Pe. Gabriele Amorth fala sobre satanas

quarta-feira, 18 de julho de 2012



Queridos irmãos, queridas irmãs, a paz! Em Suas mensagens em Medjugorje, Nossa Senhora repetidas vezes nos alerta sobre a ação de satanás e nos ensina como viver uma vida plena, guiada pelo Espírito Santo. Nesta entrevista, concedida em Medjugorje ao Frei Dario Dodig, o Pe. Gabriele Amorth, exorcista da Diocese de Roma, partilha conosco sua grande experiência sobre este assunto. 

Frei Dario Dodig: Em Suas mensagens em Medjugorje, Nossa Senhora diz muitas vezes que satanás é forte e nos convida a rezar, a jejuar e a nos converter. 

Dom Gabriele Amorth: Sim, é verdade. Nossa Senhora fala frequentemente de satanás. Ela salienta que satanás é poderoso e que quer destruir os Seus planos. Convida-nos a reza, a rezar, a rezar. 

Em Suas mensagens, Nossa Senhora nos fala do Rosário, da Adoração ao Santíssimo Sacramento, da oração diante da Cruz, e nos diz até mesmo que, através da oração, podemos parar as guerras. 

Dom Gabriele Amorth: Sim, através da oração podemos até mesmo parar as guerras. Sempre entendi Medjugorje como uma continuação de Fátima. De acordo com as palavras de Nossa Senhora em Fátima, se tivéssemos rezado e jejuado, não teria acontecido a Segunda Guerra Mundial. Não A escutamos e portanto houve uma guerra. Também aqui em Medjugorje, Nossa Senhora nos convida muitas vezes à oração pela paz. Em Suas aparições, Nossa Senhora se apresenta sempre com um nome diferente, para mostrar o objetivo das Suas aparições. Em Lourdes, se apresentou como a Imaculada Conceição, em Fátima como a Rainha do Santo Rosário. Aqui em Medjugorje, Nossa Senhora se apresentou como a Rainha da Paz. Todos nos lembramos das palavras “Mir, mir, mir” (paz, paz, paz) que foram escritos no céu no início das aparições. Vemos claramente que a humanidade está correndo o risco de uma guerra, e Nossa Senhora insiste na oração e numa vida cristã para obter a paz. 

Em Suas mensagens, a Rainha da Paz salienta também o jejum, que está um pouco esquecido na Igreja. Fala do jejum segundo o que está escrito no Evangelho, ou seja, que através do jejum e da oração podemos eliminar a influência de satanás. 

Dom Gabriele Amorth: É verdade. Primeiro em Fátima e agora em Medjgurje, Nossa Senhora fala muitas vezes de oração e de jejum. Penso que isto é muito importante, porque hoje em dia as pessoas estão seguindo o espírito do consumismo. A humanidade procura evitar todo tipo de sacrifício e isso a expõe ao pecado. Para uma vida cristã, além de oração, temos necessidade de uma certa austeridade na vida. Se não há uma vida austera, não há perseverança na vida cristã. Dou um exemplo. Hoje as famílias se desagregam facilmente. As pessoas se casam, mas os casais se divorciam facilmente. Isso acontece porque não estamos mais acostumados ao sacrifício. Para viver juntos, devemos também ser capazes de aceitar os defeitos do outro. A falta de espírito de sacrifício deriva do fato de que não vivemos a vida cristã de modo pleno. Vejam com que facilidade são cometidos os abortos, isso por fala de boa vontade para fazer o sacrifício de educar os filhos. Eis que a primeira razão para o casamento foi destruída. Porque não existe o hábito de fazer sacrifícios. Somente quando estivermos habituados a sacrificar-nos a nós mesmos seremos capazes de viver uma vida cristã. 

Os frutos de Medjugorje são numerosos. As conversões são numerosas. Um teólogo disse que aqui o Paraíso desceu sobre a terra. Nossa Senhora nos convida a abandonar-nos completamente a Ela para que assim possa levar-nos a Jesus. Não é esta a essência da vida cristã? 

Dom Gabriele Amorth: Sem dúvida! Medjugorje é verdadeiramente um lugar onde se aprende a rezar, mas também a sacrificar-se, onde as pessoas se convertem e mudam de vida. A influência de Medjugorje é mundial. Basta pensar em quantos grupos de oração surgiram graças à inspiração de Medjugorje. Também eu conduzo um grupo de oração, que foi fundado em 1984. Este grupo já tem 18 anos. Passamos uma tarde como se estivéssemos em Medjugorje. Há sempre 700 ou 750 pessoas. Meditamos sempre a mensagem de Nossa Senhora dos dias 25 e eu leio sempre a mensagem relacionada a um ensinamento do Evangelho, porque Nossa Senhora não diz nada de novo. Ela nos convida a fazer aquilo que Jesus fez. Grupos como o meu existem no mundo inteiro. 

É verdade que Medjugorje é uma iguaria amarga para satanás? 

Dom Gabriele Amorth: Seguramente. Medjugorje é uma fortaleza contra satanás. Satanás odeia Medjugorje porque é um lugar de conversão, de oração, de transformação da própria vida. 

O senhor nos daria um conselho final? 

Dom Gabriele Amorth: O “testamento” de Maria, as Suas últimas palavras escritas no evangelho são: “Façam tudo o que Ele lhes disser”. Aqui em Medjugorje, Nossa Senhora insiste novamente em que as leis do evangelho sejam respeitadas. A Eucaristia está no centro de todos os grupos de Medjugorje, porque Nossa Senhora sempre leva a Jesus. Esta é a Sua principal preocupação: fazer-nos viver as palavras de Jesus. É isto que desejo a cada um. Que a Imaculada possa interceder por vocês, para que a bênção de Deus desça sobre todos vocês em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! 

Frei Dario Dodig: Obrigado, Padre, e que Deus lhe conceda uma longa vida!
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by