diante deles mudarei em luz as trevas, aleluia. Cântico Is 42,10-16 Hino ao Deus vencedor e salvador Cantavam um cântico novo diante do trono (Ap 14,3). –10 Cantai ao Senhor Deus um canto novo, * louvor a ele dos confins de toda a terra! – Louve ao Senhor o oceano e o que há nele, * louvem as ilhas com os homens que as habitam! –11 Ergam um canto os desertos e as cidades, * e as tendas de Cedar louvem a Deus! – Habitantes dos rochedos, aclamai; * dos altos montes sobem gritos de alegria! –12 Todos eles dêem glórias ao Senhor, * e nas ilhas se proclame o seu louvor! –13 Eis o Senhor como um herói que vai chegando, * como guerreiro com vontade de lutar; – solta seu grito de batalha aterrador * como um valente que enfrenta os inimigos. – –14 'Por muito tempo me calei, guardei silêncio, * fiquei calado e, paciente, me contive; – mas grito agora qual mulher que está em parto, * ofegante e sem alento em meio às dores. –15 As montanhas e as colinas destruirei, * farei secar toda a verdura que as reveste; – mudarei em terra seca os rios todos, * farei secar todos os lagos e açudes. –16 Conduzirei, então, os cegos pela mão * e os levarei por um caminho nunca visto; – hei de guiá-los por atalhos e veredas * até então desconhecidos para eles. – Diante deles mudarei em luz as trevas, * farei planos os caminhos tortuosos. – Tudo isso hei de fazer em seu favor, * e jamais eu haverei de abandoná-los!' – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Diante deles mudarei em luz as trevas, aleluia. Ant. 3 Ele faz tudo quanto lhe agrada, aleluia. Salmo 134(135),1-12 Louvor ao Senhor por suas maravilhas Povo que ele conquistou, proclamai as obras admiráveis daquele que vos chamou das trevas para a sua luz maravilhosa (cf. 1Pd 2,9). –1 Louvai o Senhor, bendizei-o; * louvai o Senhor, servos seus, –2 que celebrais o louvor em seu templo * e habitais junto aos átrios de Deus! –3 Louvai o Senhor, porque é bom; * cantai ao seu nome suave! –4 Escolheu para si a Jacó, * preferiu Israel por herança. –5 Eu bem sei que o Senhor é tão grande, * que é maior do que todos os deuses. =6 Ele faz tudo quanto lhe agrada, † nas alturas dos céus e na terra, * no oceano e nos fundos abismos. =7 Traz as nuvens do extremo da terra, † transforma os raios em chuva, * das cavernas libera os ventos. –8 No Egito feriu primogênitos, * desde homens até animais. –9 Fez milagres, prodígios, portentos, * perante Faraó e seus servos. –10 Abateu numerosas nações * e matou muitos reis poderosos: =11 A Seon que foi rei amorreu, † e a Og que foi rei de Basã, * como a todos os reis cananeus. –12 Ele deu sua terra em herança, * em herança a seu povo, Israel. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Ele faz tudo quanto lhe agrada, aleluia. Leitura breve Rm 10,8b-10 A palavra está perto de ti, em tua boca e em teu coração. Essa palavra é a palavra da fé, que nós pregamos. Se, pois, com tua boca confessares Jesus como Senhor e, no teu coração, creres que Deus o ressuscitou dos mortos, serás salvo. É crendo no coração que se alcança a justiça e é confessando a fé com a boca que se consegue a salvação. Responsório breve R. O Senhor ressurgiu do sepulcro.* Aleluia, aleluia. R. O Senhor. V. Foi suspenso por nós numa cruz. * Aleluia, aleluia. Glória ao Pai. R. O Senhor. CÂNTICO EVANGÉLICO(BENEDICTUS) Lc 1,68-79 Ant. Eu sou o Bom Pastor das ovelhas, meu rebanho apascento e conheço e, por elas, eu dou minha vida. Aleluia. O Messias e seu Precursor –68 Bendito seja o Senhor Deus de Israel, * que a seu povo visitou e libertou; –69 e fez surgir um poderoso Salvador * na casa de Davi, seu servidor, –70 como falara pela boca de seus santos, * os profetas desde os tempos mais antigos, –71 para salvar-nos do poder dos inimigos * e da mão de todos quantos nos odeiam. –72 Assim mostrou misericórdia a nossos pais, * recordando a sua santa Aliança –73 e o juramento a Abraão, o nosso pai, * de conceder-nos 74 que, libertos do inimigo, = a ele nós sirvamos sem temor † 75 em santidade e em justiça diante dele, * enquanto perdurarem nossos dias. =76 Serás profeta do Altíssimo, ó menino, † pois irás andando à frente do Senhor * para aplainar e preparar os seus caminhos, –77 anunciando ao seu povo a salvação, * que está na remissão de seus pecados; –78 pelo amor do coração de nosso Deus, * Sol nascente que nos veio visitar –79 lá do alto como luz resplandecente * a iluminar a quantos jazem entre as trevas = e na sombra da morte estão sentados † e para dirigir os nossos passos, * guiando-nos no caminho da paz. