Dilma abortista: “Pega na mentira!”

terça-feira, 6 de agosto de 2013


Dilma Rousseff não agiu como presidente dos brasileiros, mas como mercenária da ONU e psicopata, ideologicamente infectada pelo vírus comunista. Se fosse presidente dos brasileiros, teria levado em conta a esmagadora rejeição ao aborto da maioria da população. Se fosse presidente, não teria permitido que seus asseclas abortistas tivessem composto um projeto de lei que fere a Constituição e usa de sutilezas semânticas mal elaboradas para ludibriar os parlamentares e enganar os idiotas úteis, frouxos e covardes, do setor politicamente “correto”.
Poderia listar todas as flagrantes inconstitucionalidades contidas no texto da famigerada lei, mas vou citar apenas uma: ele (o texto da lei) suprime o direito de objeção de Consciência dos médicos e outros profissionais que forem contrários à prática do aborto. A recusa em informar à “vítima” de seus “direitos legais” (eufemismo para permissão para o cometimento de um crime, nesse caso) e em realizar o abortamento pode provocar a cassação do registro profissional dos médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Isso não é medida ditatorial?
E o que dizer, então, dos hospitais católicos, conveniados ao SUS (muitos deles dependem do SUS), que recusam a realização do aborto em seu Código de Ética?
A lei, com relação aos hospitais, é categórica: TODOS os hospitais conveniados ao SUS deverão oferecer e permitir a realização do aborto em alegados casos de gravidez por violência sexual. Do contrário, podemos prever a represália totalitária do Ministério da Saúde a esses hospitais, indo do corte de verbas, cancelamento do convênio, processos cíveis e criminais, chegando ao fechamento do estabelecimento por descumprimento de lei federal.
Há no texto da lei, no entanto, uma expressão que demonstra bem a aversão que essa comunista e terrorista profissional (vulgo, “Dilmão”) nutre pela Vida e pela Família. É a tal “profilaxia da gravidez” que, em tese, é a administração da pílula do dia seguinte a mulheres que tenham sido estupradas e queiram evitar a fecundação de um óvulo. Mas, analisemos tal expressão. O que é profilaxia?
Segundo a Wikipediaprofilaxia“na área da saúde, do grego ’prophýlaxis’ (cautela), é a aplicação de meios tendentes a evitar a propagação de doenças”. Fica fácil de ver que, para a Dilma e seus ministros imorais, a gravidez não passa de uma doença, que precisa e deve ser combatida até sua supressão!
Dilma Rousseff, acima de tudo, traiu sua palavra e a confiança das pessoas de boa fé.Lembram-se de que ela, em 2010, às vésperas das eleições presidenciais, reuniu religiosos em coletiva para prometer que, enquanto ela fosse presidente, jamais permitiria a aprovação de alguma lei que permitisse o aborto? Pois é, ela mentiu! Comunista não mente ao léu, mas compulsivamente. Essa “mulher” não pode ter a mínima chance de se reeleger em 2014, nem devemos votar em sequer um político que hesite em repudiar o assassinato de bebês indefesos!
Dilma é tão mentirosa, falsa e farsante, que ao mesmo tempo que diz ser contra o aborto por ser “uma agressão contra a mulher” (nem cita a violência ao bebê), lota o Ministério exclusivamente com abortistas, a exemplo da ministra que Dilma nomeou para a Secretaria dos “Direitos Humanos”, Maria do Rosário Nunes, conhecida apologista do aborto.
Num documento da Secretaria de Direitos Humanos (abaixo citado), em que assina Maria do Rosário Nunes (abortista convicta), podemos constatar duas coisas: 1) o Brasil, no que toca a políticas sobre sexo, mulheres e aborto, segue recomendações (ou cartilha) da ONU, sem consultar a população (crime de lesa-pátria do PT, certo?); 2) O Des-Governo Petista (e doPSDB, anteriormente, financiado pela Fundação Ford) não quer apenas permitir o aborto dentro do que a lei permite como exceções, mas estender as possibilidade de aborto a toda e qualquer mulher, em qualquer circunstância! Leiam o trecho do documento que desmascara a mentira da Dilma e sua corja:
printabortomariadorosario
Na verdade, desde o início do ano, o Ministério da Saúde vem trabalhando para a implementação forçada do aborto, tendo criado, inclusive, cartilhas que ensinavam abertamente como praticar aborto em casa com Citotec (Misoprostol), passando por cima de todas as leis e fazendo apologia aberta ao crime. Quem duvida da índole criminosa de Dilma Rousseff e seu Ministério? Quem ainda acredita que essa lei visa apenas ao atendimento de mulheres “violentadas”, e não seja a implementação do aborto o principal alvo da Dilma?
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by