Rezando pela vida

terça-feira, 10 de abril de 2012


Prezados, Filhos de Maria e defensores da Vida:

Como não será possível participar de vigília hoje a noite, vou fazer essa oração hoje a noite (anexo), e podemos fazer um jejum amanhã para que esse julgamento seja fadado ao insucesso.

 
Rezando pela vida

(Se possível, esta hora-santa seja feita com a exposição do Santíssimo)

Irmãos e irmãs, neste tempo em que, de modo mais intenso, celebramos a vitória da vida sobre a morte, somos convidados a colocar diante do Senhor Ressuscitado nossas angústias e esperanças em relação à vida e, de modo especial à vida ameaçada em nosso país. Como discípulos missionários, elevemos nossos corações em prece. Juntos, cantemos.


1.          Canto inicial:
Cristo venceu! Aleluia! Ressuscitou! Aleluia!
O Pai lhe deu glória e poder. Eis nosso canto! Aleluia!
1.              Este é o dia em que o amor venceu. Brilhante luz iluminou as trevas. Nós fomos salvos para sempre.
2.              Suave aurora veio anunciando que nova era foi inaugurada. Nós fomos salvos para sempre.
3.              No coração de todo homem nasce a esperança de um novo tempo. Nós fomos salvos para sempre.


2.    Saudação:
P.        Irmãos e irmãs, com alegria celebramos a Ressurreição do Senhor Jesus.
T.        Jesus venceu a morte. O amor fez a vida triunfar.
P.        Celebrar a Ressurreição implica anunciar a Ressurreição, proclamando-a por palavras e gestos.
T.        Crer, proclamar e atuar. Não podemos nos esquecer!
P.        Ao mesmo tempo em que celebramos as alegrias pascais, tornamo-nos angustiados diante da possibilidade de ver a destruição da vida dar mais um passo em nosso país.
T.        Somos uma pátria da Fé! Somos um povo que ama e defende a vida!
P.        Oremos, irmãos e irmãs, para que o Senhor Ressuscitado fortaleça em nós o amor e o compromisso pela vida.
Momento de silêncio para a oração pessoal.
P.        Ó Deus, que nos concedestes a salvação pascal, acompanhais o vosso povo com vossos dons celestes, para que, tendo conseguido a verdadeira liberdade, possa um dia alegrar-se no céu, como exulta agora na terra. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.


3.          Esta é a Páscoa do Senhor(Do Sl. 117)
Ref.: Este é o dia que o Senhor fez para nós: alegremo-nos e nele exultemos!

Dai graças ao Senhor, porque ele é bom! 
“Eterna é a sua misericórdia!” 
A casa de Israel agora o diga: 
“Eterna é a sua misericórdia!” 

A mão direita do Senhor fez maravilhas, 
a mão direita do Senhor me levantou. 
Não morrerei, mas, ao contrário, viverei 
para cantar as grandes obras do Senhor! 

A pedra que os pedreiros rejeitaram 
tornou-se agora a pedra angular. 
Pelo Senhor é que foi feito tudo isso: 
que maravilhas ele fez a nossos olhos


4.       Por que estamos rezando?
L.         Rezamos porque fomos criados para rezar, para reconhecer a grandeza, o amor e a misericórdia de Deus.
T.        Rezamos porque confiamos n'Aquele que é a origem de toda força em meio às dificuldades.
L.         De modo especial, queremos apresentar ao Senhor da Vida a preocupação pelo julgamento que, amanhã, o Supremo Tribunal Federal realizará a respeito da descriminalização do aborto de anencéfalos, isto é, naqueles casos em que o feto tem má formação no cérebro.
T.        Como é triste ver a vida ameaçada!
L.         Infelizmente, quando defendemos a vida, em especial nos casos do aborto em geral e de anencéfalos, bem como em tantas outras situações, somos acusados de conservadorismo, obscurantismo e imposição das crenças religiosas sobre assuntos científicos.
T.        Somos conservadores na medida em que desejamos conservar a vida! Rejeitamos a destruição da vida em nome do progresso! Não há progresso quando a vida é destruída!
L.         Se promover e defender a vida significa ser ignorante,obscurantista, não tememos ser assim chamados. Nossa consciência nos diz que não estamos ignorando a vida.
T.        Ao defender a vida, não estamos defendendo apenas nossa religião, pois a vida é um valor universal.


