Aprendendo com Santo Agostinho sobre a Beleza incriada

terça-feira, 28 de agosto de 2012




Queridos irmãos, queridas irmãs, a paz!
Quem de nós já não ouviu esta frase: “Tarde te amei, ó beleza tão antiga e tão nova, tarde te amei!”. Ela foi escrita por Santo Agostinho, num dos seus mais célebres textos, que abaixo transcrevemos. Que Santo Agostinho e sua doce mãe, Santa Mônica, nos ajudem em nosso caminho diário de conversão!

“Tarde te amei, ó beleza tão antiga e tão nova, tarde te amei! Eis que estavas dentro e eu, fora; a aí te procurava e lançava-me desfigurado ante as belezas que tu criaste. Estavas comigo e não eu contigo. Seguravam-me longe de ti as coisas que não existiriam, se não existissem em ti. Chamaste, clamaste e rompeste minha surdez, brilhaste, resplandeceste e afugentaste minha cegueira; exalaste perfume e respirei, e anelo por ti; provei, e tenho fome e sede; tocaste-me e ardi por tua paz.”
Do Livro das “Confissões”, de Santo Agostinho.

Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by