A SEGUNDA VINDA DO SENHOR - LITURGIA DIÁRIA , 20 DE JANEIRO DE 2014

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014


 
A SEGUNDA VINDA DO SENHOR

O Senhor nos fala da Sua vinda gloriosa, não para ficarmos com medo, mas para estarmos preparados. Ele virá uma segunda vez. Se a primeira vinda foi tão importante, já que Ele mandou João Batista prepará-la, a segunda é definitiva, quando as portas serão fechadas

Alguns zombam dizendo que é tempo perdido servir ao Senhor. Mas, na verdade, buscá-Lo é uma necessidade para todos nós. Não desprezamos quem ainda não teve essa experiência. O Senhor não quer eliminar nem condenar ninguém, pois é misericórdia, por isso mandou Jonas pregar em Nínive com palavras duras, para que eles fossem tocados realmente, justamente porque Ele não queria castigar

E tanto como o Senhor não quer perder ninguém, nós também não queremos perder nenhum dos nossos. Ele quer que nós que estejamos trilhando o Seu caminho, que nos empenhemos em retirar os outros do caminho errado para trazê-los de volta; não os agredindo com palavras e gestos, mas sendo violentos na oração e na evangelização

O Evangelho de São Lucas, capítulo 11, versículos de 5 a 13, nos traz a realidade do amigo inoportuno, que vai buscar pão emprestado, e o outro o atende por causa da sua insistência. Com isso, Jesus nos ensina que devemos ser insistentes com nossas orações

No versículo 13, Jesus vai dizer: "Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas a vossos filhos, quanto mais vosso Pai celestial dará o Espírito Santo aos que lho pedirem"

A receita para nós e para esses que estão longe é o Espírito Santo. Veja bem, não será pela nossa insistência em falar, mas pelo Espírito Santo; é Ele quem vai preparar a segunda vinda do Senhor. Agora tudo se define. Não é para ficarmos com medo, mas para buscarmos o Espírito Santo, não perdê-Lo; empenhar-nos para que assim como tivemos a graça de recebê-Lo, também aqueles que estão no caminho errado O recebam e estejam preparados para a vinda do Senhor

O Senhor tem suscitado no coração dos simples a expectativa da sua vinda. O Reino de Deus será implantando definitivamente. São os corações simples que percebem os sinais dos tempos. Sempre foi assim na história da Igreja. É o povo simples que se abre aos sinais de Deus. A sabedoria divina se manifesta aos pobres: no Antigo Testamento eram os "pobres de Javé" e no Novo Testamento, os "pobres de coração"

Deus está nos revelando que a sua vinda está próxima ,  e a ação do Espírito Santo nas pessoas e no mundo é o primeiro e grande sinal. Leia no livro de Joel: "Depois disto, derramarei meu Espírito sobre toda carne. Vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos anciãos terão sonhos, vossos jovens, visões. Mesmo sobre os servos e as servas, naqueles dias, derramarei o meu Espírito. Farei prodígios no céu e na terra, sangue, fogo, colunas de fumaça. O sol se transformará em trevas e a lua em sangue quando vier o dia do Senhor, grandioso e temível" (Joel 3, 1-4)

O principal e primeiro sinal é: "Derramarei meu Espírito sobre todo ser vivo" . Depois acontecerá o que está no versículo 4: "Farei prodígios no céu e na terra, sangue, fogo, colunas de fumaça. O sol se transformará em trevas e a lua em sangue quando vier o dia do Senhor, grandioso e temível"

A grande profecia de Isaías diz: "O Espírito do Senhor Deus está sobre mim: o Senhor, fez de mim um messias, ele me enviou a levar alegre mensagem aos humilhados, medicar os que têm o coração confrangido, proclamar aos cativos a liberdade, aos prisioneiros a abertura do cárcere, proclamar o ano do favor do Senhor, o dia da vindicta do nosso Deus" (Isaías 61, 1-2)

É preciso proclamar o ano do favor do Senhor e o dia da vindicta (vingança) do nosso Deus. Quando se fala "ano" é um "tempo": um longo tempo de graça , e o que temos de fazer é proclamar a graça do Senhor antes que chegue o dia da vingança do nosso Deus

As duas coisas vão acontecer: "o ano da graça" e também "o dia da vingança". É Palavra de Deus. Tudo vai acontecer porque "Passa a terra, mas as minhas palavras [de Jesus Cristo] não passarão" (Mateus 24,35)

