David Wilkerson

quarta-feira, 4 de maio de 2011


Tradu~ção por André Luiz.

David escreveu sobre o poder do Espírito Santo para alcançar milagres, curas e conversões, a partir de sua própria experiência com viciados em drogas e gangues. Um livro que inspirou a Renovação Carismática Católica.

Em 27 de abril morreu em um acidente de carro no Texas, aos 79 anos, o pastor pentecostal e pregador David Wilkerson, autor do best-seller "testemunho" A Cruz e o Punhal, traduzido para 30 idiomas e 50 milhões de cópias distribuídas. Livro este, que foi muito além do que ele poderia imaginar, sendo um livro fundamental no nascimento da Renovação Carismática Católica em 1967,gerando grande impacto sobre a espiritualidade de mais de 120 milhões de católicos.

A notícia da morte na quinta-feira foi anunciada na principal revista na web, "Charisma Magazine" (www.charismamag.com). "Wilkerson foi lembrado por seu livro" A Cruz e o Punhal e por ter fundado o serviço de apoio a viciados de drogas "Desafio Jovem", com 1.180 centros em todo o mundo, onde todos os dias, 24.000 homens e mulheres drogados recebem ajuda. Além disso, no final de 1980, Wilkerson fundou a Igreja de Times Square, que teve um grande impacto em Nova York ", diz o editor da revista Charisma, Steve Strang ... que, ele próprio, aliás, conheceu sua esposa em uma reunião e foi ela quem ajudou a lançar a revista que hoje possui meio milhão de cópias.

Na revista voltada pentecostais e protestantes carismáticas, mas que normalmente é simpático ao catolicismo, Strang especifica que "muitas vezes não é mencionado que a vida Wilkerson tocou de muitas maneiras que provavelmente ele não sabia. Por exemplo, os jovens católicos carismáticos de Duquesne que receberam o batismo no Espírito Santo que foram os propulsores da Renovação Carismática Católica, estes conheciam o seu livro "A Cruz e o Punhal", e também "Eles Falam em Outras Línguas" de John Sherrill. Sherrill e sua esposa Elizabeth foram co-autores com Wilkerson de A Cruz e o Punhal ". Strang diz que os jovens começaram um movimento que atinge hoje cerca de 120 milhões de católicos, um número inigualável por qualquer outro movimento católico ou protestante.

Um jovem pregador rural entre os usuários de drogas de Nova York

Em 1958, Wilkerson tinha 26 anos e era um pastor pentecostal (e neto de pastores pentecostais) em uma pacata comunidade rural na Pensilvânia. Lendo a revista "Life", viu uma fotografia de sete jovens membros de gangues de Nova York no tribunal, acusados de homicídio.

Então, tinha a firme convicção de que o Espírito Santo lhe pediu para ir à cidade e conhecer os caras. Então ele foi para os bairros de viciados em drogas e gangues de Nova York, onde ele foi ameaçado várias vezes com facas e seringas. Mas ele descobriu, que após um hiato de sexo, drogas e roubos em gangue, os jovens estavam à procura de amor e sentido. Wilkerson pregou, colocou as mãos em oração sobre eles, acompanhou-os ... e alguns líderes de gangues se converteram, incluindo Nicky Cruz, que escreveu seu próprio livro de testemunho, "Corra, Nicky, Corra" e, posteriormente, tornou-se um dos mais importantes pregadores que saiu das ruas.

Com a ajuda dos jovens das congregações das Assembleias de Deus, Wilkerson começou o programa "Desafio Jovem". Anos mais tarde, o pensando nos jovens "normais" (nem viciados , nem marginais), mas ligados à vaidade, sexo e consumismo, criou em 1967 a Cruzada da Juventude CURA do Corpo: um movimento de jovens para prevenir o tédio da classe média confortável que conduzia às drogas, álcool e sexo.
A ligação católica, o maior fruto

No entanto, o real impacto veio com seu livro, depoimento, 1963. Ele explicou os dons e carismas do Espírito Santo e a espiritualidade carismática de "andar na fé": ouvir os conselhos, às vezes aparentemente absurdos do Espírito Santo, por exemplo esperar que Deus envie U$552, os quais são exatamente a quantia de que se necessita,(e se recebe), pedir com confiança, sempre louvando a Deus, orando em línguas, esperando milagres. Este é o livro que 20 alunos católicos da Universidade de Duquesne leram, em 1967, antes de ir para um retiro de jovens em um fim de semana, a fim de conhecer melhor o Espírito Santo.

Neste retiro, metade dos jovens tiveram uma experiência carismática: sentiram-se arrebatados na adoração, oraram em línguas, caiam no chão durante a adoração, sentiam-se guiados por Deus, com peito em "chama", confiantes... e, acima de tudo, o desejo implacável de orar, ler a Bíblia, estar na presença divina. Contagiaram seus colegas de campus, eles viram acontecer sinais e milagres, e em apenas sete anos, a Renovação Carismática Católica contava com milhões de seguidores nos Estados Unidos e se espalhava como fogo em toda a América Latina, Índia, Filipinas, Europa e África .

