O SACRIFÍCIO DE CRISTO NA CRUZ , NÃO FOI SUFICIENTE ? - LITURGIA DIÁRIA , 06 DE AGOSTO DE 2013

terça-feira, 6 de agosto de 2013


O SACRIFÍCIO DE CRISTO NA CRUZ , NÃO FOI SUFICIENTE ?

 

Todo pecado tem uma dupla consequência: a pena e a culpa. A culpa nos afasta de Deus e é a consequência maior do pecado. Se a culpa é grave, ela nos separa totalmente de Deus e exige uma reconciliação cuja obtenção está absolutamente acima das possibilidades humanas. Se uma pessoa morrer neste estado, se condena. Porém, há uma segunda consequência: a pena. Esta pena exige uma satisfação pessoal, isto é, ela exige que o autor do pecado, mesmo quando este é perdoado, ainda tenha de se responsabilizar e sofrer as consequências dos seus atos. Uma analogia bastante usada: se alguém comete um roubo, isso é um pecado grave. Vamos supor, então, que ele se arrependa de coração; se a vítima perdoá-lo, ele estará perdoado. Mas isto não o isenta de ter de devolver o que roubou e, a depender do caso, talvez seja preciso que ele vá para a cadeia, cumprir justamente a "pena"

 

Quando Jesus redime a humanidade, Ele apaga a nossa culpa. Esta culpa, como já dito, era bastante superior a qualquer esforço ou méritos possíveis aos homens. Foi preciso que um Deus humanado morresse por nós para que ela fosse apagada. Porém, a Redenção não obriga ninguém a se redimir; ela exige uma cooperação pessoal. Diz Sto Agostinho: "O Deus que te criou sem a tua participação, não te salvará sem a tua colaboração"

 

Veja que, se adotamos uma visão confusa da Redenção, poderíamos perguntar coisas do tipo: "Mas se Jesus redimiu toda a humanidade, por que se diz que há pessoas que se condenam? Não seria o mesmo que dizer que a Redenção não foi suficiente?" Aqui está clara a necessidade de cooperação humana. "Quem perseverar até o fim, será salvo". Do mesmo modo, mesmo que se tenha operado a Redenção, Jesus mesmo ainda fala de coisas a pagar: "E eu te afirmo que dali não sairás até teres pago o último centavo"

 

Mesmo que Nosso Senhor nos tenha apagado a culpa e esta graça esteja condicionada ao nosso consentimento, Ele não nos livrou das penas. Estas penas precisam ser, de algum modo, pagas. E isto está ao nosso alcance. Elas, em geral, são pagas pelos sofrimentos que assumem, a partir do Cristo, um caráter purgativo. Quando estamos em Estado de Graça, isto é, sem Pecado Mortal, ainda assim, mantemos imperfeições e pecados leves ou veniais. Também estes possuem consequências que, por sua vez, exigem satisfação, porque são, ainda, manifestações do nosso egoísmo e mostram como o fundo da nossa alma ainda não é totalmente puro

 

Acontece que nada do que esteja minimamente impuro pode ver a Deus face a face (Cf. Ap 21,27). O normal seria que pagássemos as penas ainda aqui nesta vida. Porém, sabemos que, na realidade, a grande maioria das pessoas que morrem em Graça, ainda assim possuem imperfeições. Deste modo, elas não irão para o inferno - pois não têm culpa grave -, mas também não podem gozar imediatamente da visão beatífica, isto é, não estão aptas ainda a ver Deus face a face. Nota-se, daí, que é necessário um estágio posterior de purificação. Este estágio ou lugar é o que a Igreja chama de Purgatório e é justamente onde as penas serão purgadas. O Purgatório é uma profunda expressão da misericórdia divina e nos prepara para que possamos, enfim, gozar da eternidade em Deus

 

Nada disso contraria a Redenção de Nosso Senhor. Bem ao contrário, todo este contexto, antes, é produto da Redenção. Demos graças a Deus por isso – GRAA

 

LITURGIA DO DIA 06 DE AGOSTO DE 2013
PRIMEIRA LEITURA: DANIEL 7, 9-10.13-14

TRANSFIGURAÇÃO DO SENHOR , (BRANCO, GLÓRIA, PREFÁCIO PRÓPRIO - OFÍCIO DA FESTA) - LEITURA DA PROFECIA DE DANIEL - 9Continuei a olhar, até o momento em que foram colocados os tronos e um ancião chegou e se sentou. Brancas como a neve eram suas vestes, e tal como a pura lã era sua cabeleira; seu trono era feito de chamas, com rodas de fogo ardente. 10Saído de diante dele, corria um rio de fogo. Milhares e milhares o serviam, dezenas de milhares o assistiam! O tribunal deu audiência e os livros foram abertos. 13Olhando sempre a visão noturna, vi um ser, semelhante ao filho do homem, vir sobre as nuvens do céu: dirigiu-se para o lado do ancião, diante de quem foi conduzido. 14A ele foram dados império, glória e realeza, e todos os povos, todas as nações e os povos de todas as línguas serviram-no. Seu domínio será eterno; nunca cessará e o seu reino jamais será destruído - Palavra do Senhor