5.       A fidelidade do discípulo (Do Sl. 15)
Ref.: Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!
Digo ao Senhor: somente vós sois meu Senhor.
Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,
meu destino está seguro em vossas mãos!

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha
e até de noite me adverte o coração.
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,
pois, se o tenho a meu lado, não vacilo.

Eis por que meu coração está em festa,
minha alma rejubila de alegria
e até meu corpo no repouso está tranqüilo;
pois não haveis de me deixar entregue à morte
nem vosso amigo conhecer a corrupção.

Vós me ensinais vosso caminho para a vida;
junto a vós, felicidade sem limites,
delícia eterna e alegria ao vosso lado!


6.       O que deverá ser votado?
L.         A votação a acontecer nesta quarta-feira no Supremo Tribunal Federal tem por objetivo legalizar o aborto de fetos com meroanencefalia, isto é, com parte do encéfalo. Em geral, utilizamos a expressão anencefálicos, que quer dizer sem todo o encéfalo.
L.         A questão não está em medir a quantidade de encéfalo presente em um feto, mas na dignidade da vida humana em gestação, independentemente de qualquer outro fator.
T.        Quando a vida não é respeitada todos os outros direitos são menosprezados.
L.         Uma sociedade livre, justa e solidária [1] não se constrói com violência contra doentes e indefesos. As pretensões de desqualificação da pessoa humana ferem sua dignidade intrínseca e inviolável.
L.         A vida deve ser acolhida como dom e compromisso, mesmo que seu percurso natural seja, presumivelmente, breve. Há uma enorme diferença ética, moral e espiritual entre a morte natural e a morte provocada.
T.        Aplica-se aqui, o mandamento: “Não matarás” (Ex 20,13).
L.         Todos têm direito à vida. Nenhuma legislação jamais poderá tornar lícito um ato que é intrinsecamente ilícito.
L.         Portanto, diante da ética que proíbe a eliminação de um ser humano inocente, não se pode aceitar exceções.
T.        O aborto é pena de morte decretada contra um ser humano frágil e indefeso.
L.         A Igreja, seguindo a lei natural e fiel aos ensinamentos de Jesus Cristo, que veio “para que todos tenham vida e vida em abundância” (Jo 10,10), insistentemente, pede, que a vida seja respeitada e que se promovam políticas públicas voltadas para a eficaz prevenção dos males relativos à anencefalia e se dê o devido apoio às famílias que convivem com esta realidade.


7.       Nosso compromisso com Jesus Cristo e com a Vida em plenitude:
Eu vim para que todos tenham vida, que todos tenham vida plenamente.
1)            Eu passei fazendo o bem. Eu curei todos os males. Hoje és minha presença junto a todo sofredor. Onde sofre o teu irmão, eu estou presente nele.
2)            Entreguei a minha vida pela salvação de todos. Reconstrói, protege a vida de indefesos e inocentes. Onde morre o teu irmão, eu estou morrendo nele.
3)            Vim buscar e vim salvar o que estava já perdido. Busca, salva e reconduze a quem perdeu toda a esperança. Onde salvas teu irmão, tu me estás salvando nele.


