A IGREJA CATÓLICA , NOS TEMPOS DO ANTICRISTO - LITURGIA DIÁRIA , 03 DE MAIO DE 2013

quinta-feira, 2 de maio de 2013


A IGREJA CATÓLICA , NOS TEMPOS DO ANTICRISTO



Cristo , promoveu o bem através da verdade . O anticristo tentará promovê-lo através da beleza : ele irá criar um bem estético , agradável aos homens , nada de um espetáculo de crucificação para redimir a humanidade . A redenção oferecida será sem dores nem sacrfícios , será a promoção da alegria dos povos , Cristo veio oferecer a espada e a divisão , o imperador futuro do mundo oferecerá a paz e a união , mas sem a verdade

"Têm-se os homens rebelado contra o cristianismo, verdadeiro e fiel a Cristo e à Sua doutrina. Forjaram um cristianismo à sua maneira. Um novo ídolo que não salva, que não se opõe às paixões da concupiscência da carne, à avidez do ouro e da prata, à soberba da vida. Enfim uma nova religião sem alma, ou uma alma sem religião. Uma máscara de um cristianismo" – (PAPA PIO XII)


Nos tempos do Anticristo, a Igreja de Deus sobre a Terra, como bem podemos imaginar, verá grandemente reduzido o número aparente de seus fiéis, devido à aberta deserção dos poderes deste mundo. Esta deserção começará por uma indiferença por toda forma de cristianismo, sob aparência de tolerância universal. Mas tal tolerância não procederá de um verdadeiro espírito de caridade e indulgência, senão de um desígnio de minar o cristianismo pela multiplicação e o fomento das seitas

Tal pretendida tolerância irá muito mais além de uma justa tolerância, inclusive no que concerne às diferentes seitas de cristãos. Pois os governos pretenderão ser indiferentes a todas e não darão proteção preferencial a nenhuma. Todas as Igrejas estabelecidas serão deixadas de lado. Da tolerância das mais pestíferas heresias passarão logo à tolerância do islamismo, do ateísmo e, por fim, à perseguição explícita da verdade do cristianismo. Nesses tempos o Templo de Deus se verá praticamente reduzido ao Sancta Sanctorum, isto é, ao pequeno número de verdadeiros cristãos que adorem ao Pai em espirito e em verdade, e que regem estritamente sua doutrina e seu culto, e toda sua conduta, pela Palavra de Deus. Os cristãos meramente nominais abandonarão a profissão da verdade quando os poderes do mundo o fizerem. Penso que este trágico sucesso está tipificado pela ordem de São João de medir o Templo e o Altar, e de permitir que o átrio (as igrejas nacionais) seja pisoteado pelos gentis. Os bens do clero serão entregues à pilhagem, o culto público será insultado e rebaixado por estes desertores da fé que uma vez professaram, os quais não podem ser chamados apóstatas pois nunca foram sinceros em sua profissão. Esta não foi mais que coincidência com a moda e a autoridade pública. No fundo sempre foram o que agora demonstram ser :  pagãos

Quando esta deserção geral da fé tiver lugar, então começará o ministério das duas testemunhas cobertas com saco (Ap 11,3) [...] Não haverá nada de esplendor na aparência externa de suas igrejas: não terão apoio dos governos, não terão honras, nem gratificações, nem imunidades, nem autoridade; só terão aquela que nenhum poder humano pode arrebatar, e que eles recebem dAquele que lhes encarregou ser Suas testemunhas

Que é Progressismo? É o novo nome do Modernismo, objeto de severa condenação por parte de São Pio X, na Encíclica "Pascendi Dominici Gregis". Um e outro tendem a "solapar pelos alicerces o Reino de Jesus Cristo". Por isso São Pio X os chamava de "os mais perigosos inimigos da Igreja". Não atacam de frente. Disfarçam. Habitualmente usam a baldeação ideológica inadvertida, ou seja, fazem uma lavagem cerebral mudando as idéias aos poucos sem a pessoa perceber

