MINHA CONVERSA COM NOSSA SENHORA

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Entrevista com Vicka ( Fimbar  O” Leary)  = CONVERSA COM NOSSA SENHORA


Fimbar = Voce pode falar com Nossa Senhora das coisas mundanas, por exemplo,  dos problemas dos outros ou das suas dificuldades?

Vicka = Em primeiro lugar desejo excluir-me desta discussão.Não falo jamais nos meus problemas com Ela e não me lamento nunca.
Ela me disse que posso  compartilhar com as pessoas que vêm  de todo o mundo.Claramente todas as pessoas têm suas perguntas e seus problemas. São poucos aqueles que fazem perguntas por curiosidade. Muitos sofrem por problemas graves. Quando chegam aqui , habitualmente procuram e pedem as graças e as curas. Sempre apresento seus problemas, seus corações e suas vidas para Nossa Senhora e rezo por eles com todo meu coração.
 Porém é importante que eles abram sempre os seus corações e se unam a mim na oração, durante aqueles momentos da aparição.
Desejo contar a você uma história particular que me vem á mente agora; é de uma família italiana que havia somente um filho. Aquele filho deles havia sofrido um acidente com a bicicleta e estava em coma. Os seus pais eram ricos mas tinham se esquecido das orações.  
Morava perto deles, uma mulher que vinha sempre para Medjugorje. Esta, um dia, encontrou a mãe do rapaz banhada em lágrimas e contou-lhe tudo o que estava acontecendo  e que estavam perdendo cada coisa. A mulher sugeriu que andassem a Medjugorje, explicando que ali estava Nossa Senhora. Ela como nossa Mãe, proverá tudo, disse a mulher. A mãe falou que jamais teve interesse em ir a Medjugorje. Há muito havia escutado falar de Medjugorje mas nunca teve vontade de ir.
Tinham um plano de levar o filho para um hospital na América, já haviam acertado tudo mas não estavam seguros de que o filho iria suportar a viagem. Eles tinham grande esperança mas naquele momento tudo havia caído por terra. Por fim os pais decidiram visitar Medjugorje.. A vizinha deles me conhecia e me pediu se eu poderia dedicar  cinco minutos do meu tempo a estes pais , porque estavam desesperados.

Temos somente um desejo, disse-me o pai, que tu peça a cura do meu filho. Estou disposto a dar tudo. Pergunte somente a Nossa Senhora, quanto dinheiro devo  dar. Não queria  discutir com ele. Disse-lhe que rezaria pelo seu filho e que o recomendaria  para Nossa Senhora com todo meu coração.

Eles voltaram no dia seguinte.. Contei-lhes então o que Nossa Senhora me havia falado: “Não desejo o vosso dinheiro, mas as vossas orações. Peço que se aproximem de mim e de meu Filho”.

Na , manhã  seguinte, por volta das 10:15, o filho havia saído da cama e começou a caminhar.
Agora eles vêm sempre, continuamente a Medjugorje  rezar. Deus desejou que eles compreendessem que para Ele, curar o seu filho não era um problema, mas queria que primeiramente eles se aproximassem Dele. 

Agora, a oração está em primeiro lugar e tudo o resto vem depois. Nossa senhora disse: “Eu não desejo o vosso dinheiro, mas os vossos corações e a vossa vida.”

Fimbar = Que bela historia! Obrigada Vicka por tê-la  partilhado!
Vicka =Talvez possa ajudar alguém...

Fonte: Vicka... a sua historia – Fimbar O Leary

Compartilhe este artigo, evangelize! :

6 comentários:

  1. é maravilhoso saber das graças e poder de nossa senhora de meiugoje

    ResponderExcluir
  2. maravilhoso, simplesmente fantástico saber do poder de nossa senhora de mediogorje

    ResponderExcluir
  3. é maravilhoso saber da força e poder de nossa senhora de Medjugorje, essa história mesmo me comoveu bastante

