"A LIBERDADE DO ERRO , A PIOR MORTE PARA A ALMA"‏ - LITURGIA DIÁRIA , 14 DE SETEMBRO DE 2013

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

"A LIBERDADE DO ERRO , A PIOR MORTE PARA A ALMA"‏

“Vós sois o sal da terra. Se o sal perde o seu sabor, com que lhe será restituído o sabor? Para nada mais serve senão para ser lançado fora e calcado pelos homens"


"Dessa fonte lodosa do indiferentismo promana aquela sentença absurda e errônea, digo melhor disparate, que afirma e defende a liberdade de consciência. Este erro corrupto abre alas, escudado na imoderada liberdade de opiniões que, para confusão das coisas sagradas e civis, se estendo por toda parte, chegando a imprudência de alguém se asseverar que dela resulta grande proveito para a causa da religião. Que morte pior há para a alma, do que a liberdade do erro! dizia Santo Agostinho (Ep. 166). Certamente, roto o freio que mantém os homens nos caminhos da verdade, e inclinando-se precipitadamente ao mal pela natureza corrompida, consideramos já escancarado aquele abismo (Apoc 9,3) do qual, segundo foi dado ver a São João, subia fumaça que entenebrecia o sol e arrojava gafanhotos que devastavam a terra. Daqui provém a efervescência de ânimo, a corrupção da juventude, o desprezo das coisas sagradas e profanas no meio do povo; em uma palavra, a maior e mais poderosa peste da república, porque, segundo a experiência que remonta aos tempos primitivos, as cidade que mais floresceram por sua opulência, extensão e poderio sucumbiram, somente pelo mal da desbragada liberdade de opiniões, liberdade de ensino e ânsia de inovações" - [ENCÍCLICA MIRARI VOS - GREGORIO XVI]


Precisamos compreender que o mundo atual está doente de algo chamado: pruridos (coceira) de novidade. Vamos à Missa com a mesma disposição de quem vai ao cinema, em busca de novidades. Quando as equipes de liturgia se reúnem já pensam logo em fazer algo diferente, como se a Missa fosse um cinema. (...) Se continuarmos com isso, nossa geração será uma geração maldita, porque seremos nós, em 2 mil anos de cristianismo, os únicos que traíram a fé. Porque hoje cremos no Cristianismo? Porque homens e mulheres de fé não quiseram mudar uma vírgula daquilo que receberam da fé e tiveram o cuidado de transmitir a nós . Se os mártires se recusassem a passar pelo que passaram e resolvessem mudar a fé, adaptá-la ao mundo moderno, não teríamos a fé que temos hoje .  A Igreja tem que criar mecanismos de fidelidade, de forma que a Palavra que é pregada hoje seja a mesma Palavra que os apóstolos pregaram.(...) Um bom padre é sempre um padre conservador. Padre que quer se adaptar à novidade não é bom padre. Bom padre é aquele que conserva a Palavra de Deus a mesma Palavra que receberam os apóstolos . Que a Palavra que é pregada seja a mesma Palavra que os mártires pregaram, e que santificou tanta gente antes de nós


Os maus tanto odeiam quanto temem a Igreja Católica. O nome do católico nunca é bem recebido pelo perverso . A presença do bom católico sempre haverá de incomodar os maus, mesmo quando não possa fazer nada mais do que dar o bom exemplo e exortar com suas palavras. A inocência do justo é insuportável para o criminoso. A memória dos santos é aprazível para quem ama a Deus, mas deixa em ebulição a consciência do perverso. A correção de atitudes sempre será um empecilho para os maus que sabem não poder encontrar no bom católico jamais um cúmplice para seus crimes. E, se o bom católico tiver poder temporal em suas mãos, será barreira certa contra toda iniqüidade