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Eu sou o Bom Pastor das ovelhas, meu rebanho apascento e conheço e, por elas, eu dou minha vida. Aleluia. Preces Rezemos a Deus Pai, glorificado pela morte e ressurreição de seu Filho; e peçamos confiantes: R. Iluminai, Senhor, o nosso coração! Deus de eterna glória, que iluminastes o mundo com a luz de Cristo gloriosamente ressuscitado, – iluminai-nos hoje com a luz da fé. R. Vós, que, pela ressurreição de Cristo, abristes a todo ser humano as portas da eternidade – ajudai-nos no trabalho deste dia, para que aumente em nós a esperança da vida eterna. R. Vós, que, por vosso Filho ressuscitado, enviastes ao mundo o Espírito Santo, – acendei em nossos corações o fogo do vosso amor. R. Pelos méritos da cruz de Cristo, que morreu para libertar o mundo, – dai à humanidade inteira a salvação e a paz. R. (intenções livres) Pai nosso... Oração Ó Deus, que pela humilhação do vosso Filho reerguestes o mundo decaído, enchei de santa alegria os vossos filhos e filhas que libertastes da escravidão do pecado e concedei-lhes a felicidade eterna. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém. Hora Média V. Vinde, ó Deus em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia. HINO Esta hora brilhou e, esplendente, afastou toda nuvem da cruz. Despojando das trevas o mundo, restitui às nações nova luz. Nesta hora Jesus ressuscita do sepulcro os que haviam morrido e, a morte vencendo, eles saem com um novo espírito infundido. Temos fé nessa aurora dos tempos, das cadeias da morte libertos, e nas graças da vida, que jorram como fonte a correr nos desertos. Glória a vós, que vencestes a morte, e no céu com o Pai, Sumo Bem, refulgindo na glória do Espírito reinais hoje e nos séculos. Amém. Salmodia -- salmodia complementar -- Ant. Aleluia, aleluia, aleluia. Salmo 118(119),129-136 XVII (Phe) Meditação sobre a Palavra de Deus na Lei O amor é o cumprimento perfeito da Lei (Rm 13,10). –129 Maravilhosos são os vossos testemunhos, * eis por que meu coração os observa! –130 Vossa palavra, ao revelar-se, me ilumina, * ela dá sabedoria aos pequeninos. –131 Abro a boca e aspiro largamente, * pois estou ávido de vossos mandamentos. –132 Senhor, voltai-vos para mim, tende piedade, * como fazeis para os que amam vosso nome! –133 Conforme a vossa lei firmai meus passos, * para que não domine em mim a iniqüidade! –134 Libertai-me da opressão e da calúnia, * para que eu possa observar vossos preceitos! –135 Fazei brilhar vosso semblante ao vosso servo, * e ensinai-me vossas leis e mandamentos! –136 Os meus olhos derramaram rios de pranto, * porque os homens não respeitam vossa lei. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Salmo 81(82) Admoestação aos juízes iníquos Não queirais julgar antes do tempo. Aguardai que o Senhor venha (1Cor 4,5). –1 Deus se levanta no conselho dos juízes * e profere entre os deuses a sentença: –2 'Até quando julgareis injustamente, * favorecendo sempre a causa dos perversos? –3 Fazei justiça aos indefesos e aos órfãos, * ao pobre e ao humilde absolvei! –4 Libertai o oprimido, o infeliz, * da mão dos opressores arrancai-os!' =5 Mas eles não percebem nem entendem, † pois caminham numa grande escuridão, * abalando os fundamentos do universo! –6 Eu disse: 'Ó juízes, vós sois deuses, * sois filhos todos vós do Deus Altíssimo! –7 E, contudo, como homens morrereis, * caireis como qualquer dos poderosos!' –8 Levantai-vos, ó Senhor, julgai a terra, * porque a vós é que pertencem as nações! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Salmo 119(120) Desejo da paz Sede fortes nas tribulações, perseverantes na oração (Rm 12,12). –1 Clamei pelo Senhor na minha angústia, * e ele me escutou, quando eu dizia: –2 'Senhor, livrai-me desses lábios mentirosos, * e da língua enganadora libertai-me! –3 Qual será a tua paga, o teu castigo, * ó língua enganadora, qual será? –4 Serão flechas aguçadas de guerreiros, * acesas em carvões incandescentes. –5 Ai de mim! sou exilado em Mosoc, * devo acampar em meio às tendas de Cedar! –6 Já se prolonga por demais o meu desterro * entre este povo que não quer saber de paz! –7 Quando eu falo sobre paz, quando a promovo, * é a guerra que eles tramam contra mim!' – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Aleluia, aleluia, aleluia. Leitura breve 2Tm 2,8.11 Lembra-te de Jesus Cristo, da descendência de Davi, ressuscitado dentre os mortos, segundo o meu evangelho. Merece fé esta palavra: se com ele moremos, com ele viveremos. V. Ó Senhor, ficai conosco, aleluia, R. Pois o dia já declina. Aleluia. Oração Ó Deus, que pela humilhação do vosso Filho reerguestes o mundo decaído, enchei de santa alegria os vossos filhos e filhas que libertastes da escravidão do pecado e concedei-lhes a felicidade eterna. