Exorcismo, Obsessão e Possessão

terça-feira, 28 de agosto de 2018


Inicio esta meditação com o texto que comenta a visão de Leão XIII  (crescente atuação diabólica no mundo). 

"São Miguel Arcanjo, protegei-nos no combate, sede nosso auxílio contra a malícia e ciladas do demônio. Ordene-lhe Deus, instantemente o pedimos, e Vós, Príncipe da milícia celeste, pelo divino poder, precipitai no inferno a Satanás e os outros espíritos malignos que vagueiam pelo mundo para perder as almas."  

Como nasceu esta oração? Transcrevo o artigo escrito pelo Pe. Domenico Pechenino na revista Ephemerides Liturgicae, 1955, pp. 58-59. “Não lembro exatamente do ano. Uma manhã, o grande Pontífice Leão XIII tinha celebrado a Santa Missa e estava  assistindo uma outra Missa de Ação de Graças, como de costume.

 De repente, ele virou energicamente a cabeça, depois de ter olhado qualquer coisa intensamente, sobre a cabeça do celebrante. Finalmente, voltando a si, bate ligeira, mas energicamente com a mão, levanta-se. Dirige-se ao seu escritório particular. Daí a uma meia hora manda chamar o Secretário da Congregação dos Ritos e estendendo-lhe uma folha de papel, manda fazê-la imprimir e enviar a todos os Ordinários do mundo. Que assunto continha? A oração que rezávamos no fim da Missa com o povo."  

Saibamos que embora se divulgue tanto o mal e se fale tanto de Satanás, a história corre para o bem do homem e a última palavra é sempre a de DEUS. 

De Satanás se fala sempre, mas com uma visão de dois pontos extremistas. Alguns afirmam que ele não existe, e outros vêem Satanás em tudo. Ambos estão errados.

Maria em Medjugorje continuamente nos alerta sobre a existência de Satanás, dizendo:

"Nestes dias Satanás está preparando-se para colocar obstáculos a fim de impedir os meus projetos. Orai para que não se realize o seu intento."  Mensagem de 12/07/84.
"Nestes dias, podeis perceber o quanto Satanás está ativo." Mensagem de 19/07/84.
"(...) Sede pacientes e perseverantes nas orações, não permitais que Satanás vos enfraqueça".  Mensagem de 14/01/85.

Quase ninguém quer acreditar na existência de Satanás porque se ele não existe, não há o perigo de eu me perder e ir para o inferno. Se ele não existe, posso tudo. Mas o Catecismo da Igreja Católica nos alerta dizendo:

§1035 O ensinamento da Igreja afirma a existência e a eternidade do inferno. As almas dos que morrem em estado de pecado mortal descem imediatamente após a morte aos infernos, onde sofrem as penas do inferno, "o fogo eterno". A pena principal do inferno consiste na separação eterna de Deus, o Único em quem o homem pode ter a vida e a felicidade para as quais foi criado e às quais aspira.

Já dizia o Santo Padre Paulo VI na sua alocução papal de quarta-feira, 15 de novembro de 1972: “o mal, não é somente uma deficiência, mas uma eficiência ativa, um ser vivo, espiritual, pervertido e perversor. Terrível realidade. Misteriosa e amedrontadora.  Sai do quadro do ensinamento bíblico e eclesiástico quem rejeita reconhecer a sua existência”.

 O Demônio é mencionado freqüentemente no Primeiro Testamento, por exemplo, no Livro de Isaías: “Como caíste do céu, ó astro brilhante, que, ao nascer do dia, brilhavas?” (Is 14, 12). 
O Apocalipse -- o último livro do Novo Testamento, escrito pelo Apóstolo São João Evangelista -- assim descreve a queda de Lúcifer e dos anjos rebeldes: 

“E houve no Céu uma grande batalha: Miguel e os seus anjos pelejavam contra o dragão, e o dragão com os seus anjos pelejavam contra ele; porém, estes não prevaleceram; e o seu lugar não se achou mais no Céu. E foi precipitado aquele grande dragão, aquela antiga serpente, que se chama o Demônio e Satanás, que seduz todo o mundo; e foi precipitado na terra, e foram precipitados com ele os seus anjos.” (Apoc. 12, 7-9). 

