Quinta Feira IV Semana da Quaresma

quinta-feira, 22 de março de 2012

Laudes V. Vinde, ó Deus em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Hino Ó Cristo, sol de justiça, brilhai nas trevas da mente. Com força e luz, reparai a criação novamente. Dai-nos, no tempo aceitável, um coração penitente, que se converta e acolha o vosso amor paciente. A penitência transforme tudo o que em nós há de mal. É bem maior que o pecado o vosso dom sem igual. Um dia vem, vosso dia, e tudo então refloresce. Nós, renascidos na graça, exultaremos em prece. A vós, Trindade clemente, com toda a terra adoramos, e no perdão renovados um canto novo cantamos. Salmodia Ant. 1 Fazei-me sentir vosso amor desde cedo! Sal 142(143),1-11 Prece na aflição Ninguém é justificado por observar a Lei de Moisés, mas por crer em Jesus Cristo (Gl 2,16). –1 Ó Senhor, escutai minha prece, * ó meu Deus, atendei minha súplica! – Respondei-me, ó vós, Deus fiel, * escutai-me por vossa justiça! =2 Não chameis vosso servo a juízo, † pois diante da vossa presença * não é justo nenhum dos viventes. –3 O inimigo persegue a minha alma, * ele esmaga no chão minha vida – e me faz habitante das trevas, * como aqueles que há muito morreram. –4 Já em mim o alento se extingue, * o coração se comprime em meu peito! =5 Eu me lembro dos dias de outrora † e repasso as vossas ações, * recordando os vossos prodígios. =6 Para vós minhas mãos eu estendo; † minha alma tem sede de vós, * como a terra sedenta e sem água. –7 Escutai-me depressa, Senhor, * o espírito em mim desfalece! = Não escondais vossa face de mim! † Se o fizerdes, já posso contar-me * entre aqueles que descem à cova! –8 Fazei-me cedo sentir vosso amor, * porque em vós coloquei a esperança! – Indicai-me o caminho a seguir, * pois a vós eu elevo a minha alma! –9 Libertai-me dos meus inimigos, * porque sois meu refúgio, Senhor! –10 Vossa vontade ensinai-me a cumprir, * porque sois o meu Deus e Senhor! – Vosso Espírito bom me dirija * e me guie por terra bem plana! –11 Por vosso nome e por vosso amor * conservai, renovai minha vida! – Pela vossa justiça e clemência, * arrancai a minha alma da angústia! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Fazei-me sentir vosso amor desde cedo! Ant. 2 O Senhor vai fazer correr a paz como um rio para a nova Sião. Cântico Is 66,10-14a Consolação e alegria na Cidade Santa A Jerusalém celeste é livre, e é a nossa mãe (Gl 4,26). =10 Alegrai-vos com Sião † e exultai por sua causa, * todos vós que a amais; – tomai parte no seu júbilo, * todos vós que a lamentais! =11 Podereis alimentar-vos, † saciar-vos com fartura * com seu leite que consola; – podereis deliciar-vos * nas riquezas de sua glória. =12 Pois assim fala o Senhor: † 'Vou fazer correr a paz * para ela como um rio, – e as riquezas das nações * qual torrente a transbordar. = Vós sereis amamentados † e ao colo carregados * e afagados com carícias; –13 como a mãe consola o filho. * em Sião vou consolar-vos. =14 Tudo isso vós vereis, † e os vossos corações * de alegria pulsarão; – vossos membros, como plantas, * tomarão novo vigor'. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. O Senhor vai fazer correr a paz como um rio para a nova Sião. Ant. 3 Cantai ao nosso Deus, porque é suave. Salmo 146(147 A) Poder e bondade de Deus A vós, ó Deus, louvamos, a vós, Senhor, cantamos. =1 Louvai o Senhor Deus, porque ele é bom, † cantai ao nosso Deus, porque é suave: * ele é digno de louvor, ele o merece! – –2 O Senhor reconstruiu Jerusalém, * e os dispersos de Israel juntou de novo; –3 ele conforta os corações despedaçados, * ele enfaixa suas feridas e as cura; –4 fixa o número de todas as estrelas * e chama a cada uma por seu nome. –5 É grande e onipotente o nosso Deus, * seu saber não tem medida nem limites. –6 O Senhor Deus é o amparo dos humildes, * mas dobra até o chão os que são ímpios. –7 Entoai, cantai a Deus ação de graças, * tocai para o Senhor em vossas harpas! –8 Ele reveste todo o céu com densas nuvens, * e a chuva para a terra ele prepara; – faz crescer a verde relva sobre os montes * e as plantas que são úteis para o homem; –9 ele dá aos animais seu alimento, * e ao corvo e a seus filhotes que o invocam. –10 Não é a força do cavalo que lhe agrada, * nem se deleita com os músculos do homem, –11 mas agradam ao Senhor os que o respeitam, * os que confiam, esperando em seu amor! