Abstinência e fidelidade para lutar contra a AIDS, propõe o Vaticano

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011



Ao celebrar neste 1º de dezembro o Dia Mundial da Luta contra a AIDS, o Vaticano publicou um comunicado no qual assinala que a abstinência, a fidelidade e o rechaço à promiscuidade sexual são as armas que a Igreja propõe para lutar contra esta doença.

O comunicado do Pontifício Conselho para a Pastoral no Campo da Saúde, assinado por seu presidente o Arcebispo Zygmunt Zimowski, assinala que este dia "deve constituir uma nova oportunidade para promover o acesso universal aos tratamentos para os que se encontram infectados, a prevenção da transmissão de mãe a filho e a educação para estilos de vida que incluam uma aproximação correta e responsável à sexualidade. Do mesmo modo, é um momento privilegiado para relançar a luta contra o prejuízo social".

O texto recorda que 1.800.000 pessoas morrem anualmente por causa da AIDS, principalmente na África subsaariana. "São pessoas que poderiam levar uma vida normal se tivessem acesso às terapias farmacológicas adequadas, conhecidas como terapias antirretrovirais", indica.

"Há mortes que já não são justificáveis, como tampouco é a dor dos familiares das pessoas afetadas (...) Tampouco se pode justificar já a transmissão da infecção de mães a filhos".

O comunicado assinala logo que "embora não seja possível menos que comprometer-se na extensão destes tratamentos a todos os povos e setores da população, segue sendo fundamental, por outra parte, a formação e a educação de todos e em particular das novas gerações, a uma sexualidade apoiada em ‘uma antropologia ancorada no direito natural e iluminada pela Palavra de Deus’".

O texto ressalta além que "a Igreja e seu Magistério, pedem um estilo de vida que privilegie a abstinência, a fidelidade conjugal e o rechaço da promiscuidade sexual, porque, como sublinha a exortação apostólica pós-sinodal ‘Africae Munus’ todo isto forma parte da questão do ‘desenvolvimento integral’ ao qual as pessoas e as comunidades têm direito".

"Ao lançar esta nova chamada ao compromisso e à solidariedade em favor de todas as vítimas (diretas e indiretas) do HIV / AIDS, queremos dar as graças, em união espiritual com o Santo Padre, a todos os que ao longo destes anos se esforçaram tanto por ajudá-las".

Seguidamente indicam que "referimo-nos aqui às instituições, organismos e voluntários que trabalham no âmbito da saúde e em particular da AIDS (...) Sem dúvida, eles merecem o apoio operativo e a ajuda, sem travas ideológicas, das organizações internacionais e dos benfeitores".

Finalmente expressam "nossa proximidade aos doentes do HIV / AIDS, aos que estão perto deles, e a todos os trabalhadores da saúde que, expostos ao risco de infecção, outorgam-lhes toda a atenção possível respeitando sua personalidade e sua dignidade
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by