É justamente com essas palavras que Jesus conclui o anúncio da sua segunda vinda gloriosa. O que temos de fazer é estar preparados, a cada dia, para a volta do Senhor e proclamar corajosamente, sem nenhum receio, tanto este "tempo de graça" como "o dia da vingança" para que todos estejam preparados

Logo após os dias de tribulação, o sol escurecerá, a lua não terá claridade, cairão do céu as estrelas e as potências dos céus serão abaladas. Então aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem. Todas as tribos da terra baterão no peito e verão o Filho do Homem vir sobre as nuvens do céu cercado de glória e de majestade. Ele enviará seus anjos com estridentes trombetas, e juntarão seus escolhidos dos quatro ventos, duma extremidade do céu à outra. Compreendei isto pela comparação da figueira: quando seus ramos estão tenros e crescem as folhas, pressentis que o verão está próximo. Do mesmo modo, quando virdes tudo isto, sabei que o Filho do Homem está próximo, à porta. Em verdade vos declaro: não passará esta geração antes que tudo isto aconteça. O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não passarão" (Mateus 24, 29-35)

Jesus afirma isto quando fala a respeito de Sua volta: “Em verdade, eu vos digo: esta geração não passará sem que tudo isso aconteça. O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não passarão” (Mt 24,34-35)

Em todo o capítulo 24 do Evangelho de São Mateus, Jesus nos fala a respeito de Sua vinda. A vinda do Senhor que esperamos, a vinda que proclamamos! Como dizemos na celebração Eucarística: “Enquanto, vivendo a esperança, aguardamos a Vinda do Cristo Salvador!” Essa é uma verdade tão clara, tão certa quanto à primeira Vinda do Senhor. Assim como você crê em na primeira vinda do Senhor, precisa crer em Sua segunda vinda gloriosa

Se o Senhor tarda a chegar, precisamos vigiar mais ainda. Orar mais. Ser cada vez mais santos. É certo que Ele vem, e sem demora, portanto, temos de vigiar sempre. Infelizmente, nós católicos temos feito o contrário. Quanto mais o Senhor retarda a Sua volta, mais vamos relaxando. Mas deveríamos fazer o oposto. De ano para ano, deveríamos acender em nosso coração essa expectativa da volta do Senhor e essa vigilância. Não é medo, é vigilância

O tempo de você buscar os sacramentos é agora, para ter reserva. O tempo para amar seus irmãos e viver a caridade com eles é agora. Digo ainda mais: o tempo para amar o Senhor é agora, porque quanto mais se aproxima o fim dos tempos, maiores serão as dificuldades

 

LITURGIA DO DIA 20 DE JANEIRO DE 2014

PRIMEIRA LEITURA (1SM 15,16-23)

LEITURA DO PRIMEIRO LIVRO DE SAMUEL - Naqueles dias, 16Samuel disse a Saul: “Basta! Deixa-me dizer-te o que o Senhor me revelou esta noite”. Saul disse: “Fala!” 17Então Samuel começou: “Por menor que sejas aos teus próprios olhos, acaso não és o chefe das tribos de Israel? O Senhor ungiu-te rei sobre Israel 18e te enviou em expedição, com a ordem de eliminar os amalecitas, esses malfeitores, combatendo-os até que fossem exterminados. 19Por que não ouviste a voz do Senhor, e te precipitaste sobre os despojos e fizeste o que desagrada ao Senhor?” 20Saul respondeu a Samuel: “Mas eu obedeci ao Senhor! Realizei a expedição a que ele me enviou. Trouxe Agag, rei de Amalec, para cá, e exterminei os amalecitas. 21Quanto aos despojos, o povo reteve, das ovelhas e dos bois, o melhor do que devia ser eliminado para sacrificar ao Senhor teu Deus em Guilgal”. 22Mas Samuel replicou: “O Senhor quer holocaustos e sacrifícios, ou quer a obediência à sua palavra? A obediência vale mais que o sacrifício, a docilidade mais que oferecer gordura de carneiros. 23A rebelião é um verdadeiro pecado de magia, um crime de idolatria, uma obstinação. Assim, porque rejeitaste a palavra do Senhor, ele te rejeitou: tu não és mais rei” - Palavra do Senhor

SALMO RESPONSORIAL  (SL 49)

A TODO HOMEM QUE PROCEDE RETAMENTE, EU MOSTRAREI A SALVAÇÃO QUE VEM DE DEUS

— Eu não venho censurar teus sacrifícios, pois sempre estão perante mim teus holocaustos; não preciso dos novilhos de tua casa nem dos carneiros que estão nos teus rebanhos

— “Como ousas repetir os meus preceitos e trazer minha Aliança em tua boca? Tu que odiaste minhas leis e meus conselhos e deste as costas às palavras dos meus lábios!