Os maus católicos podem ser louvados pela imprensa, mas basta que alguém se levante em defesa da Fé Católica para se tornar alvo de perseguições atrozes . De fato, se a Igreja faz as pazes com o “mundo”, ela não cumpre sua missão. Se cumpre sua missão, é odiada pelo “mundo”. Quem quer viver nas trevas jamais poderá amar a luz. Cristo, Luz do mundo, e sua Santa Igreja Católica sempre serão odiados por aqueles que escolheram o caminho do mal e nele perserveram. Os maus indagar-se-ão sempre, com os dentes a ranger: “Ele é católico? Quem me dera não o fosse…”


A Igreja Católica sempre foi e sempre será perseguida pelos inimigos de Cristo. Por quê? Se ainda nos restam dúvidas, podemos recorrer ao Catecismo, esta indispensável fonte de ensinamentos para o cristão, para recebermos, das solícitas mãos de São Pio X, a resposta para esta questão:

177. Por que é a Igreja Católica tão perseguida? .....A Igreja Católica é tão perseguida porque assim foi também perseguido o seu Divino Fundador, e porque reprova os vícios, combate as paixões e condena todas as injustiças e todos os erros

Ao contrário dos adocicados padres modernos, que encontram desculpas para todos os erros e todos os pecados, São Pio X nos ensina com clareza meridiana que a Igreja os combate e, por o fazer, é odiada pelos maus

Muitos católicos modernos, atordoados pela propaganda modernista e ecumênica, ou movidos pelo hedonismo e pelo comodismo, julgam-se bons religiosos ao buscar a paz com todos a qualquer custo. A paz deve ser buscada, sem dúvida, mas nunca com o sacrifício dos valores mais altos, especialmente da Fé. O que os modernistas propõem não se pode chamar de paz, senão de rendição incondicional. Algo totalmente indigno de um católico

Voltemos ao texto do Catecismo e pensemos na situação atual. Se a Igreja Católica aceitasse os vícios, permitesse o livre curso de todas as paixões desenfreadas, não denunciasse os erros, seria ela perseguida? Se a Igreja se calasse diante do horrível crime do aborto, seria Ela escarnecida? Certamente não, poderia ser até exaltada pela mídia

Mas, como a Igreja não troca a inefável amizade com Cristo, seu Divino Fundador, por um vão louvor da mídia anti-cristã, então nunca lhe faltarão as perseguições. Nunca lhe faltarão as calúnias, nem as reportagens tendenciosas. Nunca haverá paz entre a Igreja e o “mundo”. Mas também nunca lhe faltará o consolo e o auxílio que vêm do alto dos Céus

Os maus perguntar-se-ão preocupados: “são católicos?”, e lamentar-se-ão com a resposta afirmativa, porque sabem que o bom católico jamais se conforma com o mal e a injustiça
Quanto a nós, que desejamos ser dignos do nome de católicos, devemos bradar, apesar de todos  os perigos: À batalha, sempre, com espírito de Cruzados! Que Deus e a Virgem Santíssima nos dêem coragem para enfrentarmos Seus inimigos




LITURGIA DO DIA 14/09/2013
 
PRIMEIRA LEITURA: NÚMEROS 21, 4-9

EXALTAÇÃO DA SANTA CRUZ - (VERMELHO, GLÓRIA, PREF.PRÓPRIO - OFÍCIO DA FESTA) - LEITURA DO LIVRO DOS NÚMEROS - Naqueles dias, 4Partiram do monte Hor na direção do mar Vermelho, para contornar a terra de Edom. 5Mas o povo perdeu a coragem no caminho, e começou a murmurar contra Deus e contra Moisés: "Por que, diziam eles, nos tirastes do Egito, para morrermos no deserto onde não há pão nem água? Estamos enfastiados deste miserável alimento." 6Então o Senhor enviou contra o povo serpentes ardentes, que morderam e mataram muitos. 7O povo veio a Moisés e disse-lhe: "Pecamos, murmurando contra o Senhor e contra ti. Roga ao Senhor que afaste de nós essas serpentes." Moisés intercedeu pelo povo, 8e o Senhor disse a Moisés: "Faze para ti uma serpente ardente e mete-a sobre um poste. Todo o que for mordido, olhando para ela, será salvo." 9Moisés fez, pois, uma serpente de bronze, e fixou-a sobre um poste. Se alguém era mordido por uma serpente e olhava para a serpente de bronze, conservava a vida - Palavra do Senhor
                                                                
SALMO RESPONSORIAL(77)


REFRÃO: DAS OBRAS DO SENHOR, Ó MEU POVO, NÃO TE ESQUEÇAS!

