DOGMA , VERDADE IMUTÁVEL DE FÉ - LITURGIA DIÁRIA , 21 DE FEVEREIRO DE 2014

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014



DOGMA , VERDADE IMUTÁVEL DE FÉ
                                            
O ERRO DE TENTAR ADAPTAR OS DOGMAS DA IGREJA , AS REALIDADES MODERNAS

Quanto mais o tempo passa mais verdades a Igreja acumula. Foi pelo passar do tempo que essas verdades dogmáticas foram compondo o autêntico Depósito da Fé. A Igreja não retira verdades do seu depósito, bem como ela não fica “burra”. Uma sentença tida como verdade, sempre será verdade. Se, em discursos não dogmáticos, se constatar um aceno de mudança para a interpretação de uma sentença dogmática, levando-a a um entendimento diverso daquele sempre assumido pela Igreja, tal tese não atinge absolutamente o dogma, e não irá muito longe. Apenas constituirá contratempo que pode ser tido como interferência do arbítrio humano de alguns membros da Igreja, que Deus, permitindo, limita sua influência, não deixando a doutrina ser corrompida


O Papa Leão XIII, em carta escrita ao cardeal Gibbons, detecta e condena magnificamente as teses que, como através de manobra, objetivam mudar o sentido do dogma ou pelo menos deixá-lo menos severo:

"O fundamento sobre o qual se fundam as novas idéias de que falamos é o seguinte: para atrair mais facilmente à doutrina católica os que pensam diferentemente, a Igreja deve afinal se acercar um pouco mais da cultura deste século já adulto e, soltando a antiga severidade, se mostrar mais indulgente para com os princípios e modos recentemente introduzidos entre os povos. E muitos pensam que isso deve ser entendido não somente da disciplina da vida, mas também dos ensinamentos nos quais se encontra o depósito da fé. Pretendem, com efeito, que é oportuno, para atrair as vontades dos que discordam, omitir certos pontos de doutrina, como se fossem de importância menor, ou mitigá-los de tal modo que não conservem o mesmo sentido que constantemente foi mantido pela Igreja"

Argumentos de teólogos modernos de que as verdades eram só para aquele tempo, são apenas teses sem solidificação. Não se vê tal explicação nos documentos da Igreja. Já a recíproca, sim: A Igreja diz que uma verdade dita deverá ser sempre entendida como foi enunciada e entendida por seus contemporâneos. Como se pode ver, com a verdade dogmática não se deve confundir os conceitos filosóficos. É o que ensinou Pio IX e o Concílio Vaticano I:

"Pois a doutrina da fé, que Deus revelou, não foi proposta como uma descoberta filosófica a ser aperfeiçoada pelas mentes humanas, mas foi entregue à Esposa de Cristo como um depósito divino, a ser por ela fielmente guardada e infalivelmente declarada. Daí que sempre se deve manter aquele sentido dos sagrados dogmas que a santa mãe Igreja uma vez declarou, e jamais, nem a título de uma inteligência mais elevada, é permitido afastar-se deste sentido"

O dogma é verdade. E verdade para todos. Uma verdade que só é verdade para alguns, não é verdade. Ora, Deus é o único Deus de todos os homens. E essa afirmação não descamba para assegurar que o deus dos maometanos, dos budistas, dos hinduístas, na concepção de como é crido, seja o mesmo Deus dos católicos. Cada um deles, ao descreverem seu deus, apresentam um ser, em sua essência, diferente de Deus em sua realidade. Ou seja, se diz com razão que Deus é Deus dos católicos, dos mulçumanos, de Deus de todos os homens pelo fato de que reina sobre todos, e não porque supostamente corresponda ao mesmo deus. Isso é uma verdade para todos, embora alguns não a aceitem

O mesmo se aplica às demais verdades atestadas como tal pela Igreja. Um dogma não é aplicado apenas àqueles a quem o reconhece como dogma, ele é verdade para todos


LITURGIA DO DIA 21 DE FEVEREIRO DE 2014


PRIMEIRA LEITURA (TG 2,14-24.26)

LEITURA DA CARTA DE SÃO TIAGO - 14Meus irmãos, de que adianta alguém dizer que tem fé, quando não a põe em prática? A fé seria então capaz de salvá-lo? 15Imaginai que um irmão ou uma irmã não tem o que vestir e que lhes falta a comida de cada dia; 16se então alguém de vós lhes disser: “Ide em paz, aquecei-vos”, e: “Comei à vontade”, sem lhes dar o necessário para o corpo, que adiantará isso? 17Assim também a fé: se não se traduz em obras, por si só está morta. 18Em compensação, alguém poderá dizer: “Tu tens a fé e eu tenho a prática! Tu, mostra-me a tua fé sem as obras, que eu te mostrarei a minha fé pelas obras! 19Crês que há um só Deus? Fazes bem! Mas também os demônios creem isso, e estremecem. 20Queres então saber, homem insensato, como a fé sem a prática é vã? 21O nosso pai Abraão foi declarado justo: não será por causa de sua prática, até o ponto de oferecer seu filho Isaac sobre o altar? 22Como estás vendo, a fé concorreu para as obras, e, graças às obras, a fé tornou-se completa. 23Foi assim que se cumpriu a Escritura que diz: ‘Abraão teve fé em Deus, e isto lhe foi levado em conta de justiça, e ele foi chamado amigo de Deus”’. 24Estais vendo, pois, que o homem é justificado pelas obras e não simplesmente pela fé. 26Assim como o corpo sem o espírito é morto, assim também a fé, sem as obras, é morta - Palavra do Senhor