O Progressismo não nega frontalmente o dogma revelado. Age mais através dos ambientes que vai criando com imprecisões de linguagem e termos ambíguos. Seus caminhos são tortuosos. Há, no entanto, um critério para surpreendê-los, que não falha. Todas as suas imprecisões, ambigüidades, novos formulários, etc, obedecem à mesma direção. Operam no sentido de afastar os fiéis da Tradição, das fórmulas tradicionais, dos limites precisos entre a verdade e o erro, dos costumes elaborados lenta e seguramente pelos séculos de Cristianismo, de tudo enfim que indique, sem o menor perigo de engano, o Cristianismo autêntico, ortodoxo, a fidelidade à Revelação e ao Espirito de Nosso Senhor Jesus Cristo


UM TEXTO APOCALÍPTICO DO PAPA BENTO XVI SOBRE A IGREJA  : "A Igreja Católica não será mais capaz de ocupar muitos dos edifícios construídos em sua prosperidade. A medida que o número de seus adeptos diminui. . . ela irá perder muitos dos seus privilégios sociais ... Como uma pequena sociedade, [a Igreja] irá exigir muito mais da iniciativa individual de seus membros... 
Vai ser difícil para Igreja, pois o processo de cristalização e clarificação* vai lhe custar muito de sua valiosa energia. Isso a deixará pobre e a tornará a Igreja dos mansos... 
O processo será longo e desgastante, como foi o caminho do falso progressismo na véspera da Revolução Francesa, quando um bispo podia ser considerado inteligente se fizesse piada dos dogmas e até insinuasse que a existência de Deus era incerta. .. Mas quando o processo desta provação tiver passado, um grande poder irá fluir de uma Igreja mais espiritual e simples. Os homens, em um mundo totalmente planejado, se verão indescritivelmente solitários. Terão perdido completamente a visão de Deus, sentirão o horror de toda a sua pobreza. Depois, irão descobrir aquele pequeno rebanho de crentes como algo totalmente novo, como uma esperança para eles, uma resposta que sempre estiveram em segredo procurando
E assim parece certo para mim que a Igreja está passando por momentos muito difíceis. A verdadeira crise mal começou. Teremos que contar com convulsões terríveis. Mas estou igualmente certo sobre o que vai permanecer no final: não a Igreja do culto político, que já está morto... mas a Igreja da Fé. Ela pode muito bem não ser o poder social dominante na medida em que ela era até recentemente, mas ela vai desfrutar de um florescimento fresco e ser vista como a casa do homem, onde ele encontrará vida e esperança para além da morte" – (Autor : JOSEPH RATZINGER (Pope Benedict XVI), "The Church Will Become Small", em Faith and the Future (San Francisco: Ignatius Press, 2009)


LITURGIA DO DIA 03 DE MAIO DE 2013
PRIMEIRA LEITURA: 1º CORÍNTIOS 15, 1-8

SANTOS FILIPE E TIAGO* , APÓSTOLOS E MÁRTIRES - (VERMELHO, GLÓRIA, PREFÁCIO DOS APÓSTOLOS - OFÍCIO DA FESTA) - LEITURA DA PRIMEIRA CARTA DE SÃO PAULO AOS CORÍNTIOS1Eu vos lembro, irmãos, o Evangelho que vos preguei, e que tendes acolhido, no qual estais firmes. 2Por ele sereis salvos, se o conservardes como vo-lo preguei. De outra forma, em vão teríeis abraçado a fé. 3Eu vos transmiti primeiramente o que eu mesmo havia recebido: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras; 4foi sepultado, e ressurgiu ao terceiro dia, segundo as Escrituras; 5apareceu a Cefas, e em seguida aos Doze. 6Depois apareceu a mais de quinhentos irmãos de uma vez, dos quais a maior parte ainda vive (e alguns já são mortos); 7depois apareceu a Tiago, em seguida a todos os apóstolos. 8E, por último de todos, apareceu também a mim, como a um abortivo - Palavra do Senhor

SALMO RESPONSORIAL (18)

REFRÃO:  SEU SOM RESSOA E SE ESPALHA EM TODA TERRA

1. Os céus proclamam a glória do Senhor, / e o firmamento, a obra de suas mãos; / o dia ao dia transmite esta mensagem, / a noite à noite publica esta notícia. -R.

