JOVENS CRISTÃOS ACUSADOS DE BLASFÊMIA NO PAQUISTÃO

sábado, 20 de outubro de 2012





Há casos assim de perseguição aos cristãos em países islâmicos

Alta Corte de Islamabad adiou para 14 de novembro o seu pronunciamento sobre o caso de Rimsha

ROMA, quinta-feira, 18 de outubro de 2012(ZENIT.org) - Dois casos de jovens cristãos acusados de blasfêmia mantêm tensa a comunidade cristã no Paquistão. São eles: Rimsha Masih, 12 anos, acusada falsamente por um imã de Rawalpindi, presa e libertada depois de pagar fiança; e Ryan Brian Patras, 14 anos de Karachi, acusado de ter difuso um torpedo blasfemo. O jovem, oficialmente denunciado, agora se encontra num lugar escondido com sua família.

Hoje, referem fontes de Fides, a Alta Corte de Islamabad, numa audiência veloz, adiou para 14 de novembro o seu pronunciamento sobre o caso de Rimsha. A Corte deve decidir sobre a anulação da denúncia (First Information Report) registrada contra a adolescente. A anulação, solicitada pela defesa, levaria à absolvição plena de Rimsha. O pedido se baseia nas declarações feitas por três testemunhas muçulmanas que acusam o imã Khalid Jadoon Chisti, indicando-o como o homem que inventou as provas contra Rimsha. A defesa do imã Chisti - notam fontes de Fides - está tentando desacreditar as acusações, fazendo retratar as três testemunhas, e adotou uma estratégia para alongar ao máximo o tempo do processo.

No caso de Ryan Brian Patras, a sua família, depois de ter tido a casa devastada e queimada por radicais islâmicos (veja Fides 12/10/2012) e ter se transferido para um local seguro, pediu a assistência legal do advogado e Pastor Mustaq Gill. 

A família Patras è uma família cristã burguesa que vivia no bairro residencial Gulshan-i-Iqbal em Karachi, única família cristã numa área muçulmana. Segundo fontes de Fides, na família Patras, o celular de Ryan teria sido usado por alguns de seus amigos muçulmanos que enviaram o torpedo blasfemo para atingi-lo.

Ryan, num primeiro momento, disse que não percebeu o envio do torpedo ou de tê-lo feito sem lê-lo com atenção. Mas, reconstruindo melhor o caso, o jovem se lembrou que alguns amigos lhe pediram o celular emprestado por alguns minutos. Neste caso, Ryan estaria completamente à margem dos fatos e seria vítima de uma maquinação. O advogado Gill, interpelado por Fides, nota "um trend muito perigoso, em que os cristãos são feito alvos através da lei sobre a blasfêmia, por causa de sua fé". 
(Agência Fides) 
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by