SALMO RESPONSORIAL(96)

REFRÃO:  DEUS É REI, É O ALTÍSSIMO,/ MUITO ACIMA DO UNIVERSO

1. Deus é Rei! Exulte a terra de alegria,/ e as ilhas numerosas rejubilem!/ Treva e nuvem o rodeiam no seu trono,/ que se apóia na justiça e no direito. -R.

 

2. As montanhas se derretem como cera/ ante a face do Senhor de toda a terra;/ e assim proclama o céu sua justiça,/ todos os povos podem ver a sua glória. -R.

 

3. Porque vós sois o Altíssimo, Senhor,/ muito acima do universo que criastes,/ e de muito superais todos os deuses. -R.

EVANGELHO: LUCAS 9, 28-36

PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO, SEGUNDO LUCAS - Naquele tempo, 28Passados uns oitos dias, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, e subiu ao monte para orar. 29Enquanto orava, transformou-se o seu rosto e as suas vestes tornaram-se resplandecentes de brancura. 30E eis que falavam com ele dois personagens: eram Moisés e Elias, 31que apareceram envoltos em glória, e falavam da morte dele, que se havia de cumprir em Jerusalém. 32Entretanto, Pedro e seus companheiros tinham-se deixado vencer pelo sono; ao despertarem, viram a glória de Jesus e os dois personagens em sua companhia. 33Quando estes se apartaram de Jesus, Pedro disse: Mestre, é bom estarmos aqui. Podemos levantar três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias!... Ele não sabia o que dizia. 34Enquanto ainda assim falava, veio uma nuvem e encobriu-os com a sua sombra; e os discípulos, vendo-os desaparecer na nuvem, tiveram um grande pavor. 35Então da nuvem saiu uma voz: Este é o meu Filho muito amado; ouvi-o! 36E, enquanto ainda ressoava esta voz, achou-se Jesus sozinho. Os discípulos calaram-se e a ninguém disseram naqueles dias coisa alguma do que tinham visto - Palavra da salvação

MENSAGEM DE NOSSA SENHORA EM MEDJUGORJE – “Queridos filhos! Hoje, convido-os a se tornarem minhas testemunhas vivendo na fé de seus pais. Filhinhos, vocês procuram sinais e mensagens e não vêem que Deus os convida, a cada manhã ao nascer do sol, a se converterem e a retornarem ao caminho da verdade e da salvação. Vocês falam demais, filhinhos, mas trabalham pouco em sua conversão. Por isso, convertam-se e comecem a viver minhas mensagens, não com palavras, mas com a vida. Dessa maneira, filhinhos, vocês terão a força para se decidirem pela verdadeira conversão do coração. Obrigada por terem correspondido a Meu apelo” MENSAGEM DO DIA 25.09.98

 A IGREJA CELEBRA HOJE , SANTOS JUSTO E PASTOR - Com alegria, toda a Igreja festeja neste dia, a Transfiguração de Nosso Senhor Jesus Cristo, a qual se encontra testemunhada nos Evangelhos de Mateus, Marcos e Lucas. Neste fato bíblico, nós nos deparamos com o segredo da santidade para todos os tempos: “Este é o meu Filho bem-amado, aquele que me aprove escolher. Ouvi-o!” (Mc 9,7) . Sem dúvida, os santos que estamos lembrando hoje, somente estão no Eterno Tabor, por terem vivido esta ordem do Pai. Conta-se que eram jovens cristãos e estavam na escola, quando souberam que o perseguidor e governador Daciano acabara de entrar na cidade. Sendo assim, os santos Justo e Pastor, fugiram, mas foram pegos e entregues por pagãos ao grande perseguidor dos cristãos . Diante do governador que estava sobre o seu cavalo, os corajosos discípulos de Cristo não recuaram diante das ameaças, tanto assim que, frente à possibilidade do martírio, a resposta de São Justo e Pastor foi um canto de felicidade. O governador, ridicularizado pela fé que transfigurava aqueles jovens, mandou que lhes cortassem as cabeças, isto ocorreu em Alcalá de Henares, em Castela, no ano de 304 . Santos Justo e Pastor, rogai por nós!

 

 
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by