400 MILHÕES DE ABORTOS NA CHINA EM 30 ANOS DE PEQUIN

terça-feira, 30 de abril de 2013


O CALVÁRIO DE HOJE: “ PORQUE ESTE BEBE FOI TORTURADO À MORTE?

Vinte e cinco  abortos por segundo na China. Quatrocentos milhões por ano,cartão postal dos abortos forçados na China. Quatrocentos milhões são os abortos executados em trinta anos em Pequim. Treze milhões ao ano. Mil cento e cinquenta por hora. Vinte e cinco por segundo.

“É o maior grande crime contra a humanidade atualmente, documentado, o esquartejamento secreto e desumano de mãe e filho, um Olocausto infinito que segue em frente por trinta anos. Com estas palavras a dissidente Chai Ling, líder do movimento de Tiananmen ( onde ficou famosa pelo discurso ao microfone, onde encorajava os estudantes a continuarem a greve de fome), denunciou os abortos forçados na China.”Política do filho único”, é uma ordem de caminhadapara uma brutalidade cem vezes superior ao massacre de Tianenmen, que acontece à luz do dia, repetindo-se em cada simples jornada.” Um despotismo que envolve também um milhão de seres humanos  que colocaram na internet a fotografia de um bebe jamais nascido.



O bebê estava no 7º mês quando a autoridade de Pequim prendeu sua mãe. Ela teve que abortá-lo contra a sua vontade. Ela fez um aborto ordinário na província oriental de Anhui. O pequenino sofreu juntamente com sua mãe, uma agonia de vinte minutos, depois foi deslocado. Mas o pai da criança em frente a esta macabra exibição de força por parte do partido Comunista chinês, fotografou o bebezinho ensanguentado e colocou na rede de internet.” O que fez de mal esta criança , para ser torturada a morte deste modo?”, pergunta um internauta. E um outro:”Estas são as coisas que faziam os demônios japoneses e nazistas”. Nasceu7 então um movimento de protesto contra os abortos forçados, “queremos justiça” . Segundo a presidente da organização Direitos das Mulheres sem Fronteiras”, Reggie Littlejohn,  

“Na China, o corpo de uma mulher não lhe pertence, pertence ao Estado. O útero de uma mulher é a parte mais íntima do seu corpo, do ponto de vista físico, emocional e espiritual.Por isto o Partido Comunista chinês, agindo como polícia do útero, destrói a vida dentro dele. E este é um odioso crime contra a humanidade.. Nenhum governo legítimo pode cometer ou tolerar um ato semelhante a este. Os responsáveis devem ser punidos”

A política demográfica na China conferiu aos núcleos locais o poder de decidir se uma gravidez seja permitida ou não, se um feto deve ser abortado.Os funcionários contratados (conta-se 520 mil adeptos) , um impressionante exército com poderes de vida e de morte. Os abortos praticados nos três primeiros meses são chamados “abortos artificiais”, aqueles praticados depois disto, são “partos induzidos”. O ativista Chen Guangcheng, emigrado nos Estados Unidos, foi perseguido durante anos pelo governo chinês, por haver denunciado a prática dos abortos forçados.

No mês de junho de um ano faz, aconteceu um caso, sempre ao último mês de gestação de Feng Jianmei. As fotos mostran-na sobre um leito de hospital, tendo ao seu lado o seu filho morto, fruto de uma interrupção forçada de uma gravidez. O Parlamento europeu , como de costume, um mês depois desta súbita violência para com aquela jovem mãe, aprovou uma resolução sobre o “escândalo relativo ao aborto forçado na China.

O artigo 49 da Constituição chinesa obriga os casais ao planejamento familiar. “Filho único , filho do sexo masculino, filhos saudáveis”. Uma guerra verdadeiramente classista. Lu, a mãe do bebê abortado ao sétimo mês, qiz pagar três mil euros para salvar a vida do seu segundo filho. Sem o dinheiro para fazer este pagamento, teve que sacrificar o filho. A China é o único país do mundo no qual a política abortista é fonte de dinheiro para o estado. Os funcionários públicos recolhem ao ano quatro milhos de dólares de taxas de impostos correspondente à cota demográfica.

Pediu desculpas a médica Gao Xiao Duan, dirigente chinesa do controle de natalidade, que testemunhou diante do Congresso dos Estados Unidos:”quando encontrava uma mulher no nono mês, que não possuía o certificado, um médico injetava um veneno no cérebro do bebê, que morria e nascia na imundícia. De manhã, eu era o monstro que feria os outros através da bárbara política chinesa, à noite, eu era como todas as mães e tinha a aloegria dos meus filhos. 

A todas aquelas mulheres, a todos os bebes nascidos, devo dizes que me desculpem, me desculpem”.

A população da china reduziu-se a um terço graças à política demográfica. Quatrocentos milhões foram os abortos executados em trinta anos em Pequim. Treze milhões ao ano. Mil cento e cinquenta por hora. Vinte e cinco por segundo.

“ PORQUE ESTE BEBE FOI TORTURADO À MORTE?

Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by