Sigamos o caminho que Nossa Senhora nos propõe

terça-feira, 10 de julho de 2012

SIGAMOS O METODO QUE NOSSA SENHORA NOS PROPÕE

Entrevista com Mirjana Dragicevic em 19/03/ 2006 , em Medjugorje A vidente Mirjana Dragicevic Soldo teve as aparições diárias de 24/06/1981 a 25/12/1982. Na ultima aparição diária, Nossa Senhora lhe disse, após lhe ter confiado o décimo segredo, que daquele momento em diante lhe apareceria uma vez ao ano, e precisamente em 18/03. E assim aconteceu nos anos seguintes. Por ocasião da ultima aparição em 18/03/2006, muitos peregrinos vieram de todo o mundo e se reuniram para rezar o Rosário no Cenáculo, a Comunidade de Soror Elvira. Em oração esperavam a aparição de Nossa Senhora. Mirjana chegou com seu marido Marko e seus parentes mais estreitos. A aparição começou ás 13:59 e durou até 14:04. Nossa Senhora deu a seguinte mensagem:


“ Queridos filhinhos! Neste período de quaresma vos convido a renuncia interior. O caminho para a renuncia vos conduz através do amor, do jejum, da oração e das boas obras. Somente com uma perfeita renuncia interior, reconhecereis o amor de Deus e os sinais dos tempos em que vocês vivem. Sereis testemunhas destes sinais e começareis a falar deles. E ali que desejo levá-los. Obrigada por terem Me seguido.” (18/03/2006)

 Mirjana, ontem você assistiu a aparição anual. O que você pode dizer da aparição deste dia?

Eu disse freqüentemente que se pode ver Nossa Senhora milhares de vezes, mas quando aparece, para mim é como se fosse a primeira vez. De fato experimento sempre uma grande alegria, amor, segurança e graça. Isto é mesmo o que se pode ver em seus olhos, quando a observo durante a aparição. Durante a aparição, Nossa Senhora observa todas as pessoas presentes, alguma particularmente. Ás vezes quando Ela observa alguém, vejo dor em Seus olhos, outras vezes, alegria, outras, serenidade, e muitas vezes, tristeza. Tudo isto me faz entender que Ela vive com cada simples pessoa presente e compartilha com ela a alegria, a dor ou o sofrimento. Ontem, durante a aparição, aconteceu algo maravilhoso. Eu estava ajoelhada e rezava com os peregrinos presentes. Ela os viu, escutou as suas orações. Quando chegou o momento da aparição de Nossa Senhora, as minhas sensações eram muito fortes e eu sabia que aquele era o momento que Ela viria. Se Nossa Senhora não viesse naquele momento, eu explodiria de tão fortes as minhas emoções. Quando aparece Nossa Senhora, tudo o resto desaparece. Naquela hora para mim não existem mais peregrinos, não existe o lugar onde esperei a aparição, tudo se torna azul como o céu e Ela é mais importante que tudo. Nossa Senhora trazia um vestido cinza e um véu branco, como sempre. E graças a Deus não estava triste. Em geral é quase sempre triste quando tenho no dia 02 de cada mês.Esta vez estava alegre. Não posso dizer que era muito alegre e que sorria. Mas agradeço a Deus porque nos Seus olhos não havia qualquer dor, aquela tristeza ou mesmo as lágrimas. Havia uma expressão materna e parecia que desejava de qualquer modo nos mostrar com o coração, com o amor, e com um sorriso, aquilo que deseja de nós. Deu-me a mensagem e lhe perguntei sobre as pessoas que se encontram em situação de vida difícil. Ela respondeu à minha pergunta. Nos abençoou a todos, com sempre faz, com a Sua benção materna. Repetiu novamente que esta é a Sua benção materna, mas que a benção maior que possamos receber sobre a terra é a benção sacerdotal, porque é o Seu filho que nos abençoa através do sacerdote.

 Durante a aparição você recebe uma mensagem. Como a interpreta? 