8.       Uma nação de muitos; uma nação de irmãos!
L.      O Brasil é uma grande nação, grande em seu território, grande em sua história, grande em seu povo!
T.      O Brasil não pode ser grande, porém, nas ameaças à vida.
L.      Cada vida ameaçada e destruída torna-se convocação às pessoas e às instituições brasileiras para que defendam a vida.
T.      Como não nos preocupar com nosso país quando nos deparamos com uma realidade como esta que nos coloca em oração?
L.      Não seria o caso de o Brasil se preocupar com a preservação dos mais frágeis, investindo todas as suas forças em saúde, alimentação, moradia, educação, segurança, trabalho, família e tudo mais que compõe o necessário para que a vida exista e se fortaleça? Por que não debater as reformas de que nosso país efetivamente necessita? Será que é mais fácil conversar sobre a morte de inocentes?
T.      O que leva a desejar destruir vidas tão frágeis? Será que nós, brasileiros, estamos sem coragem para assumir que a vida é realmente frágil?
L.      O que está acontecendo com o brasileiro carinhoso, fraterno, solidário, sempre pronto a abrir suas portas para quem necessita?
T       O que está acontecendo com nosso país e com nossa gente?


9.       Que o Senhor nos ilumine! (do Sl. 117)
Ref.: A pedra que os pedreiros rejeitaram tornou-se a pedra angular.

Dai graças ao Senhor, porque ele é bom!
“Eterna é a sua misericórdia!”
A casa de Israel agora o diga:
“Eterna é a sua misericórdia!”
Os que temem o Senhor agora o digam:
“Eterna é a sua misericórdia!”

“A pedra que os pedreiros rejeitaram
tornou-se agora a pedra angular.
Ó Senhor, dai-nos a vossa salvação;
Bendito seja, em nome do Senhor,
aquele que em seus átrios vai entrando!
Que o Senhor e nosso Deus nos ilumine!


10.    Aclamando a vida que vence a morte
Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia!
Vós, povos todos da terra,
Aleluia! Aleluia!
Vinde, cantai ao Senhor!

Vinde! Louvai nosso Deus

que seu amor é sem fim!

Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia!
Frente à loucura dos homens,

vive a loucura do amor

Vem nos doar em pessoa

a vida plena que é Sua

Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia!




11.    A Boa Nova da Vida (Mc 10,13-16)
P.           O Senhor esteja convosco.

T.           Ele está no meio de nós.

P.           Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
T.           Glória a vós, Senhor.
P.           10 13 Algumas pessoas traziam crianças para que Jesus as tocasse. Os discípulos, porém, as repreenderam. 14 Vendo isso, Jesus se aborreceu e disse: “Deixar as  crianças virem a mim. Não as impeçais, porque a elas pertence o Reino de Deus. 15 Em verdade vos digo: quem não receber o Reino de Deus como uma criança, não entrará nele!”. E abraçava as crianças e, impondo as mãos sobre elas, as abençoava.  Palavra da Salvação.
T.           Glória a vós, Senhor.

Salmo 8

Refrão: Se com Cristo ressurgistes, procurai o que é do alto. Aleluia.

- 2 
Ó Senhor nosso Deus, como é grande
  vosso nome por todo o universo!

R - Se com Cristo ressurgistes, procurai o que é do alto. Aleluia.

- Desdobrastes nos céus vossa glória
  com grandeza, esplendor, majestade.
- 3 
O perfeito louvor vos é dado
  pelos lábios dos mais pequeninos,
  de crianças que a mãe amamenta.

R - Se com Cristo ressurgistes, procurai o que é do alto. Aleluia.

- Eis a força que opondes aos maus,
  reduzindo o inimigo ao silêncio.
- 4 
Contemplando estes céus que plasmastes
  e formastes com dedos de artista

R - Se com Cristo ressurgistes, procurai o que é do alto. Aleluia.

- vendo a lua e estrelas brilhantes,
5
 perguntamos: “Senhor, que é o homem,
- para dele assim vos lembrardes
  e o tratardes com tanto carinho?”

R - Se com Cristo ressurgistes, procurai o que é do alto. Aleluia.

- 6 
Pouco abaixo de Deus o fizestes
  coroando-o de glória e esplendor;
- 7 
vós lhe destes poder sobre tudo,
  vossas obras aos pés lhe pusestes:

R - Se com Cristo ressurgistes, procurai o que é do alto. Aleluia.

