O PROGRAMA DE MARIA SOBRE NÓS E SOBRE O MUNDO

terça-feira, 2 de outubro de 2012

O PROGRAMA DE MARIA SOBRE NÓS E SOBRE O MUNDO – Eco de Medjugorje nº 88

Retomar os Sacramentos para que Deus nos cure e nos leve adiante na nossa conversão. 
Nossa Senhora vem para fazer-nos viver o Evangelho, recordando-nos das exigências que acompanham a conversão, isto é, do sacrifício, da cruz... Na Igreja, estas palavras assustam, e para agradar os outros, não se fala mais nem de penitencia, nem de sacrifício, nem de jejum.... Muito fácil é tirar do Evangelho somente aquilo que nos agrada e que nos é cômodo.

Nossa Senhora vem para repetir que é melhor caminharmos no Evangelho e vivê-lo humildemente pouco a pouco até o fim, do que esquece-lo e acomodar-se, dedicando-se a fazer grandes obras: o resultado disto se vê já há muitos anos, uma montanha de problemas. Todos estão agitados perseguindo o mundo e com quais resultados! Nossa Senhora vem nos sugerir, como guia espiritual e universal, que é melhor retomar os Sacramentos... Ela, como Mãe da Igreja, retorna a centralizar o motivo pelo qual existe a Igreja. A Igreja existe pelo poder de Cristo Ressuscitado  presente na Santíssima Eucaristia. Por isto Ela nos diz: “ Queridos filhos meus, vão à Igreja para rezarem e participarem da Santa Missa...”

O retorno aos Sacramentos é uma pedagogia, que indica um movimento pelo qual se caminha, se levanta , se impulsiona,  se sai de uma porta e se entra em outra: um movimento com o qual se ajoelha...O retorno aos Sacramentos deve ser deve ser uma coisa impetuosa, do ponto de vista de uma pedagogia, também quando se ensina as crianças. Quando damos catecismo aos pequeninos devemos ensinar bem os Sacramentos...
Quando as coisas negativas em nós são tantas, como podemos vencer sozinhos? Se já caímos uma vez, dez vezes... Como fazemos para vencer sozinhos  uma força que que já nos derrubou tantas vezes? Que pretensão temos? Se aquela tentação ou o nosso amor próprio é muito mais forte do que a nossa capacidade de resistir, reflitamos, a quem devemos andar para vencermos?

Devemos combater contra o príncipe das trevas, contra os demônios que estão por toda a parte, como dizemos na oração a São Miguel Arcanjo ( que está esquecida porque hoje é fora de moda falar do diabo). Não, satanás existe de verdade e é preciso combatê-lo com as armas certas. Então andemos a confessar-nos! O Senhor está neste Sacramento e toda pedagogia reconduz a esta educação evangélica no sentido pleno.

Os dois grande binários da vida espiritual são: Eucaristia e Confissão.

 Oração, relacionamento indispensável com Quem te faz viver. Estar diante de Deus para que Deus te transforme. A Oração e o jejum são a estrada para a conversão... Mas para converter-se é preciso fazer alguma coisa: correr aos Sacramentos. Isto é claro: onde Deus está, ali devemos ir. Se amo Jesus, se amo uma pessoa, vou até ela. Não se pode dizer que amo uma pessoa se não desejo estar com ela.

A oração é uma atitude com a qual correspondemos à verdade, porque o homem é criatura e filho de Deus, e como tal deve estar em relacionamento com Deus. Se corta este relacionamento, do homem resta somente uma mascara... Nossa Senhora nos chama à necessidade deste relacionamento com Deus: se não se rezais, as coisas não podem funcionar bem .

Deus nos deu as leis por natureza, Ele deu ao coração de cada homem um Espirito que geme e espera que nós nos dignemos de guardá-Lo, de reza-Lo de escuta-Lo de nos deixarmos guiar por Ele. A oração é a profunda verdade do homem. É um ato supremo, maior eu o homem pode compreender, do qual tudo é consequência ... E nos cansamos de rezar bem e sempre. Por isto Nossa Senhora nos diz:: rezem...rezem...rezem...!E se cansas de rezar,  devo dizer que é ali que deves purificar-se... É esta a purificação: estar diante de Deus a fim de que Deus determine as condições: isto custa, mas é uma exigência para uma conversão verdadeira...