Para mim pessoalmente a mensagem é muito profunda. Adquiri um hábito, depois de cada aparição, de rezar o Rosário e refletir sobre cada palavra que Nossa Senhora me disse durante a mensagem e sobre cada expressão de seu rosto. Depois procuro compreender aquilo que Deus deseja dizer a mim pessoalmente, e somente depois penso em comunicar aos outros o que me foi transmitido. Não temos nenhum direito de interpretar as mensagens, porque cada um deve refletir pessoalmente e compreender o que Deus nos quer dizer. A mensagem é dirigida a todos nós porque Deus quer que todos a escutemos e todos a vivamos.

Na ultima mensagem, tocou-me sobretudo a expressão: “ renuncia interior”. Que coisa deseja Nossa Senhora dizer com isto ?

creio que não seja difícil compreender que a renuncia interior não é necessária somente na quaresma, mas toda nossa vida deve ser uma renuncia interior. Nossa Senhora não nos pede nada que não possamos realizar. Creio que renuncia interior significa colocar o bom Deus e Jesus no primeiro lugar em nosso coração e em nossa família. Se Deus e Jesus estão no primeiro lugar, teremos tudo, porque teremos a verdadeira paz que somente Eles podem nos dar. Na mensagem Nossa Senhora disse que também que o caminho para a renuncia interior passa através do amor.

O que significa amor?

Para mim significa que devemos reconhecer Jesus em cada pessoa que encontramos e que conhecemos, e que devemos amá-la como ela é e não criticá-la ou julgá-la: de fato não podemos segurar nas nossas mãos as coisas de Deus, porque nós julgamos os homens de maneira totalmente diferente. Deus julga os homens segundo o amor e sabe como é o coração do homem, mas nós não podemos saber. Depois Nossa Senhora fala do jejum. Também vocês sabem das mensagens quanto é importante para Nossa Senhora o jejum a pão e água nas 4ªs e 6ªs feiras. O jejum deve ser a nossa vida. Mas Ela compreende e diz a todos nós que somente através da oração poderemos compreender qual sacrifício podemos oferecer no lugar do jejum. Para aqueles que nunca jejuaram, aconselho de fazerem aquilo que Nossa Senhora fez conosco quando começaram as aparições. Quando aparecia em Medjugorje, não nos pediu de repente que jejuássemos a pão e água nas 4ªs e 6ªs feiras, mas primeiro falou do significado de jejum na sexta feira , e assim iniciou o jejum uma vez por semana, isto é, na sexta feira. Somente em seguida, depois de um certo tempo, nos pediu que deveríamos jejuar a pão e água também na quarta feira. Na mensagem, alem disso, Nossa Senhora ressalta a oração.

Que coisa deve significar para nós a oração?

A oração deve ser o nosso diálogo cotidiano com Deus, o nosso constante contato. Como posso dizer que amo alguém que é importante para mim e que ocupa o primeiro lugar no meu coração, se não falo nunca com ele? A oração, portanto não deve ser um peso, mas simplesmente repouso da alma e comunhão com uma pessoa querida. Finalmente Nossa Senhora falou das boas obras. Creio que mesmo o jejum, a oração e o amor nos levam a boas obras. Nossa Senhora nos convida sempre a estas boas obras e deseja que demonstremos que somos cristãos, que acreditamos e que compartilhamos da dor e do sofrimento dos outros. Devemos dar qualquer coisa com o coração, e não aquilo de que nós não precisamos, mas aquilo de que precisamos realmente e que desejamos e amamos profundamente. Nisto está a nossa grandeza de cristãos. É esta a estrada que nos leva a renuncia interior.

Disse agora que compreenderemos os sinais do tempo em que vivemos e acrescenta também que começaremos a falar deles. Que coisa pode significar que falaremos dos sinais?