- 8
as ovelhas, os bois, os rebanhos,
  todo o gado e as feras da mata;
- 9 
passarinhos e peixes dos mares,
  todo ser que se move nas águas

R - Se com Cristo ressurgistes, procurai o que é do alto. Aleluia.

-   10 
Ó Senhor nosso Deus, como é grande
  vosso nome por todo o universo!

R - Se com Cristo ressurgistes, procurai o que é do alto. Aleluia.

Salmo 138 (139), 13-24

Refrão: “Até o mais íntimo, Senhor, me conheceis”

-13 
Fostes vós que me formastes as entranhas
  e no seio de minha mãe vós me tecestes.
-14 
Eu vou louvo e vos dou graças, ó Senhor,
  porque de modo admirável me formastes!
  Que prodígio e maravilha as vossas obras!

R - “Até o mais íntimo, Senhor, me conheceis”

- Até o mais íntimo Senhor, me conheceis;
  15
nenhuma sequer de minhas fibras ignoráveis,
- quando eu era modelado ocultamente,
  era formado nas entranhas subterrâneas

R - “Até o mais íntimo, Senhor, me conheceis”

-16 
Ainda informe, os vossos olhos me olharam,
  e por vós foram previstos os meus dias;
- em vosso livre estavam todos anotados
  antes mesmo que um só deles existisse.

R - “Até o mais íntimo, Senhor, me conheceis”

-17
Quão insondáveis são os vossos pensamentos!
  Incontável, ó Senhor, é o seu número!
-18
Se eu os conto, serão mais que os grãos de areia,
  se chego ao fim, ainda falta conhecer-vos.

R - “Até o mais íntimo, Senhor, me conheceis”
 
-23
Senhor, sondai-me, conhecei meu coração,
  examinai-me e provai meus pensamentos!
-24
Vede bem se não estou no caminho,
  e conduzi-me no caminho para a vida!

R - “Até o mais íntimo, Senhor, me conheceis”



12.    A Resurreição em nossos corações
Ref.: Ressuscitou, ressuscitou, ressuscitou! Aleluia! Aleluia, aleluia, aleluia! Ressuscitou!
1. Ó morte, onde estás, ó morte? Quem és tu ó morte? Qual a tua vitória?
2. Alegria, irmãos alegria, nós hoje cantamos, o Senhor ressurgiu!
3. Com Cristo, nós ressuscitamos, juntos proclamamos: o Senhor nos salvou!

(Se oportuno, quem preside a oração dirige algumas palavras à assembléia)


13.    O Povo de Deus em prece
P.      Neste tempo em que as alegrias da Ressurreição se vêem atingidas pelas trevas da ameaça à vida, elevemos nossas preces ao Pai que, no Espírito, ressuscitou seu Filho Jesus e juntos digamos:
T.      Socorrei-nos, ó Deus da Vida!
1)          Para que as celebrações pascais renovem em todos os cristãos a certeza de que não há outro caminho a não ser o que defende e promove a vida, rezemos ao Senhor.
2)          Para que, fortalecidos pela Ressurreição do Senhor, os cristãos a testemunhem, irradiando o profundo e irrenunciável amor pela vida, rezemos ao Senhor.
3)          Para que o amor pela vida se traduza em gestos concretos todas as vezes em que a vida vier a ser ameaçada, rezemos ao Senhor.
4)          Para que as instituições de nosso país, especialmente as que existem para defender os brasileiros, se empenhem, cada vez mais, na defesa da vida em todas as suas instâncias, com destaque para a vida fragilizada e ameaçada, rezemos ao Senhor.
Outras preces.
P.           Nossas preces concluamos implorando, com toda a Igreja, a intercessão da Virgem Maria em favor da Vida:
T.           Ó Maria, aurora do mundo novo, Mãe dos viventes, nós vos confiamos a causa da vida: olhai, Mãe, para o número sem fim de crianças a quem é impedido nascer, de pobres para quem se torna difícil viver, de homens e mulheres vítimas de desumana violência, de idosos e doentes assassinados pela indiferença ou por uma presumida compaixão. Fazei com que todos aqueles que crêem no vosso Filho saibam anunciar com desassombro e amor aos homens do nosso tempo o Evangelho da vida. Alcançai-lhes a graça de o acolher como um dom sempre novo, a alegria de o celebrar com gratidão em toda a sua existência, e a coragem para o testemunhar com laboriosa tenacidade, para construírem, juntamente com todos os homens de boa vontade, a civilização da verdade e do amor, para louvor e glória de Deus Criador e amante da vida. Amém.


