► HISTÓRICO DAS APARIÇÕES DE MENSAGENS DA RAINHA DA PAZ

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015


"QUE A GRAÇA E A PAZ DE CRISTO JESUS NOSSO SENHOR,  E A TERNURA DE MARIA ESTEJAM CONVOSCO E COM OS VOSSOS!

            No sul da Bósnia-Herzegovina (território da ex-Iugoslávia), a poucos quilômetros do mar Adriático, encontra-se Medjugorje, um minúsculo vilarejo, que antes do início das aparições não seria nem mesmo encontrado no mapa. A ex-Iugoslávia nasceu no regime comunista e, portanto, traz um histórico de conflitos e repressões. A população descende dos croatas, povo convertido ao cristianismo desde o século VIII. É um povo de costumes simples, mas que possui um alto nível cultural. A palavra ‘Medjugorje’ significa: “no meio dos montes”, pois esta pequena cidade está situada entre os montes Crnica e Podbrdo.

        Na época em que o governo estava sob o regime comunista, o Estado era radicalmente ateu e a prática das religiões era tolerada sob uma condição: a fé era livre, desde que praticada de maneira privada (não podia existir, neste período, manifestações religiosas em público). Foi nesse cenário, em 24 de Junho de 1981, que a Virgem Maria quis aparecer, trazendo consigo pedidos de paz, perdão, reconciliação... E quando os videntes perguntaram à Nossa Senhora o porquê Dela ter escolhido esta região da Croácia, Ela, a Rainha da Paz, respondeu: “Porque são firmes na fé, fiéis a Deus e porque rezam”.

        De fato, nenhuma repressão foi suficiente para conter os acontecimentos de Medjugorje. Os padres, as crianças (videntes) e os fiéis não se intimidavam diante das forças militares. Pelo contrário, estavam inundados de uma fé firme, de uma esperança inabalável, que provinha das mensagens da Gospa. E, como “tudo é possível àquele que crê”, eis que o regime comunista caiu, e mesmo estando num território em meio à guerra pela independência entre sérvios e croatas, Medjugorje permaneceu livre de qualquer ataque!

        É interessante rressaltar que no tempo da guerra, tudo ao redor de Medjugorje foi bombardeado e destruído, e só uma bomba caiu em Medjugorje, a qual não detonou.
        No entanto, como se deu o encontro da Gospa (que significa Nossa Senhora, em croata) com os videntes?

        Naquele 24 de Junho de 1981, por volta das 18:00h, os jovens:  Vicka Ivankovic Mijatovic, Mirjana Drajicevic Soldo, Ivan Drajicevic, Milka Pavlovic, Ivan Ivankovic  e  Ivanka Ivankovic, enxergaram, numa imagem luminosa, uma bela mulher com uma criança nos braços – eles se encontravam na colina chamada monte Podbrdo (local hoje conhecido como ‘Colina das Aparições’) – que gesticulava para que se aproximassem. Ainda surpresos e assustados, estes jovens a identificaram como sendo a Gospa.

        No dia seguinte, os jovens (Vicka, Mirjana, Ivan e Ivanka) dirigiram-se ao mesmo local, na esperança de vê-lA novamente. Desta vez, uniram-se ao grupo, Marija Pavlovic Lunetti e Jakov Colo.   Ao chegarem na colina, lá estava a Virgem, envolta em grande claridade, mas não trazia consigo a criança. Os jovens, imediatamente, ajoelharam-se e começaram a rezar. Ela rezava com eles, exceto quando rezavam a Ave-Maria. Certa vez, os jovens pediram à Nossa Senhora que aparecesse a todos e Ela lhes respondeu dizendo: “Bem-aventurados os que crêem sem terem visto!”

        As aparições de Nossa Senhora não estavam restritas à uma hora determinada e não dependiam do local ou do desejo dos videntes de estarem com Ela. Às vezes, Ela aparecia durante dois minutos; outras vezes, durante uma hora. Podia conversar com apenas um dos jovens e não com os outros.  Tudo dependia do desejo do Senhor que A enviou.  Diante de tais fatos extraordinários, a polícia manifestou-se contra, proibindo  os jovens de subirem ao monte Podbrdo. No entanto, a Virgem Maria continuava a lhes aparecer, em lugares inesperados, tais como nos campos ou em suas próprias casas.

        O grande milagre causado pelas aparições da Gospa é o reavivamento da fé nos corações oprimidos por um mundo que prega uma realidade atéia (sem Deus). Eis que as mensagens dadas pela Virgem Santa, através daquelas seis crianças, mudou milagrosamente a vida das pessoas. Os corações resfriados pela dor agora podiam sentir o calor da presença materna de Maria, que dirige suas mensagens a todas as pessoas do mundo, independente de raça ou credo, chamando-os de “queridos filhos”!

        Na época, o pároco da Igreja de São Tiago, matriz de Medjugorje, era o franciscano padre Jozo Zovko, que no início, duvidava das aparições, mas a partir de um determinado momento, tornou-se grande defensor dos videntes, até o dia em que foi levado à prisão comunista, onde foi torturado e permaneceu por 16 meses; pois para os comunistas, a religião Católica representa-lhes uma grande ameaça. Frei Jozo, recebeu uma graça especial, pôde ver Nossa Senhora por alguns minutos e escutar, diretamente dela, algumas palavras.

       Em um país dominado pelo regime comunista é natural que ocorresse tais tentativas de repressão para abafar o que se comentava sobre as aparições e sinais que estavam acontecendo em Medjugorje.  Os videntes foram submetidos a inúmeros exames e interrogatórios, com o objetivo de fazê-los cair em contradição. Contudo, os resultados mostravam que os jovens eram pessoas perfeitamente normais.

        As mensagens que Nossa Senhora dirige a todos os fiéis, encoraja-os a ter fé, perseverar na oração, a se reconciliarem entre si e com Deus, a fazerem penitência, a lerem e meditarem a Palavra de Deus, enfim, a se converterem, neste ‘tempo de graça’; são mensagens simples, como os conselhos dados por nossas mães e que  devem ser colocadas em prática, pois é Ela mesma que nos pede: "Vivam as minhas mensagens!"

        As mensagens  podem ser apresentadas, a partir de cinco temas específicos:

v    O Rosário completo (mistérios gozosos, luminosos, dolorosos e gloriosos).
v    Confissão auricular mensal.
v    Santa Missa e Adoração ao Santíssimo.
v    Jejum às quartas e sextas-feira.
v    Leitura da Bíblia – lectio divina -.

        Vivendo estes cinco pontos – que são as nossas cinco pedrinhas para vencermos o nosso Golias: satanás – Maria nos diz que obteremos a ‘Oração do Coração’ e conseguiremos vencê-lo, vencer o mal que busca nos destruir. A Gospa, através de Suas ternas mensagens, nos ajuda a entender que a oração do coração, é aquela de entrega total a Deus; e, que por meio de Suas mãos, nos conduzirá a esta oração de fé, de confiança e de esperança.

Que o Senhor vos abençoe: "Em nome do Pai e do Filho e do Espírito SAnto". Amém!

Pe. Fernando Tadeu
PANIE JEZU UFAM TOBIE!!!

Se você deseja contribuir com o nosso trabalho de evangelização e nos fazer uma doação segue a conta corrente.
Banco Caixa Economica
Ag 0659
Conta 28971-1
Qualquer dúvida passe um email para arautodedio@gmail.com
Pe Fernando Tadeu Barduzzi Tavares


Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by