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Cantai ao nosso Deus, porque é suave. Leitura breve Cf. 1Rs 8,51-53a Nós somos, Senhor, teu povo e tua herança. Teus olhos estejam abertos à súplica do teu servo e do teu povo, Israel, escutando-nos toda vez que te invocarmos. Pois tu nos separaste para ti como herança dentre todos os povos da terra. Responsório breve R. Nós somos vosso povo, ó Senhor. * Misericórdia, Senhor, a vós clamamos! R. Nós somos. V. Curvados sob o peso dos pecados, choramos de tristeza. * Misericórdia. Glória ao Pai. R. Nós somos. CÂNTICO EVANGÉLICO(BENEDICTUS) Lc 1,68-79 Ant. O meu testemunho não é de um homem; mas isto vos digo para que vos salveis. O Messias e seu Precursor –68 Bendito seja o Senhor Deus de Israel, * porque a seu povo visitou e libertou; –69 e fez surgir um poderoso Salvador * na casa de Davi, seu servidor, –70 como falara pela boca de seus santos, * os profetas desde os tempos mais antigos, –71 para salvar-nos do poder dos inimigos * e da mão de todos quantos nos odeiam. –72 Assim mostrou misericórdia a nossos pais, * recordando a sua santa Aliança –73 e o juramento a Abraão, o nosso pai, * de conceder-nos 74 que, libertos do inimigo, = a ele nós sirvamos sem temor † 75 em santidade e em justiça diante dele, * enquanto perdurarem nossos dias. =76 Serás profeta do Altíssimo, ó menino, † pois irás andando à frente do Senhor * para aplainar e preparar os seus caminhos, –77 anunciando ao seu povo a salvação, * que está na remissão de seus pecados; –78 pela bondade e compaixão de nosso Deus, * que sobre nós fará brilhar o Sol nascente, –79 para iluminar a quantos jazem entre as trevas * = e na sombra da morte estão sentados e para dirigir os nossos passos, * guiando-os no caminho da paz. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. O meu testemunho não é de um homem; mas isto vos digo para que vos salveis. Preces Celebremos a bondade de Deus, que se revelou em Cristo Jesus. E de todo o coração lhe supliquemos: R. Lembrai-vos, Senhor, de vossos filhos e filhas! Concedei-nos viver mais profundamente o mistério da Igreja; – que ela seja para toda a humanidade o sacramento eficaz da salvação. R. Deus, amigo do ser humano, ensinai-nos a trabalhar generosamente para o progresso da civilização, – e a buscar em todas as coisas o vosso Reino. R. Levai-nos a saciar nossa sede de justiça, – na fonte de água viva que nos destes em Cristo. R. Perdoai, Senhor, todos os nossos pecados, – e dirigi nossos passos no caminho da justiça e da verdade. R. (intenções livres) Pai nosso... Oração Nós vos pedimos, ó Deus de bondade, que, corrigidos pela penitência e renovados pelas boas obras, possamos perseverar nos vossos mandamentos e chegar purificados às festas pascais. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém. Hora Média V. Vinde, ó Deus em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Hino O número sagrado, três vezes três das horas, abrindo um novo espaço, nos chama à prece, agora. Ao nome de Jesus, perdão seu povo implora. O Cristo ouviu a prece sincera do ladrão. A graça foi-lhe dada, por sua confissão. Jesus ouvindo a súplica, também nos dê perdão. Agora morre a morte, vencida pela cruz; após as trevas densas, serena, volta a luz; o horror do mal se quebra, nas mentes Deus reluz. A Cristo nós rogamos e ao Pai, eterno Bem, com seu Divino Espírito, amor que os sustém, proteja sua Igreja agora e sempre. Amém. Salmodia -- salmodia complementar -- Ant. Sejamos firmes na provação: Sua justiça é nossa força. Salmo 118(119),153-160 XX (Res) Meditação sobre a Palavra de Deus na Lei Tu tens palavras de vida eterna (Jo 6,69). –153 Vede, Senhor, minha miséria, e livrai-me, * porque nunca me esqueci de vossa lei! –154 Defendei a minha causa e libertai-me! * Pela palavra que me destes, dai-me a vida! –155 Como estão longe de salvar-se os pecadores, * pois não procuram, ó Senhor, vossa vontade! –156 É infinita, Senhor Deus, vossa ternura: * conforme prometestes, dai-me a vida! –157 Tantos são os que me afligem e perseguem, * mas eu nunca deixarei vossa Aliança! –158 Quando vejo os renegados, sinto nojo, * porque foram infiéis à vossa lei. –159 Quanto eu amo, ó Senhor, vossos preceitos! * Vossa bondade reanime a minha vida! –160 Vossa palavra é fundada na verdade, * os vossos justos julgamentos são eternos. