DE MANEIRA ESPECIAL, TRAGO-VOS O PEQUENO JESUS

terça-feira, 20 de novembro de 2012

DE MANEIRA ESPECIAL, TRAGO-VOS O PEQUENO JESUS

 “Queridos filhos! Hoje, de modo especial, trago-lhes o Menino Jesus para que os abençoe com a Sua benção de paz e de amor.Queridos filhos, não esqueçam que esta é uma graça que muitas pessoas não entendem e não aceitam. Por isso, vocês  que dizem serem meus e pedem o meu auxílio, deem tudo de vocês mesmos e, antes de tudo, deem seu amor e o exemplo em suas famílias. Vocês dizem que o Natal é a festa da família; então, queridos filhos, coloquem Deus em primeiro lugar nas suas famílias, para que Ele possa dar-lhes a paz e protege-los, não somente da guerra, mas também de todo ataque satânico em tempo de paz. Se Deus está com vocês, vocês têm tudo; enquanto que, quando não o têm, tornam-se pobres e ficam perdidos e não entendem de que lado estão.Por isso, queridos filhos, decidam-se por Deus e então, vocês 
receberão tudo. Obrigada por terem respondido ao Meu chamado”. (25/12/1991)

 O Menino Jesus!

 Os videntes dizem com absoluta certeza de que no Natal eles vêem Maria junto com o Menino Jesus.
O Natal é sempre isto: a plenitude da Benção. A paz não é somente a ausência da guerra, mas a plenitude do bem estar espiritual, mental e físico. Sem amor, cada coisa é vazia, sem sentido, enganadora... é um nada!

Natal significa a coragem de Deus em vir a este mundo, num Menino, e tornar-se companheiro do homem em sua vida neste mundo. Também nisto está a plenitude da benção! Onde está Deus, há vida, amor e paz. O Natal é uma graça e um precioso dom. É o maior segredo do Amor Divino, escondido numa criança indefesa, nascido no seio de uma família pobre e exposta a todos os perigos.
Para os hebreus, a vinda de Jesus deveria acontecer de maneira totalmente diferente e em circunstancias diferentes. Como disse s. João no inicio do seu Evangelho: “Veio para os que eram seus e os seus não o receberam”. Como agora, também hoje: esta é uma graça que muitas pessoas não compreendem e não aceitam!. Apesar disto, Deus oferece a Si mesmo na veste simples e humilde de um menino e deseja mudar o mundo e o homem.
O mundo não muda certamente através do Natal somente, mas o Natal nos indica um novo caminho que podemos tomar e não percorremos sozinhos, mas juntamente com Deus. A mudança acontece no momento em que nós aceitamos de segui-lo neste caminho. Maria como mãe diz isso e promete prolongar o Natal. Ela está junto de nós e é nossa companheira. Com todo direito agora nos diz:” Voces dizem que pertencem a mim, então modelem a sua vida, dando tudo de vós mesmos”.

O dom que nos é dado dá origem a esta tarefa: darmos tudo de nós mesmos. O amor de Maria é incondicional, Ela não ama para ser amada, mas é verdade que o amor dá o direito de ser correspondido. De tal modo cada dom se transforma simultaneamente numa tarefa, a coragem renovada de oferecer tudo com amor, dia após dia, e não somente aquilo que temos, mas também os projetos e o futuro.

O primeiro lugar onde o amor deve ser demonstrado é na família. Uma vida modelada de amor se torna exemplar. Esta é a melhor regra e mais certa de toda a educação. O amor frutuoso origina o bom exemplo e o bom exemplo se torna uma luz para os outros membros da família. Amar um ao outro e dar tudo, uns pelos outros, indicam o caminho da paz, que é o caminho do Natal. Maria, como Mãe da Igreja, dá um conselho decisivo às famílias, que depois de tudo não são outro coisa que o sustento da Igreja. Não há uma renovação na Igreja global, sem uma renovação em seus pequenos núcleos. A renovação começa com a decisão por Deus. Este é o primeiro mandamento. Deste modo, sem Deus, metade da humanidade por 70 anos esteve dominada pelo sistema ateu e assim muitas pessoas não conheceram Deus nem ao menos na teoria e construíram as suas vidas sem Ele. Isto deve mudar radicalmente, pois o primeiro lugar pertence a Deus, o Criador, e o Salvador de todos. Deve ser reconhecido como Deus, para poder conceder-nos a paz e a proteção.

Na nossa vida e em nossas famílias tem entrado tanto ateísmo prático e teórico, que é chegada a hora de praticar atos de purificação verdadeiramente radicais. Devemos destruir todas as ideias e os ídolos, todos as falsas ideias e , todos os Baals. Deve cessar finalmente toda forma de escravidão que as falsas ideias tem trazido para as vidas e nas famílias ! O único Deus Santo e Criador, misericordioso e amável, deve retornar às famílias, a fim de que elas se transformem em comunidades felizes de pessoas felizes. Somente assim se terá a paz e a defesa da vida. Todo o mal vem de satanás e da colaboração que o homem lhe presta. Ele não pode nada se a família renuncia a colaborar com ele. Maria, a nova Eva, nos chama a esta batalha contra satanás. Nós pertencemos a Ela e assim não há razão para nos comportarmos de outra maneira. Ela nos faz entender que não somente na guerra no sentido mais tradicional , constitui um perigo para a humanidade, mas também cada forma de destruição da vida. Existem muitas nações que não conhecem a guerra, mas que vivem igualmente sem a paz. Portanto, toda a humanidade, toda a natureza e igualmente todo o planeta estão em perigo.