SALMO RESPONSORIAL (SL 111)

FELIZ É TODO AQUELE QUE AMA COM CARINHO A LEI DO SENHOR DEUS

— Feliz o homem que respeita o Senhor e que ama com carinho a sua lei! Sua descendência será forte sobre a terra, abençoada a geração dos homens retos!

— Haverá glória e riqueza em sua casa, e permanece para sempre o bem que fez. Ele é correto, generoso e compassivo, como luz brilha nas trevas para os justos

— Feliz o homem caridoso e prestativo, que resolve seus negócios com justiça. Porque jamais vacilará o homem reto, sua lembrança permanece eternamente!

EVANGELHO (MC 8,34–9,1)

PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO + SEGUNDO MARCOS - Naquele tempo, 34chamou Jesus a multidão com seus discípulos e disse: “Se alguém me quer seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e me siga. 35Pois quem quiser salvar a sua vida vai perdê-la; mas quem perder a sua vida por causa de mim e do Evangelho vai salvá-la. 36Com efeito, de que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro se perde a própria vida? 37E o que poderia o homem dar em troca da própria vida? 38Se alguém se envergonhar de mim e das minhas palavras diante dessa geração adúltera e pecadora, também o Filho do Homem se envergonhará dele quando vier na glória do seu Pai com seus santos anjos”. 9,1Disse-lhes Jesus: “Em verdade vos digo, alguns dos que aqui estão não morrerão sem antes terem visto o Reino de Deus chegar com poder” - Palavra da Salvação


MENSAGEM DE NOSSA SENHORA EM MEDJUGORJE – “Deus deseja torná-los santos e por isso os convida a se abandonarem totalmente a Ele, através de Mim. Que a Santa Missa seja vida para vocês. Compreendam que a Igreja é um santuárío de Deus, o lugar onde Eu os reúno e onde desejo mostrar para vocês o caminho que conduz a Deus. Venham e rezeml Não olhem para os outros e não fiquem falando mal deles. Que a vida de vocês seja um testemunho na estrada da santidade. As igrejas são consagradas e dignas de respeito porque Deus, que se fez Homem, nelas habita de dia e de noite. Por isso, filhos, creiam e orem, para que o Pai aumente a fé de vocês; depois, então, peçam tudo aquilo que lhes é necessário. Eu estou com vocês e Me alegro pela sua conversão. Eu os protejo com o Meu manto materno” – MENSAGEM DO DIA 25.04.88

São Pedro DamiãoA IGREJA CELEBRA HOJE , SÃO PEDRO DAMIÃO , DOUTOR DA IGREJA - São Pedro Damião, Bispo e Doutor da Igreja. Nasceu em Ravena, Itália no ano de 1907. Marcado desde cedo pelo sofrimento porque perdeu os seus pais, foi morar e viver com seu irmão. No amor e no acolhimento, São Pedro Damião pode discernir a sua vocação. Oração e penitência, algo que sempre acompanhou a vida de Pedro Damião; e algo que também precisa nos acompanhar constantemente. São Pedro Damião discerniu sua vocação à vida religiosa e entrou para a Ordem dos Camaldulenses, no mosteiro de Fonte Avellana, na Úmbria, onde religiosos austeros levavam vida de eremitas. Diante das regras e do que ele via e percebia, era preciso uma renovação a começar por ele. Ao se abrir a ação do Espírito Santo, ao ser obediente às regras, outros também foram se ajuntando a Pedro Damião, fundaram outros mosteiros e deram essa contribuição. A renovação de qualquer instituição passa pela renovação pessoal, e também é válido para os tempos de hoje. As reclamações, as acusações, as rebeliões nada renovam, mas a decisão pessoal, a abertura a Deus, isso sim, pode provocar, como provocou na vida e na história de São Pedro Damião, uma renovação. Deus pediu mais, e ele foi servir de maneira mais próxima a hierarquia da Igreja, sendo conselheiro de um Papa. Foi Bispo de Óstia, lugar perto de Roma, e também foi escolhido como Cardeal. Algo que marcou a sua história. São Pedro Damião, sua própria vida nos aconselha a oração, a penitência e ao amor que se compromete com a renovação dos outros, pois a partir da renovação pessoal, nós também ajudamos na renovação do outro e das instituições. A Igreja precisa ser renovada constantemente, para isso somos chamados a nossa renovação pessoal, a conversão diária. Peçamos a intercessão do santo de hoje que foi Bispo, Cardeal e Doutor da Igreja. São Pedro Damião, rogai por nós!

Compartilhe este artigo, evangelize! :

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by