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Conclusão da Hora V. Bendigamos ao Senhor. R. Demos graças a Deus. COMPLETAS V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia. Depois, recomenda-se o exame de consciência (...) Hino Agora que o clarão da luz se apaga, a vós nós imploramos, Criador: com vossa paternal misericórdia, guardai-nos sob a luz do vosso amor. Os nossos corações sonhem convosco: no sono, possam eles vos sentir. Cantemos novamente a vossa glória ao brilho da manhã que vai surgir. Saúde concedei-nos nesta vida, as nossas energias renovai; da noite a pavorosa escuridão com vossa claridade iluminai. Ó Pai, prestai ouvido às nossas preces, ouvi-nos por Jesus, nosso Senhor, que reina para sempre em vossa glória, convosco e o Espírito de Amor. Salmodia Ant. Aleluia, aleluia, aleluia. Salmo 85(86) Oração do pobre nas dificuldades Bendito seja Deus que nos consola em todas as noSsas aflições (2Cor 1,3.4). –1 Inclinai, ó Senhor, vosso ouvido, * escutai, pois sou pobre e infeliz! =2 Protegei-me, que sou vosso amigo, † e salvai vosso servo, meu Deus, * que espera e confia em vós! –3 Piedade de mim, ó Senhor, * porque clamo por vós todo o dia! –4 Animai e alegrai vosso servo, * pois a vós eu elevo a minh'alma. –5 Ó Senhor, vós sois bom e clemente, * sois perdão para quem vos invoca. –6 Escutai, ó Senhor, minha prece, * o lamento da minha oração! –7 No meu dia de angústia eu vos chamo, * porque sei que me haveis de escutar. –8 Não existe entre os deuses nenhum * que convosco se possa igualar; – não existe outra obra no mundo * comparável às vossas, Senhor! –9 As nações que criastes virão * adorar e louvar vosso nome. –10 Sois tão grande e fazeis maravilhas: * vós somente sois Deus e Senhor! –11 Ensinai-me os vossos caminhos, * e na vossa verdade andarei; – meu coração orientai para vós: * que respeite, Senhor, vosso nome! –12 Dou-vos graças com toda a minh'alma, * sem cessar louvarei vosso nome! –13 Vosso amor para mim foi imenso: * retirai-me do abismo da morte! =14 Contra mim se levantam soberbos, † e malvados me querem matar; * não vos levam em conta, Senhor! –15 Vós, porém, sois clemente e fiel, * sois amor, paciência e perdão. =16 Tende pena e olhai para mim! † Confirmai com vigor vosso servo, * de vossa serva o filho salvai. –17 Concedei-me um sinal que me prove * a verdade do vosso amor. – O inimigo humilhado verá * que me destes ajuda e consolo. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Aleluia, aleluia, aleluia. Leitura breve 1Ts 5,9-10 Deus nos destinou para alcançarmos a salvação, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo. Ele morreu por nós, para que, quer vigiando nesta vida, quer adormecidos na morte, alcancemos a vida junto dele. Responsório breve R. Senhor, em vossas mãos eu entrego o meu espírito. * Aleluia, aleluia. R. Senhor. V. Vós sois o Deus fiel, que salvastes vosso povo. * Aleluia, aleluia. Glória ao Pai. R.Senhor. Cântico evangélico, ant. Salvai-nos, Senhor, quando velamos, guardai-nos também quando dormimos! Nossa mente vigie com o Cristo, nosso corpo repouse em sua paz! Aleluia. Cântico de Simeão Lc 2,29-32 Cristo, luz das nações e glória de seu povo –29 Deixai, agora, vosso servo ir em paz, * conforme prometestes, ó Senhor. –30 Pois meus olhos viram vossa salvação * 31 que preparastes ante a face das nações: –32 uma Luz que brilhará para os gentios * e para a glória de Israel, o vosso povo. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Salvai-nos, Senhor, quando velamos, guardai-nos também quando dormimos! Nossa mente vigie com o Cristo, nosso corpo repouse em sua paz! Aleluia. Oração Concedei, Senhor, aos nossos corpos um sono restaurador, e fazei germinar para a messe eterna as sementes do Reino, que hoje lançamos com nosso trabalho. Por Cristo, nosso Senhor. Amém. O Senhor todo-poderoso nos conceda uma noite tranqüila e, no fim da vida, uma morte santa. R. Amém. Antífona final de Nossa Senhora Salve, Rainha, Mãe de misericórdia, vida doçura, esperança nossa, Salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva, a vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas! Eia, pois, Advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre! Ó clemente, ó piedosa, ó doce sempre Virgem Maria.
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by