O Novo Testamento é cheio de passagens que revelam a ação e o poder de Satanás; este é um dos motivos que se torna difícil negar a sua existência. Se nego a existência de Satanás, automaticamente nego a encarnação de Jesus Cristo, que veio para vencer a morte, vencer Satanás, libertando o homem de seu poder.

Nos Evangelhos vemos a figura de Satanás que tenta Jesus no deserto, que entra na manada de porcos, que possui Judas e o leva a agir contra Jesus, etc. 

Incapazes de amor, os Demônios encontram-se ligados pelo ódio mútuo e ódio a todas as coisas. Por isso, tramaram também a perdição do gênero humano. 

Satanás busca afastar o homem de Deus, e muitas vezes consegue, fazendo com que ele não acredite em sua existência satânica. Outras vezes coloca tanto medo no homem, que este o vê em tudo, e o pior é quando usa de pseudos profetas, que pregam mais a presença de satanás do que o amor de Deus, e querem com a sua pregação que as pessoas se convertam por medo e não por amor, tudo porque são eles por primeiros desequilibrados. 

A primeira proposta de Satanás  foi a de tentar seduzir Adão e Eva: “Sereis como deuses conhecendo o bem e o mal.” (Gn 3, 5).  Contudo, deixaram seduzir-se.

Maria nos alerta: “hoje vos convido a entrar em luta contra Satanás por meio da oração.”   Mensagem de 06/08/85.

Os Demônios conspiram contra o homem porque não podem tolerar que ele tenha sido redimido pelo Verbo Divino. Este que se encarnou no seio puríssimo de Maria, unindo-se à natureza humana e sendo homem e Deus, morreu em uma cruz.

O pecado original foi uma vitória de Satanás sobre o homem, mas a Redenção foi a vitória de Jesus Cristo sobre Satanás. Assim, Deus não consentiu que o Demônio arrastasse todos os homens para o seu reino. 

  Vemos que a melhor estratégia de Satanás é confundir o homem moderno sobre a sua existência e sua ação. 

É doutrina da Igreja a existência dos anjos, os quais foram submetidos à prova.  Alguns deles se rebelaram contra Deus, perderam e ficaram fora da graça do Senhor. Outros, contudo, permaneceram fiéis.

Os anjos que se rebelaram são os anjos maus, embora possuam a liberdade de escolha e os dons naturais dados a eles. Todavia, eles têm sua natureza prejudicada por causa de sua má escolha.
    O Catecismo da Igreja no parágrafo §414 diz:

    "Satanás ou o Diabo, bem como os demais Demônios, são anjos decaídos por terem se recusado livremente a servir a Deus e a Seu desígnio. Sua opção contra Deus é definitiva. Eles tentam associar o homem à sua revolta contra DEUS."

    E o mesmo Catecismo continua dizendo no parágrafo§392:
     A Escritura fala de um pecado desses anjos. Esta "queda" consiste na opção livre desses espíritos criados, que rejeitaram radical e irrevogavelmente a Deus e Seu Reino. Temos um reflexo desta rebelião nas palavras do Tentador ditas a nossos primeiros pais: "E vós sereis como deuses." (Gn 3,5). O Diabo é "pecador desde o princípio" (1Jo 3,8), "pai da mentira" (Jo 8,44). 

A Igreja nos ensina que temos Anjos da Guarda, os quais são designados por Deus a nosso favor e contra as investidas dos anjos maus contra nós.

Os Demônios, contudo, querem exercer sua influência contra nós, e por isso nos atacam com as tentações. Mas não podemos dizer que tudo é tentação do Demônio contra nós, pois grande parte do mal que sofremos ou padecemos, é causado por nós mesmos, pelos nossos atos concretos contra o amor de Deus, os quais geram as conseqüências.

