Mães de joelhos, filhos de pé

sábado, 12 de maio de 2012




Há algum tempo ouvi o testemunho de uma mãe que enfrentava problemas com o filho adolescente, viciado em drogas. Uma frase me chamou atenção, quando ela disse que seu maior arrependimento era de não ter colocado Deus na vida do seu filho... e que agora era tarde demais. Se formos analisar, realmente é a mãe que apresenta Deus a seus filhos, e se por acaso, ela não o fizer, dificilmente haverá intimidade entre seus filhos e Deus, pois somente criamos intimidade com alguém, quando estamos, desde sempre, com essa pessoa. É triste constatar que existem adultos que não conhecem o amor de Deus porque não receberam uma educação religiosa de seus pais, sendo que o próprio Deus enfatizou a importância dos pais ensinarem a Bíblia aos seus filhos: "Que estas palavras, que hoje eu lhe ordeno, estejam em teu coração. Você as inculcará em seus filhos, e delas falará sentado em sua casa e andando em seu caminho, estando deitado e de pé." (Dt 6, 6-7) Isso significa que os pais devem amar a Deus acima de tudo, procurar viver seus mandamentos, mas, sobretudo, ensiná-los a seus filhos, pois essa é a maior missão que Deus confiou aos pais. Para isso, é fundamental plantar no coração dos filhos os princípios do amor, através da Palavra de Deus, pois a Palavra de Deus tem extrema importância na formação do caráter das crianças e consequentemente das futuras gerações.
As mães em especial, devem assumir esse compromisso com Deus, pois cabe a elas a responsabilidade de contribuir com Seu Plano na construção da humanidade do futuro, uma vez que tem a permissão de criar, educar e preparar um ser humano, para ser um futuro cidadão da nossa sociedade, e com isso tentar fazer um mundo diferente. É a mãe que irá apresentar o mundo ao filho. E é ela que deve apresentar seu filho a Deus e vice-versa. Portanto é desde criança que a mãe deve orientar a criança na sua caminhada espiritual, ensinando-o a rezar, a reconhecer Deus nas coisas da natureza e a iniciá-lo na Igreja, através dos Sacramentos.
Por isso a maternidade é uma dádiva, que proporciona às mães a oportunidade de preparar uma vida nova e de compartilhar com Deus o dom da vida. Talvez seja por isso que Nosso Senhor tenha tanto carinho pelas mães, ao ponto de ouvir e atender, com frequência, suas suplicas e orações, especialmente, quando são voltadas aos filhos. O papel da mãe é tão importante na vida do ser humano que até mesmo Deus quis ter uma mãe pra Ele - Maria. Deus confiou à Maria a missão extraordinária de ser mãe do Seu Filho e Mãe de toda a humanidade. E como mãe, Ela é nossa maior intercessora. Ela consegue entregar a Jesus Cristo, que é o mediador da Redenção, as nossas fadigas, os nossos problemas, as nossas angústias, os nossos sofrimentos e tribulações, e amavelmente Jesus não nega o que o Imaculado Coração de Maria pede. Por isso, Nossa Senhora ora por nós nos momentos de aflição e vela pelos sofredores e desesperados, principalmente pelas mães. E como Mãe espera de seus filhos a entrega de suas vidas totalmente nas mãos de Deus.
A maternidade é responsabilidade que Deus confere ao coração da mulher que se transforma em mãe. E toda mulher que se permite ser mãe descobre que o filho, que depende do seu amor e da segurança que ela transmite, é o melhor presente que Deus lhe deu.

Feliz Dia das Mães!
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by