SOBRE OS HEREGES : “COM TAIS INDIVÍDUOS NEM SEQUER DEVEIS COMER” - Liturgia diária , 21 de junho de 2014

sábado, 21 de junho de 2014

SOBRE OS HEREGES : “COM TAIS INDIVÍDUOS NEM SEQUER DEVEIS COMER”

“.....Então voltemos à exortação do Apóstolo: “Ó Timóteo, guarda o bem que te foi confiado! Evita as conversas frívolas e mundanas, assim como as contradições de pretensa ciência.” Evita, disse-lhe, como se faz com uma víbora, com um escorpião, com um basilisco, para que não somente o contato, mas nem sequer sua vista ou seu sopro te firam

Agora bem: o que significa evitar? “Com tais indivíduos nem sequer deveis comer”. (1Cor 5,11) E também: “Se alguém vier a vós sem trazer esta doutrina – e que doutrina é esta senão a católica universal, que permanece sendo única e a mesma através dos séculos, em uma incorrupta tradição de verdade, e que permanecerá assim sempre – não o recebais em vossa casa, nem o saudeis. Porque quem o saúda toma parte em suas obras más”. (2Jo 1,10-11)

O Apóstolo nos falava de novidades profanas nas expressões (N. do T.: na tradução para o português usou-se a Bíblia Ave Maria, que apresenta este versículo: Evita as conversas frívolas e mundanas). Agora bem, profano é o que não tem nada de sagrado nem de religioso, e é totalmente estranho ao santuário da Igreja, templo de Deus. As novidades profanas nas expressões são, pois, as novidades concernentes aos dogmas, coisas e opiniões em contraste com a tradição e a antiguidade; sua aceitação implicaria necessariamente a violação pouco menos que total da fé dos Santos Padres. Levará necessariamente a dizer que todos os fiéis de todos os tempos, todos os santos, os castos, os continentes, as virgens, os clérigos, os levitas e os bispos, os milhares de confessores, os exércitos de mártires, um número imenso de cidades e de povos, ilhas e províncias, de reis, de pessoas, de reinos e nações, em uma palavra, o mundo inteiro incorporado a Cristo cabeça mediante a fé católica, durante um grande número de séculos tinha ignorado, errado, blasfemado, sem saber no que deveria crer. Evita, pois, as novidades profanas nas expressões, já que recebê-las e segui-las nunca foi costume dos católicos, e sim dos hereges

Na verdade, que heresia não tenha surgido sob um nome num lugar e numa época determinadas? Quem jamais tenha fundado uma heresia sem se separar assim do acordo com a universalidade e a antiguidade da Igreja Católica?

Os exemplos nos mostram isto de maneira evidente. Com efeito, quem nunca, antes do ímpio Pelágio, teve a presunção de atribuir ao livre-arbítrio o poder tão grande de pensar que o auxílio da graça não é necessário para cada um dos atos, para levar a cabo as boas obras? Quem, antes de seu monstruoso discípulo Celestino, negou que todo o gênero humano está contaminado pelo pecado de Adão?

Antes do sacrílego Ário, quem teve a audácia de rasgar a unidade da Trindade ou de confundi-la, c0mo o pérfido Sabélio? Antes do rígido Novaciano, quem tinha dito que Deus era cruel, porque preferia a morte do agonizante a que ele se convertesse e vivesse?

