JESUS CRUCIFICADO : O PRINCIPIO E O FIM - LITURGIA DIÁRIA , 24 DE SETEMBRO DE 2013

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

JESUS CRUCIFICADO : O PRINCIPIO E O FIM

Abaixando esta cruz adorável que me é apresentada por um pastor tão zeloso e tão vigilante, eu sinto meu coração se inflamar do mais vivo desejo de cooperar com ele na felicidade desta população religiosa, cuja piedade coloca diante de todas as ocasiões de fazer o bem. Eis, meus caros irmãos, um esboço abreviado de todas as verdades que temos para vos anunciar durante esses santos dias : Jesus crucificado


Sim, Jesus crucificado será o princípio e o fim de todos os nossos exercícios: Non autem praedicamus Christum crucifixum (I Cor 1, 23). E, quem de vós, à vista de Jesus sobre a cruz, não imergiria em si mesmo, e, considerando, de uma parte, sua alma carregada de tantos pecados, da outra, esse divino Salvador todo inundado de sangue, não se sentiria tocado, comovido até as lágrimas, e penetrado de remorso? Veja, meu pobre pecador, o mal imenso que fizestes ao ofender Deus: dilacerastes seus membros sagrados e aniquilastes vossa alma; mas eis, de um outro lado meu divino Jesus que vem a vós para lavar vossa alma em seu precioso sangue; e eis os braços abertos, veja como Ele arde ao vos abraçar ternamente sobre seu coração. Que fazeis então? Ah! Lance-vos a seus pés, e que em cada uma de vossas prosternações lhe digas, com lágrimas nos olhos: Ó meu dulcíssimo Jesus, o Senhor vê diante de vós a alma mais criminosa que se encontra sobre a terra: é por mim que enviaste a missão, por mim, pecador indigno


Ah! Meu Deus, abras as entranhas de vossa grande misericórdia, dei aí acesso ao miserável que vos implora, e concedei-lhe o perdão de todos os seus pecados: Miserere mei, Deus, secundum magnam misericordiam tuam (Salmo 50, 1). – Sim, pecador, Jesus está pronto para vos perdoar; Ele veio para vós, console-se. Ou, de preferência, Ele veio para vós todos, meu divino Salvador: consolem-se, meus irmãos, consolem-se, minhas irmãs, esse bom Jesus veio por vós, Jesus quer que todo esse povo, esse povo tão generoso esteja nele; somente Ele reclama de vós, neste encontro, um suspiro, mas um suspiro que parte do coração, um suspiro que seja acompanhado de lágrimas de remorso. Podereis recusar um suspiro a Jesus? A Deus não apraz!


Todos, ao contrário, tocados e em prantos, batam-se no peito para mostrar que tendes a alma penetrada de dor, e peçam-lhe perdão por todos os vossos pecados. Digam-lhe, do fundo do coração: Misericórdia, ó meu Deus! Perdão, ó meu Deus! – Digam em pranto e suspirando: Perdão, meu Deus! Misericórdia, meu Deus! – Ah! Digam a Ele com fervor: Perdão, meu Deus! Misericórdia, meu Deus! – Ó! Que bela população! Que paróquia abençoada! Continuem a chorar vossos pecados, chorem, meus irmãos, chorem, minhas irmãs, e estejam assegurados de que vossas lágrimas já dissiparam todos os obstáculos que podiam impedir o cumprimento dos grandes desígnios que Jesus tem sobre vós. Aceitem a missão com alegria, pois para muitos dentre vós ela será o primeiro elo da corrente de ouro de vossa predestinação; sim, eu creio, esta santa missão abrirá a um grande número dentre vós as portas do paraíso

Mas como só obtemos de Deus algum favor pela intervenção da bem aventurada Virgem Maria, imploremos juntos a assistência desta poderosa advogada; recorramos à augusta Virgem , pois algo me diz que durante esses santos dias ela quer ser ela própria vossa missionária, ela quer tocar vossos corações, ela quer vos reconduzir a Deus. Quanto a mim, eu declaro que se algum bem for produzido no curso desta missão, se os corações são tocados, se os pecadores se convertem, se o Senhor é glorificado, tudo isso será a obra do braço onipotente da Santíssima Virgem, a quem, desde já, ofereço toda honra e toda glória. Eu suplico, além disso, esta augusta Rainha para subjugar todos os demônios, que eu conjuro, no nome do Deus onipotente, de se afastarem durante esses dias de tão piedosa assembleia, de modo que eles não tenham nenhum meio de impedir os frutos da missão – [Pe. Salvador d'Ormés. Sermons, exhortations et conferences pour les missions, par le bienheureux Léonard de Port-Maurice. Tournai, 1874]