    ResponderExcluir
  4. I Coríntios, 10
    1. (Não quero que ignoreis, irmãos), que os nossos pais estiveram todos debaixo da nuvem e que todos atravessaram o mar;
    2. todos foram batizados em Moisés, na nuvem e no mar;
    3. todos comeram do mesmo alimento espiritual;
    4. todos beberam da mesma bebida espiritual (pois todos bebiam da pedra espiritual que os seguia; e essa pedra era Cristo).
    5. Não obstante, a maioria deles desgostou a Deus, pois seus cadáveres cobriram o deserto.
    6. Estas coisas aconteceram para nos servir de exemplo, a fim de não cobiçarmos coisas más, como eles as cobiçaram.
    7. Nem vos torneis idólatras, como alguns deles, conforme está escrito: O povo sentou-se para comer e para beber, e depois levantou-se para se divertir (Ex 32,6).
    8. Nem nos entreguemos à impureza como alguns deles se entregaram, e morreram num só dia vinte e três mil.
    9. Nem tentemos o Senhor, como alguns deles o tentaram, e pereceram mordidos pelas serpentes.
    10. Nem murmureis, como murmuraram alguns deles, e foram mortos pelo exterminador.
    11. Todas estas desgraças lhes aconteceram para nosso exemplo; foram escritas para advertência nossa, para nós que tocamos o final dos tempos.
    12. Portanto, quem pensa estar de pé veja que não caia.
    13. Não vos sobreveio tentação alguma que ultrapassasse as forças humanas. Deus é fiel: não permitirá que sejais tentados além das vossas forças, mas com a tentação ele vos dará os meios de suportá-la e sairdes dela.
    14. Portanto, caríssimos meus, fugi da idolatria.
    15. Falo como a pessoas sensatas; julgai vós mesmos o que digo.
    16. O cálice de bênção, que benzemos, não é a comunhão do sangue de Cristo? E o pão, que partimos, não é a comunhão do corpo de Cristo?
    17. Uma vez que há um único pão, nós, embora sendo muitos, formamos um só corpo, porque todos nós comungamos do mesmo pão.
    18. Considerai Israel segundo a carne: não entram em comunhão com o altar os que comem as vítimas?
    19. Que quero afirmar com isto? Que a carne sacrificada aos ídolos ou o próprio ídolo são alguma coisa?
    20. Não! As coisas que os pagãos sacrificam, sacrificam-nas a demônios e não a Deus. E eu não quero que tenhais comunhão com os demônios.
    21. Não podeis beber ao mesmo tempo o cálice do Senhor e o cálice dos demônios. Não podeis participar ao mesmo tempo da mesa do Senhor e da mesa dos demônios.
    22. Ou queremos provocar a ira do Senhor? Acaso somos mais fortes do que ele?
    23. Tudo é permitido, mas nem tudo é oportuno. Tudo é permitido, mas nem tudo edifica.
    24. Ninguém busque o seu interesse, mas o do próximo.
    25. Comei de tudo o que se vende no açougue, sem indagar de coisa alguma por motivo de consciência.
    26. Do Senhor é a terra e tudo que ela encerra.
    27. Se algum infiel vos convidar e quiserdes ir, comei de tudo o que se vos puser diante sem indagar de coisa alguma por motivo de consciência.
    28. Mas se alguém disser: Isto foi sacrificado aos ídolos, não o comais, em atenção àquele que o advertiu e por motivo de consciência.
    29. Dizendo consciência, refiro-me não à tua, mas à do outro. Com efeito, por que razão seria regulada a minha liberdade pela consciência alheia?
    30. Se eu como com ações de graças, por que serei eu censurado por causa do alimento pelo qual rendo graças?
    31. Portanto, quer comais quer bebais ou façais qualquer outra coisa, fazei tudo para a glória de Deus.
    32. Não vos torneis causa de escândalo, nem para os judeus, nem para os gentios, nem para a Igreja de Deus.
    33. Fazei como eu: em todas as circunstâncias procuro agradar a todos. Não busco os meus interesses próprios, mas os interesses dos outros, para que todos sejam salvos.



    Leia mais em: http://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/i-corintios/10/#ixzz2rBd4FKUY

    ResponderExcluir
  5. Minha querida Nossa Senhora,peço pela minha mãe que está internada após ter sido submetida a cirurgia para a retirada de um tumor no cérebro.Nos ultimos dias venho pedindo e rezando terço para que cure minha mãe.Eu tenho fé e pela fé é que poderemos vencer este obstáculo.Interceda junto ao nosso pai,amém!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by