VÍTIMA DO LAICISMO-MAÇÔNICO , NA DEFESA DA CAUSA DE JESUS CRISTO E DE SUA IGREJA

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

 

VÍTIMA DO LAICISMO-MAÇÔNICO , NA DEFESA DA CAUSA DE JESUS CRISTO E DE SUA IGREJA

Nos momentos de intempéries, de agruras que parecem sorver todas as nossas forças, lembremos desta figura fascinante que foi ANACLETO GONZÁLEZ FLORES (13 de julho de 1888 – 1° de abril de 1927), um dos heróis da Epopéia Cristera (1926-1929)


Vítima do laicismo-maçônico, foi assassinado em 1° de abril de 1927, aos 38 de idade

Ao ouvir sua sentença, respondeu concisa e profundamente:

“Uma só coisa direi e é que tenho trabalhado com todo desinteresse na defesa da causa de Jesus Cristo e de sua Igreja. Vós me matareis, mas sabei que a causa não morrerá comigo. Muitos virão depois de mim dispostos a defendê-la até o martírio. Eu me vou, mas com a segurança de que em instantes verei do céu o triunfo da religião em minha Pátria”

Belo desfecho de uma vida dedicada ao serviço de um ideal elevado. Anacleto não morreu em defesa de um vago humanismo de cariz maçônica, nem da democracia, nem do ecumenismo, nem do meio-ambiente, nem do indigenismo, nem do MST, nem de um filantropismo rotariano, nem de qualquer outra estupidez tão cara aos arautos do liberalismo de nossos dias e de outros

Razão de sua morte: morreu “pela fé e pela Verdade Crucificada”Quem o matou: “o matou o ódio por lutar pelo Amor dos Amores” (como disse Antonio Caponnetto a respeito de outro mártir, o professor argentino Jordan Bruno Genta, vitima do ódio comunista, morto ao se dirigir para a Santa Missa)

Que bela morte quando se morre pelo Amor dos Amores. Morrer pela Fé, morrer pelo Amor. Os progressistas não podem compreender a beleza da morte em tais circunstâncias pela simples razão de já não possuírem fé. E se não há fé já não pode haver Amor, mas apenas um arremedo de amor

Antes de sucumbir, às 15h, como revela o Pe. Alfredo Saenz em obra dedicada ao nosso herói, Anacleto recitou o ato de contrição. Apesar das dores, com voz serena e vigorosa se dirigiu ao General Ferreira, que presenciava a tragédia:

“General, o perdoo de todo o coração; muito em breve nos veremos ante o tribunal divino; o mesmo Juiz que me julgará será o seu; então você terá em mim um intercessor com Deus”

Na hora derradeira, após um breve titubeio dos soldados que lhe crivarão de balas em seguida, com a última energia que lhe restava bradou serenamente:

“Pela segunda vez ouça as Américas este grito: ‘Eu morro, mas Deus não morre. Viva Cristo Rei’”


Ao dizer pela segunda vez se referia Anacleto às palavras pronunciadas pelo então Presidente do Equador, GABRIEL GARCIA MORENO, ao sucumbir “vítima da bala da franco-maçonaria” (expressão do Padre Calmel)

Como dizíamos no início, nos momentos de dificuldades lembremos a bela vida de Anacleto. “A vida na terra é milícia”,conforme a consigna de Jó

Mas somos miseráveis, lodo, e só com a graça não sucumbiremos. O mal nos rodeia e nos solicita por todas as partes, abertamente ou por desvios mais ou menos dissimulados. Não nos dá trégua”disse Marcel de La Bigne Villeneuve em um livrinho chamado “Satan dans la cite”

Para revigorar nossas forças, sugiro aos amigos e eventuais leitores do blog, que rezemos a bela oração composta por Anacleto na hora derradeira, e que ainda hoje seguem rezando, após o rosário, as famílias cristeras:

“¡Jesús misericordioso! Mis pecados son más que las gotas de sangre que derramaste por mi. No merezco pertenecer al ejército que defiende los derechos de tu iglesia y que lucha por ti. Quisiera nunca haber pecado para que mi vida fuera una ofrenda agradable a tus ojos. Lávame de mis iniquidades y limpíame de mis pecados. Por tu santa Cruz, por mi Madre Santísima de Guadalupe, perdóname, no he sabido hacer penitencia de mis peinados; por eso quiero recibir la muerte como un castigo merecido por ellos. No quiero pelear, ni vivir ni morir sino por ti y por tu Iglesia. ¡Madre Santa de Guadalupe!, acompaña en su agonía a este pobre pecador. Concédeme que mi último grito en la tierra y mi primer cántico en el cielo sea ¡ Viva Cristo Rey!" - Grupo Dom Bosco

 


Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by