TER A DEVIDA REVERÊNCIA A JESUS IMOLADO NA CRUZ - LITURGIA DIÁRIA , 16 DE SETEMBRO DE 2013

domingo, 15 de setembro de 2013

TER A DEVIDA REVERÊNCIA A JESUS IMOLADO NA CRUZ


“Sem a fé – diz São Paulo – é impossível a pessoa agradar a Deus”. Assim devemos dizer que sem a fé é impossível a pessoa ter a devida reverência a Jesus imolado na Cruz e ressuscitado glorioso, mas que está oculto sob as humildes aparências do pão e do vinho. A fé é a base de toda a justificação e é outrossim a condição fundamental de todo progresso na vida sobrenatural. A fé é a primeira das disposições para receber o fruto da Redenção de Nosso Senhor Jesus Cristo: renascer para a vida divina da graça e tornar-nos participantes da adoção eterna. É o que o celebrante reza no fim da Missa: “Quotquot autem receperunt eum, dedit eis potestatem filios Dei fieri, HIS QUI CREDUNT IN NOMINE EJUS… qui ex Deo nati sunt” – “Mas a todos os que O receberam, deu poder de se tornarem filhos de Deus, aos que creem no seu nome… os quais nasceram de Deus” (S. João I, 12 e 13)


A Comunhão une-nos primeiramente à santa Humanidade de Cristo; e esta união opera-se pela fé. Caríssimos, quando credes que a Humanidade de Jesus é a Humanidade do Filho de Deus, e que n’Ele há só uma pessoa DIVINA, quando com muita fé, adorais esta santa Humanidade, por ela entrais em contato com o Verbo, o Filho Unigênito do Pai, pois é ela o caminho que vos leva à própria Divindade. Se na hora da Comunhão ouvíssemos Jesus perguntar: Quem julgais que eu sou? Deveríamos responder com toda segurança de uma fé viva as palavras de São Pedro: “Vós sois o Cristo, o Filho do Deus vivo”

Deveríamos ainda dizer: Ó Jesus, vejo apenas um pedaço de pão; mas Vós, que sois o Verbo, a Sabedoria Eterna e a Verdade infinita, dissestes: “Isto é o meu corpo”; e justamente por isso que o dissestes, creio que estais presente sob esta humilde e ínfima aparência de pão. Ó Jesus, os sentidos nos enganam, eles nada nos dizem além dos acidentes, mas creio porque Vós, a própria Verdade, o dissestes”. O que certamente Jesus nos responderia? O que disse ao Centurião:“Faça-se conforme a tua fé” (S. Mateus VIII-13). Então – continuaria Jesus – porque acreditais que sou Deus, dou-me a vós com todos os tesouros da minha Divindade, para vos cumular e transformar em mim; dou-me a vós com as inefáveis relações da minha vida íntima de Deus. Caríssimos, na verdade, pela santa Comunhão, nos unimos a toda Santíssima Trindade. Porque Cristo é um só com o Pai, na unidade do Espírito Santo. Quando comungamos, Jesus Cristo, o Verbo Encarnado, toma conta de nós, une-nos ao Pai como Ele mesmo Lhe está unido. Mas o Verbo une-nos também ao Espirito Santo. Assim, caríssimos, podemos dizer que depois da santa Comunhão, somos  santuário da Santíssima Trindade

A Santíssima Eucaristia é um mistério de fé por excelência, como já tivemos oportunidade de demonstrar. Portanto, só a fé nos pode fazer compreender estas maravilhas e penetrar nestes abismos de amor de Deus. Só quem tem fé, por conseguinte, terá o devido respeito, veneração, reverência e adoração ao Santíssimo Sacramento. Esta reverência nasce e alimenta-se unicamente da fé
Senhor, aumentai a minha fé e eu terei todo respeito e reverência possíveis diante de Vós oculto sob as aparências do pão e do vinho! Senhor, eu creio, mas aumentai a minha fé! Amém!


LITURGIA DO DIA 16/09/2013
 
PRIMEIRA LEITURA: 1º TIMÓTEO 2, 1-8

SANTOS CORNÉLIO E CIPRIANO , PAPA E BISPO MÁRTIRES - (VERMELHO, PREF. COMUM OU DOS MÁRTIRES - OFÍCIO DA MEMÓRIA) - LEITURA DA PRIMEIRA CARTA DE SÃO PAULO A TIMÓTIO - Caríssimo, 1Acima de tudo, recomendo que se façam preces, orações, súplicas, ações de graças por todos os homens, 2pelos reis e por todos os que estão constituídos em autoridade, para que possamos viver uma vida calma e tranquila, com toda a piedade e honestidade. 3Isto é bom e agradável diante de Deus, nosso Salvador, 4o qual deseja que todos os homens se salvem e cheguem ao conhecimento da verdade. 5Porque há um só Deus e há um só mediador entre Deus e os homens: Jesus Cristo, homem 6que se entregou como resgate por todos. Tal é o fato, atestado em seu tempo; 7e deste fato - digo a verdade, não minto - fui constituído pregador, apóstolo e doutor dos gentios, na fé e na verdade. 8Quero, pois, que os homens orem em todo lugar, levantando as mãos puras, superando todo ódio e ressentimento - Palavra do Senhor

SALMO RESPONSORIAL (27)

REFRÃO: BENDITO SEJA O SENHOR, PORQUE OUVIU O CLAMOR DA MINHA SÚPLICA!