Quem, antes de Simão Mago, duramente castigado pela reprimenda apostólica – e de quem provém a antiga enxurrada de torpezas que, por sucessão ininterrupta e oculta, tenha chegado até Prisciliano – se atreveu a dizer que Deus criador é o autor do mal, ou seja, de nossos delitos, de nossas impiedades, de nossos vícios? Este afirma que Deus, com suas próprias mãos, cria a natureza estruturada de maneira que, por movimento espontâneo e sob o impulso de uma vontade necessitada, não pode mais, não quer mais que pecar. Agitada e incendiada pelas fúrias de todos os vícios, se vê arrastada com ânsia inesgotável aos abismos de toda sorte de crimes

Exemplos como estes existem e não acabam mais, mas deixemo-los para sermos breves. Demonstram a todos com evidência que a atitude normal e comum de qualquer heresia é gozar-se nas novidades profanas e sentir repulsa pelos dogmas da antiguidade, até o ponto de naufragar na fé por causa de discussões de uma falsa ciência. Ao contrário, é próprio dos católicos guardar o depósito transmitido pelos Santos Padres, condenar as novidades profanas e, como muitas vezes repetiu o Apóstolo, descarregar o anátema sobre quem tem a audácia de anunciar algo diferente do que foi recebido”

FONTE : Commonitorium – São Vicente de Lerins

 


LITURGIA DO DIA 21 DE JUNHO DE 2014

PRIMEIRA LEITURA (2CR 24,17-25)

Leitura do Segundo Livro das Crônicas - 17Depois da morte de Joiada, os chefes de Judá vieram prostrar-se diante do rei Joás, que, atraído por suas lisonjas, se deixou levar por eles. 18Os chefes de Judá abandonaram o templo do Senhor, o Deus de seus pais, e prestaram culto a troncos sagrados e a imagens esculpidas, atraindo a ira divina sobre Judá e Jerusalém por causa desse crime. 19O Senhor mandou-lhes profetas para que se convertessem a ele. Porém, por mais que estes protestassem, não lhe queriam dar ouvidos. 20Então o espírito de Deus apoderou-se de Zacarias, filho do sacerdote Joiada, e ele apresentou-se ao povo e disse: “Assim fala Deus: Por que transgredis os preceitos do Senhor? Isto não vos será de nenhum proveito. Porque abandonaste o Senhor, ele também vos abandonará”. 21Eles, porém, conspiraram contra Zacarias e mataram-no a pedradas por ordem do rei, no pátio do templo do Senhor. 22O rei Joás não se lembrou do bem que Joiada, pai do profeta, lhe tinha feito, e matou o seu filho. Zacarias, ao morrer, disse: “Que o Senhor veja e faça justiça!” 23Ao cabo de um ano, o exército da Síria marchou contra Joás, invadiu Judá e Jerusalém, massacrou os chefes do povo, e enviou toda a presa de guerra ao rei de Damasco. 24Na verdade, o exército da Síria veio com poucos homens, mas o Senhor entregou nas mãos deles um exército enorme, porque Judá tinha abandonado o Senhor, o Deus de seus pais. Assim, os sírios fizeram justiça contra Joás. 25Quando eles se retiraram, deixando-o gravemente enfermo, seus homens conspiraram contra ele, para vingar o filho do sacerdote Joiada, e mataram-no em seu leito. Ele morreu e foi sepultado na cidade de Davi, mas não no sepulcro dos reis - Palavra do Senhor
SALMO RESPONSORIAL  (Sl 88)

Guardarei eternamente para ele a minha graça!

— “Eu firmei uma Aliança com meu servo, meu eleito, e eu fiz um juramento a Davi, meu servidor: Para sempre, no teu trono, firmarei tua linhagem, de geração em geração garantirei o teu reinado!”
— Guardarei eternamente para ele a minha graça e com ele firmarei minha Aliança indissolúvel. Pelos séculos sem fim conservarei sua descendência, e o seu trono, tanto tempo quanto os céus, há de durar
 
— “Se seus filhos, porventura, abandonarem minha lei e deixarem de andar pelos caminhos da Aliança; se, pecando, violarem minhas justas prescrições e se não obedecerem aos meus santos mandamentos

— Eu então, castigarei os seus crimes com a vara, com açoites e flagelos punirei as suas culpas. Mas não hei de retirar-lhes minha graça e meu favor e nem hei de renegar o juramento que lhes fiz