2. Não são discursos nem frases ou palavras, / nem são vozes que possam ser ouvidas; / seu som ressoa e se espalha em toda a terra, / chega aos confins do universo a sua voz. -R.

EVANGELHO: JOÃO 14, 6-14

PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO, SEGUNDO JOÃO - Naquele tempo, 6Jesus lhe respondeu: Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim. 7Se me conhecêsseis, também certamente conheceríeis meu Pai; desde agora já o conheceis, pois o tendes visto. 8Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai e isso nos basta. 9Respondeu Jesus: Há tanto tempo que estou convosco e não me conheceste, Filipe! Aquele que me viu, viu também o Pai. Como, pois, dizes: Mostra-nos o Pai... 10Não credes que estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que vos digo não as digo de mim mesmo; mas o Pai, que permanece em mim, é que realiza as suas próprias obras. 11Crede-me: estou no Pai, e o Pai em mim. Crede-o ao menos por causa destas obras. 12Em verdade, em verdade vos digo: aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço, e fará ainda maiores do que estas, porque vou para junto do Pai. 13E tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome, vo-lo farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. 14Qualquer coisa que me pedirdes em meu nome, vo-lo farei - Palavra da salvação






MENSAGEM DE NOSSA SENHORA EM MEDJUGORJE – “Queridos filhos! Neste tempo de graça convido-os à oração. Filhinhos, vocês trabalham muito, porém sem a bênção de Deus. Bendigam e procurem a sabedoria do Espírito Santo para que os guie neste tempo, a fim de que compreendam  e vivam na graça deste tempo. Convertam-se, filhinhos, e ajoelhem-se no silêncio do seu coração. Coloquem Deus no centro do seu ser e, assim, poderão testemunhar na alegria as belezas que Deus lhes concede continuamente na vida de vocês. Obrigada por terem correspondido a Meu apelo” – MENSAGEM DO DIA 25.05.2001


A IGREJA CELEBRA HOJE , SÃO FILIPE E SÃO TIAGO - Ambos nasceram na Galileia e foram discípulos e apóstolos de Jesus Cristo, e por Ele deram a vida. Filipe nasceu em Betsaida, e o Evangelho de São João é que nos apresenta dados a respeito de seu santo testemunho. Jesus passou, chamou-o e ele disse 'sim' com a vida.  Ele foi 'canal' para que São Bartolomeu também se tornasse discípulo de Cristo. Durante o acontecimento da multiplicação dos pães, Filipe também participou deste milagre (foi para Filipe que Jesus perguntou como se faria para alimentar aquela multidão). Na Santa Ceia, o apóstolo Filipe é quem pede a Jesus: 'Mostra-nos o Pai e isso nos basta' (Jo 14,8). Filipe estava em Pentecostes com a Virgem Maria e os outros apóstolos.  São Clemente de Alexandria nos diz que ele foi crucificado. Que honra para os apóstolos morrerem como o seu Senhor! São Tiago também foi martirizado, por volta do ano 62. Ele que nasceu em Caná, filho de Alfeu, familiar de Nosso Senhor Jesus Cristo. E foi um dos doze apóstolos. Nos Atos dos Apóstolos encontramos ele como o primeiro bispo de Jerusalém. Tiago recebeu mais de uma visita de São Paulo e foi reconhecido como uma das colunas principais da Igreja, ao lado de São Pedro e São João.  Uma das cartas do Novo Testamento é atribuída a ele. E, nela, o apóstolo nos ensina que a fé sem obras é morta e que é preciso deixarmos que o Espírito Santo governe a nossa língua. O martírio não está centrado no sofrimento, mas no amor a Jesus Cristo que supera essa vida. São Filipe e São Tiago, rogai por nós!
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by