O Demônio não tem o poder de mover alguém a fazer algo, ele apenas estimula e deixa o homem livre para agir – nem Deus age contra a liberdade do homem. O problema é que o homem na sua ignorância pensa ser inteligente e   mais forte ou até mais inteligente que o Demônio.

O Demônio age de modo sutil, embora use de toda a sua inteligência brilhante e ao mesmo tempo satânica para levar o homem à perdição. Porém, mesmo com tanta força, sua ação diabólica não é determinante sobre o homem.  Ele age em uma esfera periférica da alma, age no nível da imaginação, do sensitivo do homem. Ele pode tentar com maus pensamentos, mas não forçar.

A Igreja nos diz que existe a Infestação, a Obsessão e a Possessão.
Estas três formas de manifestações são possíveis e acontecem de fato, mas é errôneo dizer que são freqüentes, como também é um erro dizer que o Demônio não interfere na humanidade.  É heresia dizer que ele não existe, e se digo isto estou fora da comunhão da Igreja.

A Igreja acredita nisso e desenvolveu o Exorcismo, que é um sacramental, isto significa que age com o poder de Cristo através da impetração e intercessão da Igreja. 

Digo tudo isto para afirmar que nós que seguimos a Gospa, e graças a Deus no Brasil já temos mais de 50 Grupos de Oração na Espiritualidade de Medjugorje, pois ao contrário do que andei escutando por pessoas desequilibradas que querem se aparecer e se promover em nome da Gospa, e ficam dizendo que ’NO BRASIL NÃO SE REZA MAIS!” Me desculpe, “NO BRASIL SE REZA SIM!”. Nossos grupos, não são formados, por fanáticos que se dizem ‘ ser chamados por Maria para serem a ‘salvação do Brasil’, graças a Deus, não temos esta arrogância, pois sabemos que é Deus que nos salva na sua Misericórdia, da nossa parte só podemos contribuir com os seus projetos de amor vindos hoje pelas mãos da Rainha da Paz. Nossos Grupos de Oração não são formados por pessoas que vivem seguindo sinais catastróficos, e nem pensam que tudo é atuação  demoníaca.. 

A IGREJA CATÓLICA não é uma seita pentecostal que faz exorcismo em qualquer um, pois não é movida nem por ibope de televisão e nem por dinheiro. Para que se faça um exorcismo, são necessários que todos os sinais visíveis sejam estudados cientifica e psicologicamente, buscando-se todas as causas naturais.   Após tais exames, se não se encontrar nenhum sintoma a nível patológico ou psicológico, o caso será investigado pelo bispo local,  que deverá julgá-lo.

A Igreja nos diz que a Infestação é a ação do Demônio em um lugar. É interessante que Maria em Medjugorje nos diz na mensagem de 18/07/85 “(...) Recomendo que cada pessoa leve consigo um objeto bento. (...) Assim Satanás vos tentará menos(...).” 

A Obsessão é a ação do demônio em uma pessoa de forma externa (exemplo: o Cura d’Ards apanhava do Demônio ) e Maria nos diz “rezai,  filhinhos, para que Satanás não vos seduza com seu orgulho e falso poder.” Mensagem de 25/11/87.

Possessão é  a posse do Demônio pelo corpo da pessoa e o uso de suas faculdades sensitivas, mas nunca a posse da alma. O Demônio possui a pessoa de forma mecânica, corporal – casos raros.

O Demônio está abaixo do poder de Deus, por isso não devemos ter  terror, mas também não devemos brincar com ele. Santo Agostinho dizia que o Demônio é um cão que está amarrado e late, mas só morde quando alguém se aproxima.