LITURGIA DO DIA 24/09/2013
 
PRIMEIRA LEITURA: ESDRAS 6, 7-8.12.14-20

XXV SEMANA COMUM - (VERDE - OFÍCIO DO DIA) - LEITURA DO LIVRO DO ESDRAS - Naqueles dias, 7Deixai continuar os trabalhos da casa de Deus; que o governador dos judeus e seus anciãos reconstruam-na no seu lugar. 8Também ordeno como é que se deve proceder com aqueles anciãos dos judeus, tendo em vista a reconstrução da mencionada casa de Deus: das receitas reais provenientes dos impostos de além-rio, a despesa será fielmente paga a esses homens, a fim de que a obra não sofra interrupção. 12O Deus que fez habitar ali o seu nome destrua todo rei, todo povo que ousar fazer qualquer coisa para mudar este decreto e destruir essa casa de Deus que está em Jerusalém! Eu, Dario, dei esta ordem: seja ela pontualmente executada. 14Os anciãos dos judeus puseram-se a construir o templo e fizeram progresso, sustentados pelas profecias de Ageu, o profeta, e de Zacarias, filho de Ado. Prosseguiram a construção, segundo a ordem do Deus de Israel, e segundo a ordem de Ciro, de Dario e de Artaxerxes, rei da Pérsia. 15Terminou-se o edifício no terceiro dia do mês de Adar no sexto ano do reinado de Dario. 16Os israelitas, os sacerdotes, os levitas e os demais repatriados celebraram com júbilo a dedicação dessa casa de Deus.17Ofereceram, por ocasião dessa dedicação, cem touros, duzentos carneiros, mil e quatrocentos cordeiros e doze bodes como vítimas pelos pecados de todo Israel, segundo o número das tribos de Israel. 18Estabeleceram os sacerdotes segundo as suas classes, e os levitas segundo suas divisões, para celebrar o culto de Deus em Jerusalém, de conformidade com as prescrições do livro de Moisés. 19Os repatriados celebraram a Páscoa no dia catorze do primeiro mês. 20Os sacerdotes e os levitas, sem exceção, tinham-se purificado; todos estavam puros. Imolaram a Páscoa por todos os repatriados, pelos seus irmãos, os sacerdotes, e por si mesmos - Palavra do Senhor

SALMO RESPONSORIAL (121)
                              
REFRÃO: QUE ALEGRIA, QUANDO ME DISSERAM: “VAMOS À CASA DO SENHOR!”

1. Que alegria, quando ouvi que me disseram: “Vamos à casa do Senhor!” E agora nossos pés já se detêm, Jerusalém, em tuas portas. -R

2. Jerusalém, cidade bem edificada num conjunto harmonioso; para lá sobem as tribos de Israel, as tribos do Senhor. -R.

3. Para louvar, segundo a lei de Israel, o nome do Senhor. A sede da justiça lá está e o trono de Davi. -R

EVANGELHO: LUCAS 8, 19-21

PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO, SEGUNDO LUCAS
- Naquele tempo,19A mãe e os irmãos de Jesus foram procurá-lo, mas não podiam chegar-se a ele por causa da multidão. 20Foi-lhe avisado: Tua mãe e teus irmãos estão lá fora e desejam ver-te. 21Ele lhes disse: Minha mãe e meus irmãos são estes, que ouvem a palavra de Deus e a observam - Palavra da salvação





MENSAGEM DE NOSSA SENHORA EM MEDJUGORJE – “Queridos filhos! Hoje Eu me alegro com seu Santo padroeiro e convido-os e estarem abertos à vontade de Deus, para que a fé cresça em vocês e, por meio de vocês, nas pessoas que encontrarem em sua vida diária. Filhinhos, rezem até que a oração se torne alegria para vocês. Peçam a seus santos protetores que os ajudem a crescer no amor a Deus. Obrigada por terem correspondido a  Meu apelo” – MENSAGEM DO DIA 25.07.2002



A IGREJA CELEBRA HOJE , SÃO GERALDO - Hoje, nos enriquecemos com a vida de santidade de São Geraldo, o primeiro mártir da Hungria . O santo de hoje nasceu em Veneza, em 980. Estudou em escola beneditina e teve uma ótima formação, que inclui o zelo pela salvação das almas. Abraçou a vida religiosa na Ordem Beneditina e em pouco tempo São Geraldo chegou ao serviço de abade do mosteiro . Voltando de uma viagem à Terra Santa, passou pela Hungria e a pedido do rei assumiu a missão de evangelizar com seu grupo aquela nação. Combateu as idolatrias e o sagrado Bispo não deixava de recorrer e recomendar a Onipotência Suplicante da Virgem Maria . Com a morte do rei, entrou a luta pelo poder e ele lutou pela paz onde reinava a discórdia. Um dos pretendentes não só era contra o Bispo, mas cultivava ódio pelo Cristianismo . Numa viagem em socorro do povo com a fé ameaçada, São Geraldo foi preso e apedrejado até a morte pelos inimigos da fé, isto em 24 de setembro de 1046 . Deixou escrito lindos testemunhos do religioso Bispo e fiel cristão, o qual tornou-se com a graça de Deus . São Geraldo, rogai por nós!


Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by