EVANGELHO (MT 6,24-34)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus - Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 24“Ninguém pode servir a dois senhores: pois, ou odiará um e amará o outro, ou será fiel a um e desprezará o outro. Vós não podeis servir a Deus e ao dinheiro. 25Por isso eu vos digo: não vos preocupeis com a vossa vida, com o que havereis de comer ou beber; nem com vosso corpo, com o que havereis de vestir. Afinal a vida não vale mais do que o alimento, e o corpo, mais do que a roupa? 26Olhai os pássaros dos céus: eles não semeiam, não colhem, nem ajuntam em armazéns. No entanto, vosso Pai que está nos céus os alimenta. Vós não valeis mais do que os pássaros? 27Quem de nós pode prolongar a duração da própria vida, só pelo fato de se preocupar com isso? 28E por que ficais preocupados com a roupa? Olhai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham nem fiam. 29Porém, eu vos digo: nem o rei Salomão, em toda a sua glória, jamais se vestiu como um deles. 30Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é queimada no forno, não fará ele muito mais por vós, gente de pouca fé? 31Portanto, não vos preocupeis, dizendo: Que vamos comer? Que vamos beber? Como vamos nos vestir? 32Os pagãos é que procuram essas coisas. Vosso Pai, que está nos céus, sabe que precisais de tudo isso. 33Pelo contrário, buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão dadas por acréscimo. 34Portanto, não vos preocupeis com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã terá suas preocupações! Para cada dia, bastam seus próprios problemas” - Palavra da Salvação

 
MENSAGEM DE NOSSA SENHORA EM MEDJUGORJE – “Queridos filhos! O Pai não deixou vocês sozinhos, imenso é o Seu Amor, o Amor que Me conduz a vocês, para ajudá-los a conhecê-Lo e por intermédio de Meu Filho, com o coração preenchido possam chamá-Lo Pai, deste modo possam ser um povo na família de Deus. Mas, filhos Meus, não esqueçam que vocês não estão neste mundo só para vocês mesmos e que não chamei vocês aqui só para si mesmos. Aqueles que seguem Meu Filho, pensam no irmão em Cristo como em si próprios e não conhecem o egoísmo. Por isto eu desejo que vocês sejam a Luz do Meu Filho para que vocês possam iluminar aqueles que estão no pecado, aflição, dor e solidão, e com esta luz das suas vidas demonstrarem o Amor Divino. Eu estou com vocês! Se abrirem os seus corações, os conduzirei. Novamente os convido a rezarem para os seus pastores! Obrigada” - Nossa Senhora abençoou a todos e todos os objetos trazidos para a benção. O grupo Medjugorje Brasil estava próximo da vidente Mirjana e levou todos os pedidos e os objetos para serem abençoados. MENSAGEM DE NOSSA SENHORA EM 2 DE OUTUBRO DE 2011
 

São Luíz GonzagaA IGREJA CELEBRA HOJE , SÃO LUIS GONZAGA - Considerado o “Patrono da Juventude”, São Luís Gonzaga nasceu no ano de 1568 na Corte de Castiglione. Recebeu por parte de sua mãe a formação cristã. Já seu pai o motivava a ser príncipe. Sua família tinha muitas posses mas, graças ao amor de Deus, Luís – desde cedo – deixou-se possuir por esse amor.Deixar-se amar por Deus é fonte de santidade.Com dez anos de idade, na corte, frequentando aqueles meios, dava ali testemunho do Evangelho e se consagrou a Nossa Senhora. Ali descobriu seu chamado à vida religiosa e queria ser padre. Seu pai, ao saber disso, o levava para festas mundanas, na tentativa de fazê-lo desistir de sua vocação.Entrou para a Companhia de Jesus onde viveu durante seis anos.Com pouco mais de vinte anos, faleceu de uma peste que havia se espalhado em Roma. São Luís Gonzaga, rogai por nós!

 

 

 
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by