Numa de suas mensagens, Maria nos coloca em prontidão o fato de que satanás deseja verdadeiramente destruir o nosso planeta! O único modo possível para salvar-nos e para salvar os outros, é colocar Deus em primeiro lugar na nossa vida e no mundo. Também Ele, que é nos criou e nos ama, deseja conceder a todos a paz. Assim, aquilo que vale para as famílias, vale para todos os homens. Se deseja certamente que todos os homens se convertam e coloquem a Deus em primeiro lugar e que todas as falsas ideias sejam destruídas, mas certamente isto é uma esperança, pois a conversão é uma graça que podemos obter rezando. Existem muitos planos de paz e com a santa Missa e com Maria, podem se realizar. O mesmo acontece em nossa vida. Nós compreenderemos e nos sentiremos prontos a mudarmos qualquer coisa somente quando alcançamos o nosso limite e dermos conta que o o caminho  que percorremos é errado, e quando batemos a cabeça no muro que está à nossa frente!
Olhando os seres humanos no mundo , continuam pondo mais esperança em coisas que não são de Deus, não estão mais abertos à verdadeira fé no verdadeiro Deus, que nos é revelado em Jesus Cristo. Hoje propriamente, muitas pessoas estão vivendo uma profunda desilusão. Estão sendo enganadas com as promessas da tecnologia, da política, da inteligência humana e por tantas outras coisas.. Muitas pessoas esperavam um mundo melhor, confiando no sistema ateu e hoje continuam a sentirem-se infelizes. Cada coisa humana é um engano e o mundo leva consigo uma perigosa desilusão. Muitos pois se desiludiram com a própria ideologia e não sabem o que fazer com sua própria vida. Isto é demonstrado claramente pelo aumento de suicídios.É compreensível assim que existam escritores e filósofos que falam de um homem lançado no cosmos sem nenhum projeto, que se encontra dentro com uma porta fechada que não pode abrir por dentro e estar ali é intolerável. Alguns dizem que é preciso coragem para tirar a própria vida, enquanto os patifes continuam a viver. E isto acontece quando estamos sem Deus! Todas estas experiências negativas se voltam contra o homem, que depois de tudo é otimista e assim muitos se tornam abertos ao evento sobrenatural de Medjugorje e estão se encaminhando sobre a estrada da fé.

Frequentemente pessoas que seguiam o próprio instinto, no final encontraram seguramente Deus. Esta é a experiência que fazemos todos os dias em Medjugorje. Inúmeras  pessoas encontraram Deus propriamente nas coisas pequenas. Todos aqueles que salvaram depois de uma experiência de vida trágica, encontraram tudo, porque recebendo Deus, receberam tudo. É visível na história de vida de muitos jovens, quem deixaram, cada coisa do mundo e estão consagrados a Deus de maneira radical. Serem amados, receberem a Luz e a Vida, retornar à casa depois de estar perdido e sair da escuridão são todos dons concedidos a quem se decide por Deus.

Este ano o povo croato festejou o Natal na profunda dor, mas existe sempre uma experiência de luz para todos nós. Belem e a Cruz estão sempre muito próximas. Belem superou a prova sobre a Cruz e deste modo podemos esperar de sermos abençoados recebendo amor e paz do Cristo sofredor.

ORAÇÂO: 

 Senhor, nosso Deus e Pai, Te agradecemos pelo nascimento do Teu Filho Jesus Cristo por meio de Maria. Te agradecemos, porque hoje desejaste abençoar-nos com a Sua paz e o Seu amor. Dá-nos a graça de abrirmos o nosso coração a Ti, a fim de que Tu possas ter o primeiro lugar em nossas vidas. Possam todos os corações, que estão abertos às falsas ideias, abrirem-se finalmente a Ti. Abre todos os corações, ó Senhor, que se encontram sem a fé, a fim de que creiam em Ti, que é o Pai de todos nós. Concede a todos, a graça de reconhecer o amor de Seu Filho Jesus Cristo. Doa-nos a graça de respondermos com amor e de sermos protegidos em nosso amor por Ti, dos ataques do maligno. Te agradecemos porque sois o Deus Emanuel e Te imploramos de dar-nos a graça de nos tornarmos o Teu povo orante e amoroso. Ajuda a todos, Senhor, a se decidirem por Ti e através do Teu Filho Jesus Cristo, a fim de que vivamos em paz e através dos nossos sofrimentos possamos ser um testemunho de Ti, que és o Deus da paz. Amem! 

 Fonte: Comentário da mensagem de Nossa Senhora ( 1991 ) pelo Padre Slavko Barbaric.
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by