— Diante disso que fizeste, eu calarei? Acaso pensas que eu sou igual a ti? É disso que te acuso e repreendo e manifesto essas coisas aos teus olhos.

— Quem me oferece um sacrifício de louvor, este sim é o que me honra de verdade. A todo homem que procede retamente, eu mostrarei a salvação que vem de Deus”

EVANGELHO (MC 2,18-22)

PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO + SEGUNDO MARCOS - Naquele tempo, 18os discípulos de João Batista e os fariseus estavam jejuando. Então, vieram dizer a Jesus: “Por que os discípulos de João e os discípulos dos fariseus jejuam, e os teus discípulos não jejuam?” 19Jesus respondeu: “Os convidados de um casamento poderiam, por acaso, fazer jejum, enquanto o noivo está com eles? Enquanto o noivo está com eles, os convidados não podem jejuar. 20Mas vai chegar o tempo em que o noivo será tirado do meio deles; aí, então, eles vão jejuar. 21Ninguém põe um remendo de pano novo numa roupa velha; porque o remendo novo repuxa o pano velho e o rasgão fica maior ainda. 22Ninguém põe vinho novo em odres velhos; porque o vinho novo arrebenta os odres velhos e o vinho e os odres se perdem. Por isso, vinho novo em odres novos” - Palavra da Salvação

                                                                                                                               

 
MENSAGEM DE NOSSA SENHORA EM MEDJUGORJE – “Hoje desejo dar a vocês o Meu amor. Vocês não sabem, queridos filhos, o quanto é grande o Meu amor! E não sabem acolhê-lo. De diversas maneiras desejo manifestá-lo a vocês, mas vocês, queridos filhos, não o reconhecem. Vocês não acolhem as Minhas palavras com o coração; por isso, nem o Meu amor conseguem compreender. Queridos fiIhos, aceitem-Me em suas vidas, e então, vocês poderão aceitar tudo isto que Eu Ihes digo e tudo isto a que os convido” – MENSAGEM DO DIA 22.05.86

 

São SebastiãoA IGREJA CELEBRA HOJE , SÃO SEBASTIÃO - O santo de hoje nasceu em Narbonne; os pais eram oriundos de Milão, na Itália, do século terceiro. São Sebastião, desde cedo, foi muito generoso e dado ao serviço. Recebeu a graça do santo batismo e zelou por ele em relação à sua vida e à dos irmãos. Ao entrar para o serviço no Império como soldado, tinha muita saúde no físico, na mente e, principalmente, na alma. Não demorou muito, tornou-se o primeiro capitão da guarda do Império. Esse grande homem de Deus ficou conhecido por muitos cristãos, pois, sem que as autoridades soubessem – nesse tempo, no Império de Diocleciano, a Igreja e os cristãos eram duramente perseguidos –, porque o imperador adorava os deuses. Enquanto os cristãos não adoravam as coisas, mas as três Pessoas da Santíssima Trindade. Esse mistério o levava a consolar os cristãos que eram presos de maneira secreta, mas muito sábia; uma evangelização eficaz pelo testemunho que não podia ser explícito. São Sebastião tornou-se defensor da Igreja como soldado, como capitão e também como apóstolo dos confessores, daqueles que eram presos. Também foi apóstolo dos mártires, os que confessavam Jesus em todas as situações, renunciando à própria vida. O coração de São Sebastião tinha esse desejo: tornar-se mártir. E um apóstata denunciou-o para o Império e lá estava ele, diante do imperador, que estava muito decepcionado com ele por se sentir traído. Mas esse santo deixou claro, com muita sabedoria, auxiliado pelo Espírito Santo, que o melhor que ele fazia para o Império era esse serviço; denunciando o paganismo e a injustiça. São Sebastião, defensor da verdade no amor apaixonado a Deus. O imperador, com o coração fechado, mandou prendê-lo num tronco e muitas flechadas sobre ele foram lançadas até o ponto de pensarem que estava morto. Mas uma mulher, esposa de um mártir, o conhecia, aproximou-se dele e percebeu que ele estava ainda vivo por graça. Ela cuidou das feridas dele. Ao recobrar sua saúde depois de um tempo, apresentou-se novamente para o imperador, pois queria o seu bem e o bem de todo o Império. Evangelizou, testemunhou, mas, dessa vez, no ano de 288 foi duramente martirizado - São Sebastião, rogai por nós!

 

 
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by