1. Escuta, ó meu povo, a minha Lei, ouve atento as palavras que eu te digo; abrirei a minha boca em parábolas, os mistérios do passado lembrarei. -R.

2. Quando os feria, eles então o procuravam, convertiam-se correndo para ele; recordavam que o Senhor é sua rocha e que Deus, seu Redentor, é o Deus Altíssimo. -R.

3. Mas apenas o honravam com seus lábios e mentiam ao Senhor com suas línguas; seus corações enganadores eram falsos e, in­fiéis, eles rompiam a Aliança. -R.

4. Mas o Senhor, sempre benigno e compassivo, não os matava e perdoava seu pecado; quantas vezes dominou a sua ira e não deu largas à vazão de seu furor. -R

EVANGELHO: JOÃO 3, 13-17

PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO, SEGUNDO JOÃO
- Naquele tempo,13Ninguém subiu ao céu senão aquele que desceu do céu, o Filho do Homem que está no céu. 14Como Moisés levantou a serpente no deserto, assim deve ser levantado o Filho do Homem, 15para que todo homem que nele crer tenha a vida eterna. 16Com efeito, de tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. 17Pois Deus não enviou o Filho ao mundo para condená-lo, mas para que o mundo seja salvo por ele - Palavra da salvação





 
MENSAGEM DE NOSSA SENHORA EM MEDJUGORJE – “Queridos filhos! Também hoje os convido a rezarem de todo o coração e a amarem-se uns aos outros. Filhinhos, vocês foram escolhidos para testemunhar a paz e a alegria. Se não há paz, rezem e irão recebê-la. Por meio de vocês e de suas orações, filhinhos, a paz começará a correr pelo mundo. Por isso, filhinhos, rezem, rezem, rezem, porque a oração opera milagres no coração das pessoas e no mundo. Eu estou com vocês e agradeço a Deus por cada um de vocês que, com seriedade, acolheu e vive a oração. Obrigada por terem correspondido a Meu apelo” – MENSAGEM DO DIA 25.10.2001






A IGREJA CELEBRA HOJE , EXALTAÇÃO DA SANTA CRUZ - Nos reunimos com todos os santos, neste dia, para exaltar a Santa Cruz, que é fonte de santidade e símbolo revelador da vitória de Jesus sobre o pecado, a morte e o demônio; também na Cruz encontramos o maior sinal do amor de Deus, por isso : “Nós, porém, pregamos um Messias crucificado, escândalo para os judeus, loucura para os pagãos ” (I Cor 1,23) . Esta festividade está ligada à dedicação de duas importantes basílicas construídas em Jerusalém por ordem de Constantino, filho de Santa Helena. Uma, construída sobre o Monte do Gólgota e outra, no lugar em que Cristo Jesus foi sepultado e ressuscitado pelo poder de Deus . A dedicação destas duas basílicas remonta ao ano 335, quando a Santa Cruz foi exaltada ou apresentada aos fiéis. Encontrada por Santa Helena, foi roubada pelos persas e resgatada pelo imperador Heráclio. Graças a Deus a Cruz está guardada na tradição e no coração de cada verdadeiro cristão, por isso neste dia, a Igreja nos convida a rezarmos: “Do Rei avança o estandarte, fulge o mistério da Cruz, onde por nós suspenso o autor da vida, Jesus. Do lado morto de Cristo, ao golpe que lhe vibravam, para lavar meu pecado o sangue e a água jorravam. Árvore esplêndida bela de rubra púrpura ornada dos santos membros tocar digna só tu foste achada” . “Viva Jesus! Viva a Santa Cruz!” , Santa Cruz, sede a nossa salvação!

Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by