Devemos estar atentos para poder identificar as ciladas de Satanás, pois ele é um ser que caiu por soberba, imagine só: Você acha que um ser orgulhoso, cheio de soberba ficará se estrebuchando em um palanque de uma seita pentecostal? Eu acho que ele tem maneiras mais sofisticadas para agir.   Pode até servir-se daqueles que fazem teatrinho para enganar os outros a caírem em falsas doutrinas ou até mesmo no esoterismo. Quando acontecem esses showzinhos, o Demônio permite que aconteçam esses teatrinhos. Enquanto isto, ele induz os homens ao mal, de modo que estes não percebam, pois o seu mal é mais amplo e mais profundo.

Devemos estar atentos e rezar para não cairmos em tentação.
Maria nos diz:
"(...) Com o Rosário vencereis a Satanás (...)"  Mensagem de 25/06/85.
"(...) Hoje vos convido a entrarem em luta contra Satanás por meio da oração."  Mensagem de 06/08/85.
"(...) Convido-vos hoje à oração e ao jejum. Sabei, filhinhos, que com a vossa ajuda Eu posso fazer tudo, posso constranger Satanás a não introduzir-vos ao mal (...)."  Mensagem de 04/09/86.
"(...) Satanás deseja afastar-vos de Deus através de coisas cotidianas, de modo que passem a ocupar o primeiro lugar em suas vidas."  Mensagem de 16/10/86.
"(...) Rezai e não permitais que Satanás possa agir em vossas vidas através de mal entendidos, incompreensões, falta de aceitação de uns para com os outros."  Mensagem de 25/01/90.

Nós, como filhos de Maria, devemos ser verdadeiros soldados de Cristo, armados com o Rosário na mão, contra Satanás e seus Demônios. Devemos estar atentos também com aqueles que buscam ensinar falsas doutrinas contrárias ao Magistério da Igreja – a estes não devemos dar ouvidos.

Como Grupo de Oração, devemos ser perseverantes para não nos deixarmos levar por Satanás, e para não cairmos em exageros de vê-lo em tudo e em todos – pois o Grupo se reúne para rezar e não para assistir a showzinhos de manifestações diabólicas feitas por mulheres mal casadas, problemáticas e estéricas.

Ninguém é chamado a fazer orações de libertações e ficar impondo as mãos sobre os outros, dizendo: “Sai Demônio”.  Nenhum leigo é autorizado a tais ministérios reservados a eclesiásticos.

Por fim, gostaria de dizer que devemos estar muito atentos para não nos deixarmos seduzir por Satanás, ainda mais nós, que somos filhos de Maria. Lembremos que onde está Maria, ali também está Satanás para tentar destruir os Seus filhos.

Já que Satanás não conseguiu destruir Maria, tentará nos destruir. Contudo, saibamos que a Virgem nos disse que com a oração do Rosário podemos parar as insídias do Demônio e bloquear sua ação maléfica.

Confiemos na Misericórdia de Deus, que nos dá seu livramento a todo o momento, por nos amar imensamente e incondicionalmente.
Os leigos não podem fazer o exorcismo sobre os outros, mas podem exorcizar a presença do mal sobre a sua própria vida,por meio da autoridade que Jesus deu a sua Igreja, com o “MANDATUM”. Então se você deseja colocar em fuga o mal que possa estar presente em tua vida, ou ao teu redor, reze a oração do Mandatum: “Em Nome do Pai e Do Filho e do Espírito Santo, eu te ordeno espírito imundo, pelo Sangue de Jesus Cristo, derramado na Cruz, pelas suas Cinco Chagas, como batizado (a), que sou, na presença do meu anjo da guarda e de Maria minha mãe, eu te ordene em Nome de Jesus, se afasta de mim agora, sem fazer mal a mim e a ninguém, e te proíbo de regressar, indo para os pés de Jesus para que Ele disponha de ti como quiseres, em nome do Pai e do Filho e Espírito Santo. Amém!

Pe Fernando Tadeu Barduzzi  Tavares
Jornalista 0083521/SP

Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by