RAINHA DO CÉU E DA TERRA, ROGAI POR NÓS - LITURGIA DIÁRIA , 06 DE NOVEMBRO DE 2013

quarta-feira, 6 de novembro de 2013



RAINHA DO CÉU E DA TERRA, ROGAI POR NÓS

À Vossa direita, Senhor, está a Rainha, revestida de beleza e de glória - (cf. Salmo 44, 10)




"Considera como se difundiu em toda a terra o admirável nome de Maria, ainda antes da Sua Assunção, e se estendeu por toda a parte o esplendor da Sua glória imortal, ainda antes de ser elevada acima dos céus com toda a magnificência. Convinha, na verdade, que a Virgem Mãe, para honra de Seu Filho, reinasse primeiramente na terra e assim entrasse finalmente na glória do Céu; convinha que fosse enaltecida neste mundo, para ser depois glorificada na santa plenitude dos bens celestes, e assim como na terra progredia sempre de virtude em virtude, assim no Céu fosse exaltada de glória em glória pela acção do Espírito do Senhor
                                                                                                                   

Por isso, durante a Sua vida mortal, Ela saboreava antecipadamente as primícias do reino futuro, ora elevando-Se até Deus em sublime exaltação de espírito, ora descendo ao cuidado do próximo com imensa caridade. Lá do Céu era assistida pelos Anjos; cá na terra era venerada e honrada pelos homens. Lá do Céu, Gabriel e os Anjos prestavam Lhe assistência; na terra, João sentia-se feliz por lhe ter sido confiada pelo Senhor, suspenso da cruz, a Virgem Mãe e, juntamente com os Apóstolos, a tomava a seu cuidado. Os Anjos alegravam-se por contemplar a sua Rainha; os homens por ver a sua Senhora; e uns e outros a honravam com sentimentos de piedosa devoção.

Situada na altíssima fortaleza das virtudes e enriquecida com o mar inesgotável dos carismas divinos, Ela derramava em abundância sobre o povo crente e sequioso a torrente das suas graças, que superavam as de todas as outras criaturas. Dava saúde aos corpos e remédio às almas e podia ressuscitar da morte corporal e espiritual. Quem alguma vez se afastou d’Ela doente ou triste ou sem o conforto dos mistérios celestes? Quem não voltou contente e alegre para sua casa, depois de ter alcançado de Maria, Mãe do Senhor, o que desejava?

Enriquecida de bens superabundantes, a Esposa, a Mãe do único Esposo, suave e agradável, cheia de delícias, como uma fonte dos jardins espirituais, como uma nascente de águas vivas e vivificantes que brotam torrencialmente do Líbano divino, desde o monte Sião até às nações estrangeiras em redor, para toda a parte fazia derivar rios de paz e torrentes de graça celeste. Por isso, quando a Virgem das virgens era elevada ao Céu por Aquele que era o Seu Deus e o Seu Filho, o Rei dos reis, por entre a exultação dos Anjos, a alegria dos Arcanjos e a aclamação de todos os bem aventurados, então se cumpria a profecia do Salmista que diz ao Senhor: À vossa direita está a rainha, revestida com manto de ouro, resplandecente de beleza" - (Das homilias de Santo Amadeu de Lausana, Bispo)







LITURGIA DO DIA 06 DE NOVEMBRO DE 2013
 

PRIMEIRA LEITURA (RM 13,8-10)

LEITURA DA CARTA DE SÃO PAULO AOS ROMANOS - Irmãos, 8não fiqueis devendo nada a ninguém, a não ser o amor mútuo – pois quem ama o próximo está cumprindo a Lei. 9De fato, os mandamentos: “Não cometerás adultério”, “Não matarás”, “Não roubarás”, “Não cobiçarás”, e qualquer outro mandamento se resumem neste: “Amarás a teu próximo como a ti mesmo”. 10O amor não faz nenhum mal contra o próximo. Portanto, o amor é o cumprimento perfeito da Lei - Palavra do Senhor

SALMO RESPONSORIAL (SL 111)