Nós cristãos havemos de qualquer modo aprendido aquilo que Jesus disse: o vosso SIM seja um SIM , e o vosso NÂO seja um NÂO. Por isso também eu agora me pergunto que coisa deseja dizer Deus por meio de Nossa Senhora, quando diz: compreendereis os sinais e começareis a falar deles? Talvez tenha chegado um tempo extraordinário e devemos testemunhar a nossa fé, mas não dando conselhos às pessoas sobre as coisas que devam fazer. Todos são corajosos em falar.Estou pensando a importância de falar por meio da nossa vida, vivendo as mensagens de Nossa Senhora, vivendo com Deus cada dia. Penso na importância de levar a nossa voz pelas coisas belas e contra aquelas ruins, de compreendermos verdadeiramente que isto deve ser o nosso falar. E penso que Nossa Senhora desejava dizer isto quando disse: é ali que desejo levá-los. Para concluir disse: “ obrigada por me terem seguido” Normalmente Nossa Senhora diz: “ obrigada por terem respondido ao me chamado”. Mas desta vez disse: “ obrigada por me terem seguido!” Isto significa que devemos rezar agora muito para conseguir compreender cada palavra que Nossa Senhora desejou dizer. Nossa Senhora não disse: “ querida Mirjana, te dou a mensagem” , mas “ queridos filhinhos”. Digo sempre que para Nossa Senhora não prefere mais um do que qualquer outro de vós porque para uma mãe não existe um filho predileto. Somos todos seus filhos, que Ela escolhe para missões diferentes. A pergunta, agora, é quantas vezes estamos prontos a seguir o caminho de Nossa Senhora, a quem Ela nos chama a todos de modo igual.

 É esta uma responsabilidade pessoal. Mirjana, você foi a primeira vidente que viu Nossa Senhora. Estamos festejando os 25 anos de sua presença. Como vê você mesma, como vidente, depois de 25 anos?

Quando olho para mim e vejo que são passados 25 anos, me parece como que fosse ontem. Não penso que tenha passado assim tanto tempo. Nos primeiros dias das aparições me sentia muito estranha e eram centenas de perguntas não esclarecidas. Naquela época morávamos em Sarajevo. Era o período do comunismo e por medo os meus pais não falavam muito de fé, se bem que a praticássemos. Íamos todos os domingos à Missa e em família recitávamos toda noite o Rosário e também outras orações. Quando me aparecia Nossa Senhora, não sabia se estava viva ou morta. Sentia-me mais no céu do que na terra. Desenvolvia meus trabalhos de rotina, mas meu pensamento era sempre no céu com a querida Nossa Senhora. Pedia ao bom Deus de fazer-me compreender se era possível que realmente eu via Nossa Senhora que verdadeiramente eu estava vivendo tudo aquilo. Recordo-me que pensava o quanto seria bonito se minha vida terminasse de rep ente e eu pudesse estar com Nossa Senhora. Eu desejava viver mais no meu modo de idéias que na realidade. A coisa que mais preferia era poder estar em silencio a pensar e refletir. E assim durante o dia, eu refletia em silencio tudo aquilo que observava do encontro com Nossa Senhora. Depois, com o passar do tempo, e com a ajuda de nossa querida mãe, me familiarizei com tudo aquilo. V ajudou-me a compreender e aceitar tudo. Ajudou-me também a ajudar outras pessoas, a fim de que elas compreendessem. E assim 25 anos passaram depressa. Nestes 25 anos, Nossa Senhora permanece a mesma e tem o Seu projeto que se deve realizar. No 16º aniversário, Nossa Senhora disse: “ estou com vocês há 16 anos. Isto demonstra o quanto Deus vos ama.” Portanto, nestes 25 anos podemos verdadeiramente ver quanto Deus nos ama, e por quanto tempo nos envia Sua mãe para ajudar-nos a compreender e seguir o caminho correto. Para mim, cada encontro com Nossa Senhora é como se fosse a primeira vez, por isso não posso dizer: “ é tudo normal”. Não é nunca normal, mas é uma grande emoção. 

Fonte artigo e imagem: “ Medjugorje, um convite à oração, Maria Rainha da Paz” n. 68
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by