Estando presente um sacerdote ou um diácono, procede-se à Bênção do Santíssimo. Caso contrário, passa-se ao número 15


14.    Bênção do Santíssimo
Tão sublime sacramento adoremos neste altar,
pois o Antigo Testamento deu ao Novo seu lugar.
Venha a Fé por suplemento os sentidos completar.

Ao eterno Pai cantemos, a Jesus, o salvador,
ao Espírito exaltemos, na Trindade o eterno amor.
Ao Deus Uno e Trino demos a alegria do louvor. Amém!

P.                         Do céu lhes destes o Pão! Aleluia!
T.                         Que contem todo sabor! Aleluia!

P.                         Oremos. Senhor Jesus Cristo, que neste admirável sacramento, nos deixastes o memorial da vossa paixão, concedei-nos tal veneração pelos sagrados mistérios do vosso corpo e do vosso sangue, que experimentemos sempre em nós sua eficácia redentora. Vós que sois Deus com o Pai e o Espírito Santo.
T.                         Amém.

Bendito seja Deus
Bendito seja seu Santo Nome
Bendito seja Jesus Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro homem
Bendito seja o Nome de Jesus.
Bendito seja o seu sacratíssimo Coração.
Bendito seja o seu preciosíssimo Sangue.
Bendito seja Jesus, no Santíssimo Sacramento do Altar!
Bendito seja o Espírito Santo Paráclito!
Bendita seja a grande Mãe de Deus, Maria Santíssima!
Bendita seja sua Santa Imaculada Conceição!
Bendita seja sua gloriosa Assunção!
Bendito seja o Nome de Maria Virgem e Mãe.
Bendito seja S. José seu castíssimo esposo.
Bendito seja Deus, nos seus Anjos e nos seus Santos.

Deus e Senhor nosso, protegei a vossa Igreja, dai-lhe santos pastores e dignos Ministros. Derramai as vossas bênçãos sobre o nosso Santo Padre o Papa, sobre nosso Arcebispo com seus Bispos Auxiliares e Eméritos, sobre o nosso Pároco, sobre todo o Clero, sobre o chefe da nação e do Estado e sobre todas as pessoas constituídas em dignidade, para que governem com justiça. Dai ao povo brasileiro paz constante e prosperidade completa. Favorecei com os efeitos contínuos da vossa bondade, o Brasil, este Arcebispado, a Paróquia em que habitamos, a cada um de nós em particular e a todas as pessoas por quem somos obrigados a orar ou que se recomendaram às nossas orações. Tende misericórdia das almas dos fiéis que padecem no purgatório. Dai-lhes, Senhor, o descanso e a luz eterna. Amém.

Pai-nosso, Ave-Maria, Glória ao Pai.

15.    Caminhando na Esperança!
P.        Irmãos e irmãs, permaneçamos“alegres na esperança, fortes na tribulação, perseverantes na oração. (Romanos 12,12)
T.        Sim! A esperança não decepciona, porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado. (Romanos 5,5)
P.        Bendigamos ao Senhor.
T.        Demos graças a Deus.




[1] Art. 3°, I, da Constituição Federal


Compartilhe este artigo, evangelize! :

Um comentário:

  1. estou convosco no jejum e oração Padre Mateus Maria!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by