As nossas irmãnzinhas em oração - foto da semana

sexta-feira, 1 de junho de 2012

FOTO NA FESTA DO MOSTEIRO DA VISITAÇÃO
(Da esquerda para a direita - Fila de tráz: Ir. Ruthe Maria, Ir.Bakita, Ir. Teresa, Me. Rosa, Ir Cecília, Ir. Raquel, Ir. Edite: Na fila da frente: Ir. Eline, Ir. Camila, Tatiane, Ir. silvia, Ir. Catarina Maria de Sena, FMDJ)

Na noite desta quinta-feira, 31 de maio, festa da Visitação de Nossa Senhora, o Papa – como todos os anos nesta data – conclui nos jardins vaticanos o mês mariano. 

O Vigário-Geral do Papa para o Estado da Cidade do Vaticano, Cardeal Angelo Comastri, conduzirá a procissão e recitação do Terço, da Igreja de Santo Estevão dos Abissínos até a Gruta de Lourdes. Em seguida, às 21h locais, Bento XVI irá à Gruta, onde dirigirá a sua reflexão aos presentes. Maria e a prima Isabel. São as duas figuras no centro do Evangelho de hoje, festa da Visitação. Ao longo destes anos, a reflexão de Bento XVI nesta ocasião tem repercorrido – ressaltando diferentes aspectos – esse extraordinário momento de encontro entre Isabel, que em idade avançada espera um filho, e Maria, que vai ao encontro de sua prima, na Judéia.

 A Virgem recebera há pouco o anúncio do Anjo, "acreditou" e "respondeu com fé, aceitando com coragem o projeto de Deus para a sua vida, acolhendo assim em si a Palavra eterna do Altíssimo": "Ela que, acolhendo em si a Palavra de Deus, abandonou-se a Ele sem reservas, conduza-nos a uma resposta sempre mais generosa e incondicionada a seus projetos, mesmo quando neles somos chamados a abraçar a cruz." (Discurso de 31 de maio de 2011) 

A fé de Maria está no centro, bem como a sua viagem "às pressas pela região montanhosa, a uma cidade da Judéia", como recorda o Evangelho segundo São Lucas. Bento XVI a define como "uma autêntica viagem missionária". "A nossa existência, como indivíduos e como Igreja – ressalta – é uma existência voltada para fora de nós". Indo a seu encontro, Maria ajuda sua prima Isabel, que "se torna assim o símbolo de tantas pessoas anciãs e doentes". Maria, que se definira serva do Senhor, "serve o Senhor que encontra nos irmãos", mas o ápice da sua caridade consiste em fazer encontrar Cristo: "Jesus é o verdadeiro e único tesouro que temos a dar à humanidade. 

É d'Ele que os homens e as mulheres do nosso tempo têm profunda nostalgia, mesmo quando parecem ignorá-lo ou rejeitá-lo. É d'Ele que têm grande necessidade a sociedade em que vivemos, a Europa, o mundo inteiro." (Discurso de 31 de maio de 2010) Em 2009, a conclusão do mês mariano caiu na Vigília de Pentecostes. O Papa traçou a união entre Maria e o Espírito Santo. 

A fé da Virgem impele também nós "a reconhecermos a presença do Espírito Santo em nossa vida, a acolhermos as suas inspirações e a segui-las docilmente": "No Pentecostes, a Virgem Maria apresenta-se novamente como Esposa do Espírito Santo, para uma maternidade universal em relação a todos aqueles que são gerados pela fé em Cristo. Eis o motivo pelo qual Maria é por todas as gerações imagem e modelo da Igreja, que junto ao Espírito Santo caminha no tempo invocando o retorno glorioso de Cristo: "Vem, Senhor Jesus" (cfr Ap 22,17.20)." (Discurso de 30 de maio de 2009) (RL)
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by