1.
 Escutai o meu clamor, a minha súplica, quando eu grito para vós; quando eu elevo, ó Senhor, as minhas mãos para o vosso santuário. -R.

2. Minha força e escudo é o Senhor, meu coração nele confia. Ele ajudou-me e alegrou meu coração; eu canto em festa o seu louvor. -R.

3. O Senhor é a fortaleza do seu povo e a salvação do seu Ungido. Salvai o vosso povo e libertai-o; abençoai a vossa herança! Sede vós o seu pastor e o seu guia pelos séculos eternos! -R.

EVANGELHO: LUCAS 7, 1-10

PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO, SEGUNDO LUCAS
- Naquele tempo,1Tendo Jesus concluído todos os seus discursos ao povo que o escutava, entrou em Cafarnaum. 2Havia lá um centurião que tinha um servo a quem muito estimava e que estava à morte. 3Tendo ouvido falar de Jesus, enviou-lhe alguns anciãos dos judeus, rogando-lhe que o viesse curar.4Aproximando-se eles de Jesus, rogavam-lhe encarecidamente: Ele bem merece que lhe faças este favor, 5pois é amigo da nossa nação e foi ele mesmo quem nos edificou uma sinagoga. 6Jesus então foi com eles. E já não estava longe da casa, quando o centurião lhe mandou dizer por amigos seus: Senhor, não te incomodes tanto assim, porque não sou digno de que entres em minha casa; 7por isso nem me achei digno de chegar-me a ti, mas dize somente uma palavra e o meu servo será curado. 8Pois também eu, simples subalterno, tenho soldados às minhas ordens; e digo a um: Vai ali! E ele vai; e a outro: Vem cá! E ele vem; e ao meu servo: Faze isto! E ele o faz.9Ouvindo estas palavras, Jesus ficou admirado. E, voltando-se para o povo que o ia seguindo, disse: Em verdade vos digo: nem mesmo em Israel encontrei tamanha fé. 10Voltando para a casa do centurião os que haviam sido enviados, encontraram o servo curado - Palavra da salvação






MENSAGEM DE NOSSA SENHORA EM MEDJUGORJE – Também hoje, esta é Minha grande alegria em ver vocês todos com um coração aberto, com alegria de coração. Eu convido a todos vocês, para rezarem responsavelmente pela paz. Rezem, queridos filhos que a paz reinará no mundo. Aquela paz que reina nos corações das pessoas, no corações dos meus filhos. Assim, sejam Meus portadores da paz neste mundo turbulento. Sejam Meu sinal vivo, um sinal de paz para as pessoas que vocês conhecem em suas paróquias. Sejam Meu sinal, sejam Minha luz, Meu reflexo de uns aos outros. Saibam meus queridos filhos que EU sempre estou com vocês e que EU rezo por todos vocês e por todos vocês EU intercedo com JESUS, com MEU FILHO. Portanto, perseverem na oração, obrigada a todos vocês mais uma vez que disseram “Sim” ao Meu chamado – MENSAGEM DO DIA 5 DE AGOSTO DE 2013, ANIVERSÁRIO DE NOSSA SENHORA, DUROU CERCA DE 10 MINUTOS , COMEÇOU AS 23H00 MIN.

A IGREJA CELEBRA HOJE , SANTOS CORNELIO E CIPRIANO - Unidos pela fé e sangue, encontramos como exemplo de amizade e santidade estas testemunhas de Cristo, que foram martirizados no mesmo dia, porém, com diferença de cinco anos.
São Cornélio . Cornélio tinha sido eleito Papa em 251, após um grande período de ausência do pastor por causa da terrível perseguição de Décio. Sua eleição foi contestada por Novaciano, que acusava o Papa de ser muito indulgente para com os que haviam renegado a fé (lapsos) e separaram-se da Igreja . Por causa dos êxitos obtidos com sua pregação, foi processado e exilado para o lugar hoje chamado Civitavecchici, onde Cornélio morreu. Foi sepultado nas catacumbas de Calisto

São Cipriano . Uma das grandes figuras do século III, Cipriano, de família rica de Cartago, capital romana na África do Norte. Quando pagão era um ótimo advogado e mestre de retórica, até que provocado pela constância e serenidade dos mártires cristãos, converteu-se entre 35 e 40 anos de idade . Por causa de sua radical conversão muitos ficaram espantados já que era bem popular. Com pouco tempo foi ordenado sacerdote e depois sagrado Bispo num período difícil da Igreja africana

Duas perseguições contra os cristãos ocorreram: a de Décio e Valeriano. Estas perseguições marcaram o começo e o fim de seu episcopado, além de uma terrível peste que assolou o norte da África, semeando mortes. Problemas doutrinários, por outro lado, agitavam a Igreja daquela região . Diante da perseguição do imperador Décio em 249, Cipriano escolheu esconder-se para continuar prestando serviços à Igreja. No ano 258, o santo Bispo foi denunciado, preso e processado. Existem as atas do seu processo de martírio que relatam suas últimas palavras do saber da sua sentença à morte: “Graças a Deus!” . Santos Cornélio e Cipriano, rogai por nós!


Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by