Mudamos diante de Deus porque é Deus que nos muda, não mudamos sozinhos. Jejum é sacrificar o nosso instinto; por isto é essencial o jejum, disse Nossa Senhora, e sobretudo o jejum do pecado. É absurdo fazer qualquer jejum e ter o coração repleto dos vícios capitais. O começar a renunciar a qualquer coisa, pode te doer o estomago de fome, mas é melhor que renuncies aos teus instintos e faças sacrifícios ao que é essencial para a tua vida, que se chama Deus. Jesus disse ao demônio: não só de pão vive o homem. Mas nós cristãos dizemos: não, é preciso comer! Comecemos pois a dizer: não só de pão vive o homem, como diz o Evangelho, porque a nossa destruição vem assim: primeiramente colocamos os nossos pensamentos e procuramos deste modo adaptarmos o Evangelho. Ao contrário, Nossa Senhora deseja que a nossa vida seja primeiramente o Evangelho, o qual converterá todo nosso modo de viver, sobretudo os instintos. São Francisco fazia quatro quaresmas ao ano. Hoje, se alguém está de dieta para emagrecer é um homem que estimamos, mas se está a pão e água porque Deus indica esta estrada de purificação, dizemos que é um fanático.

Eis a pedagogia de Nossa Senhora: chamar-nos à verdade e dizer bem àquilo que é bem e dizer mal àquilo que é mal. 

O segredo para que os pecadores se convertam é colocar o Senhor no primeiro lugar. Aqui Maria toca em nosso ponto fraco.este programa que vemos muito bem em Medjugorje, é para cada homem, para cada pessoa. Nossa Senhora é o refúgio dos pecadores e em Medjugorje se veem conversões que jamais no mundo inteiro se tem visto. Qual é o motivo? É esta chamada a viver o Evangelho em plenitude, de maneira radical. Quando Jesus se apresentava aos pecadores, os pecadores se convertiam. Se hoje não se convertem mais, algo está errado...Nossa Senhora vem explicar que para que as coisas funcionem é preciso que os pecadores, dos quais os primeiros somos nós, sejam acolhidos dentro da verdade que é Jesus, que nos ama e que pensa realmente em nossa vida. É necessário colocar o Senhor no primeiro lugar para que nós pecadores nos convertamos: é Jesus que nos converte, não somos nós.

Os pecadores se convertem somente porque Alguém lhes acolhe profundamente e Lhes perdoa, mas exige que não pequem mais: “vai e não tornes a pecar”. Mas que coloca esta possibilidade de não pecar? O homem? É somente Deus, que pacientemente, nos Sacramentos nos recolhe e nos dá esta possibilidade de nos tornarmos outra pessoa. Isto os pecadores sentem: compreendem que devem andar para serem amados e mudarem a cabeça, porque Alguém finalmente compreendeu o pecado deles e disse qual o passo que devem dar. Então o refugio dos Pecadores, significa que Nossa Senhora é mesmo mãe de todos e a missão primeira de cada um de nós é invocar continuamente e insistentemente primeiramente em nós a misericórdia que Deus tem usado mandando-nos Nossa Senhora, para abraçar depois todos os outros neste mesmo dom. e Ela chega a um e a outro e a cada coração que se abre. Os corações se abrem se são sinceros.

Isto temos visto tantas vezes aqui em Medjugorje. Porque as trinta pessoas que subiram ao Podbrdo na ultima peregrinação, no final choravam? É o coração de Nossa Senhora que toca um a um os corações nas particularidades interiores que ninguém conhece, mas Ela sim. E então se Ela chega a cada um... Isto é Medjugorje!

 Nike ( Medjugorje 31/07/91)
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by