Nos países latino-americanos, o livro clássico para presentear entre os católicos carismáticos era "Jesus está vivo" do Pe. Emiliano Tardif (agora em processo de beatificação), mas livros em língua inglesa em circulação foram "A Cruz e o Punhal" e "Hablan otras lenguas", em português, "Eles falam outras línguas".


O livro foi transformado em filme em Hollywood em 1970, com Pat Boone como Wilkerson e Erik Estrada como Nicky Cruz. Versão em castelhano, no YouTube aqui: http://www.youtube.com/watch?v=CkyDLYic59I

Wilkerson estava errado na questão Mariana;

No início dos anos 70, David Wilkerson assistiu espantado algumas das reuniões dos Carismáticos Católicos nos Estados Unidos. Como muitos pentecostais (e católicos!) Ficou perplexo. Por um lado, via cristãos sinceros, bíblicos, louvando a Deus e se colocando nas mãos do Espírito Santo, pedindo para serem incendiados de amor por Ele. Por outro lado ...verificou que outros eram muito "tradicionalistas";no original"¡eran papistas y no prescindían de la Misa ni los santos!". Em 1974, em seu livro "A Visão", publicou uma profecia (que ele acreditava ter sido inspirada pelo Espírito Santo): os católicos carismáticos seriam perseguidos pela Igreja ao afastarem-se do Papa e do culto à Virgem. Muitos renunciarão aos dons carismáticos e abandonarão o catolicismo.

A profecia de Wilkerson falhou completamente. Os primeiro americanos católicos carismáticos eram pouco marianos, é verdade: muitos eram incrédulos convertidos; no original (conversos desde la increencia) ou de uma origem que ignorava a tradição católica. Além disso, nos primeiros grupos era frequente que protestantes e católicos rezassem juntos e assim os católicos deixavam sua devoção mariana para outras ocasiões.

Mas ao longo dos anos o que aconteceu foi o contrário do que profetizou Wilkerson: A Renovação Carismática cresceu, incorporou a devoção mariana, o Rosário, as peregrinações, os ícones, a intercessão de Maria e proclamou Maria "a primeira carismática, esposa do Espírito Santo ".

Por outro lado, sem renunciar os dons ou carismas, os carismáticos foram aceitos integralmente pelo Papa João Paulo II e se estabeleceram por toda a Igreja. Os jesuítas podiam ser inacianos e carismáticos, os Missionários Combonianos podiam ser africanista e carismáticos, os dominicanos podiam ser pregadoras e carismáticos e os franciscanos capuchinhos e carismático ... como foi o caso de Frei Raniero Cantalamessa, pregador da Casa Pontifícia.

Wilkerson contra manifestações extremas

Nos últimos anos, David Wilkerson falou (sem mencionar nomes, mas com firmeza) contra duas correntes espirituais que atingiram milhoes de protestantes. Por um lado, pregou CONTRA a teologia da prosperidade: ele sempre insistiu em que Deus muitas vezes dá exatamente o que você necessita. Mas a "teologia da prosperidade", diz que Deus entrega o que necessita de acordo com as doações que os fiéis deram antes, ou que Deus recompensa com riquezas quem generosamente "investia" nele, e que essas riqueza (recebidas e/ou ofertadas) também eram "evangelizadoras". Wilkerson nunca aceitou essa corrente e lembrou a que a fé passa pela CRUZ e AUSTERIDADE, ORAÇÃO e JEJUM.

Além disso, se passou 90 anos para surgir manifestações "carismáticas" que não eram habituais no mundo Pentecostal. Por exemplo, a conhecida "risada santa", um pregador poderia dedicar o horário da reunião inteira rindo como um histérico, e convidar a assembléia a rir "no Espírito". E assim cada reunião há vários meses. Wilkerson criticou esta atitude porque "eu não sou contra o riso, mas deixar os cristãos sem alimentarem-se da Palavra de Deus?"

Não aceitava tampouco outras novidades preocupantes: as pessoas gritando ou latindo ou miando como animais, ou tremores radicalmente absurdos e estranhos ... Ele tinha visto em seu trabalho com viciados em drogas milagrosas curas, conversões impactantes , as profecias que aconteciam e outros sinais, mas disse que tinham base bíblica, embora não tenha sido o caso com estes outros sinais novos. Seu prestígio no mundo pentecostal (onde não há autoridades e todo pastor é independente) ficou limitado face a divulgação dessas manifestações extravagantes.

Que o Senhor Jesus o receba e perdõe seus pecados.

Fonte : http://www.religionenlibertad.com/articulo.asp?idarticulo=15228
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by