Piedade filial

sexta-feira, 10 de agosto de 2012



O mês de agosto é o mês das vocações. Quando falamos em vocação logo pensamos: isso não é comigo, isso é com os padres, religiosos, religiosas... A verdade é que todos tem uma vocação. A primeira é o chamado a vida, onde todos tem direito a vida, que precisa ser acolhida e amada desde a sua concepção. Depois vem as vocações específicas, como padre e religioso (a) ou como pai e mãe assumindo o matrimônio.
A missão do pai e da mãe é a mesma, porque apesar de serem dois, os pais são chamados a serem um, muito embora, com serviços complementares e igualmente necessários. Por isso, quando separados, fica difícil desempenhar a missão por completo. Nada mais pesado e injusto do que um fazer também as vezes do outro, ou seja, um ser dois. O ideal seria homenageá-los, os dois juntos, em um só dia em respeito ao plano do Criador, conforme a palavra do próprio Jesus: “O que Deus uniu o homem não deve separar.” (Mt 19, 6)
Mas o Dia dos Pais oferece-nos a oportunidade de refletir sobre a função paterna.
Uma de suas principais tarefas do pai é sustentar o clima de segurança dentro do lar, que não se restringe apenas ao fornecimento de bens materiais e necessários para a família, mas, sobretudo à formação da personalidade sadia dos filhos. Essa segurança se dá através da sua presença amiga e protetora e do seu amor, que o faz capaz de dizer “sim” com alegria e dizer “não” com autoridade e carinho. A maior missão de um pai é dar a vida. Dar a vida não é, simplesmente, fazer alguém existir, é existir para quem deu a vida... é ser pai para a vida toda!

 “ O respeito pelos pais (piedade filial) é produto do reconhecimento para com aqueles que, pelo dom da vida, por seu amor e por seu trabalho puseram seus filhos no mundo e permitiram que crescessem em estatura, em sabedoria e graça. “

Obrigada pai!



Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by