FELIZ QUEM TEM PIEDADE E EMPRESTA!
— Feliz o homem que respeita o Senhor e que ama com carinho a sua lei! Sua descendência será forte sobre a terra, abençoada a geração dos homens retos!
— Ele é correto, generoso e compassivo, como luz brilha nas trevas para os justos. Feliz o homem caridoso e prestativo, que resolve seus negócios com justiça
— Ele reparte com os pobres os seus bens, permanece para sempre o bem que fez, e crescerão a sua glória e seu poder

EVANGELHO (LC 14,25-33)

PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO + SEGUNDO LUCAS - Naquele tempo, 25grandes multidões acompanhavam Jesus. Voltando-se, ele lhes disse: 26“Se alguém vem a mim, mas não se desapega de seu pai e sua mãe, sua mulher e seus filhos, seus irmãos e suas irmãs e até da sua própria vida, não pode ser meu discípulo. 27Quem não carrega sua cruz e não caminha atrás de mim, não pode ser meu discípulo . 28Com efeito: qual de vós, querendo construir uma torre, não se senta primeiro e calcula os gastos, para ver se tem o suficiente para terminar? Caso contrário, 29ele vai lançar o alicerce e não será capaz de acabar. E todos os que virem isso começarão a caçoar, dizendo: 30‘Este homem começou a construir e não foi capaz de acabar!’ . 31Ou ainda: Qual rei que, ao sair para guerrear com outro, não se senta primeiro e examina bem se com dez mil homens poderá enfrentar o outro que marcha contra ele com vinte mil? 32Se ele vê que não pode, enquanto o outro rei ainda está longe, envia mensageiros para negociar as condições de paz. 33Do mesmo modo, portanto, qualquer um de vós, se não renunciar a tudo o que tem, não pode ser meu discípulo!” - Palavra da Salvação






 


MENSAGEM DE NOSSA SENHORA EM MEDJUGORJE - “Queridos filhos! Com alegria, também hoje eu os chamo a abrirem seus corações e a ouvirem o meu chamado. Novamente, eu desejo aproximá-los do meu Imaculado Coração, onde vocês encontrarão refúgio e paz. Abram-se à oração, até que ela se torne uma alegria para vocês. Através da oração o Altíssimo lhes dará uma abundância de graças e vocês se tornarão minhas mãos estendidas neste mundo agitado que anseia pela paz. Filhinhos, com suas vidas testemunhem a fé e rezem para que a fé possa crescer dia a dia em seus corações. Eu estou com vocês. Obrigada por terem respondido ao meu chamado” – Mensagem do dia 05 de janeiro de 2012






A IGREJA CELEBRA HOJE , SÃO NUNO DE SANTA MARIA - Nuno Álvares Pereira nasceu em Portugal a 24 de Junho de 1360, e recebeu a educação cavalheiresca típica dos filhos das famílias nobres do seu tempo. Aos treze anos torna-se pajem da rainha D. Leonor, tendo sido bem recebido na Corte e acabando por ser pouco depois cavaleiro. Aos dezesseis anos casa-se, por vontade de seu pai, com uma jovem e rica viúva, D. Leonor de Alvim.  Da sua união nascem três filhos, dois do sexo masculino, que morrem em tenra idade, e uma do sexo feminino, Beatriz, a qual mais tarde viria a desposar o filho do rei D. João I, D. Afonso, primeiro duque de Bragança. Quando o rei D. Fernando I morreu a 22 de Outubro de 1383 sem ter deixado filhos varões, o seu irmão D. João, Mestre de Avis, viu-se envolvido na luta pela coroa lusitana, que lhe era disputada pelo rei de Castela por ter desposado a filha do falecido rei.  Nuno tomou o partido de D. João, o qual o nomeou Condestável, isto é, comandante supremo do exército. Nuno conduziu o exército português repetidas vezes à vitória, até se ter consagrado na batalha de Aljubarrota (14 de Agosto de 1385), a qual acaba por determinar à resolução do conflito. Os dotes militares de Nuno eram no entanto acompanhados por uma espiritualidade sincera e profunda. O amor pela Eucaristia e pela Virgem Maria são os alicerces da sua vida interior – SÃO NUNO DE SANTA MARIA , ROGAI POR NÓS


Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by