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Salmo 127(128) A paz do Senhor na família De Sião, isto é, da sua Igreja, o Senhor te abençoe (Arnóbio). –1 Feliz és tu se temes o Senhor * e trilhas seus caminhos! –2 Do trabalho de tuas mãos hás de viver, * serás feliz, tudo irá bem! –3 A tua esposa é uma videira bem fecunda * no coração da tua casa; – os teus filhos são rebentos de oliveira * ao redor de tua mesa. –4 Será assim abençoado todo homem * que teme o Senhor. –5 O Senhor te abençoe de Sião, * cada dia de tua vida; – para que vejas prosperar Jerusalém* 6 e os filhos dos teus filhos. – Ó Senhor, que venha a paz a Israel, * que venha a paz ao vosso povo! – – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Salmo 128(129) A renovada esperança do povo oprimido A Igreja fala dos sofrimentos que ela suporta (Sto. Agostinho). –1 Quanto eu fui perseguido desde jovem, * que o diga Israel neste momento! –2 Quanto eu fui perseguido desde jovem, * mas nunca me puderam derrotar! –3 Araram lavradores o meu dorso, * rasgando longos sulcos com o arado. –4 Mas o Senhor, que sempre age com justiça, * fez em pedaços as correias dos malvados. –5 Que voltem para trás envergonhados * todos aqueles que odeiam a Sião! –6 Sejam eles como a erva dos telhados, * que bem antes de arrancada já secou! –7 Esta jamais enche a mão do ceifador * nem o regaço dos que juntam os seus feixes; =8 para estes nunca dizem os que passam: † 'Sobre vós desça a bênção do Senhor! * Em nome do Senhor vos bendizemos!' Ant. Sejamos firmes na provação: Sua justiça é nossa força. Leitura breve Hb 10,35-36 Não abandoneis a vossa coragem, que merece grande recompensa. De fato, precisais de perseverança para cumprir a vontade de Deus e alcançar o que ele prometeu. V. Meu sacrifício é minha alma penitente. R. Não desprezeis um coração arrependido. Oração Nós vos pedimos, ó Deus de bondade, que, corrigidos pela penitência e renovados pelas boas obras, possamos perseverar nos vossos mandamentos e chegar purificados às festas pascais. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Conclusão da Hora V. Bendigamos ao Senhor. R. Graças a Deus. COMPLETAS QUINTA-FEIRA V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia. Depois, recomenda-se o exame de consciência (...) Hino Ó Cristo, dia e esplendor, na treva o oculto aclarais. Sois luz de luz, nós o cremos, luz aos fiéis anunciais. Guardai-nos, Deus, nesta noite, velai do céu nosso sono; em vós na paz descansemos em um tranqüilo abandono. Se os olhos pesam de sono, vele, fiel, nossa mente. A vossa destra proteja quem vos amou fielmente. Defensor nosso, atendei-nos freai os planos malvados. No bem guiai vossos servos, com vosso sangue comprados. Ó Cristo, Rei piedoso, a vós e ao Pai toda a glória, com o Espírito Santo, eterna honra e vitória. Salmodia Ant. Meu corpo no repouso está tranqüilo. Salmo 15(16) O Senhor é minha herança Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24). =1 Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio! † 2 Digo ao Senhor: 'Somente vós sois meu Senhor: * nenhum bem eu posso achar fora de vós!' –3 Deus me inspirou uma admirável afeição* pelos santos que habitam sua terra. –4 Multiplicam, no entanto, suas dores * os que corem para os deuses estrangeiros; – seus sacrifícios sanguinários não partilho, * nem seus nomes passarão pelos meus lábios. –5 Ó Senhor, sois minha herança e minha taça, * meu destino está seguro em vossas mãos! –6 Foi demarcada para mim a melhor terra, * e eu exulto de alegria em minha herança! –7 Eu bendigo o Senhor, que me aconselha, * e até de noite me adverte o coração. –8 Tenho sempre o Senhor ante meus olhos, * pois se o tenho a meu lado não vacilo. =9 Eis por que meu coração está em festa, † minha alma rejubila de alegria, * e até meu corpo no repouso está tranqüilo; –10 pois não haveis de me deixar entregue à morte, * nem vosso amigo conhecer a corrupção. =11 Vós me ensinais vosso caminho para a vida; † junto a vós, felicidade sem limites, * delícia eterna e alegria ao vosso lado! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Meu corpo no repouso está tranqüilo. Leitura breve 1Ts 5,23 Que o próprio Deus da paz vos santifique totalmente, e que tudo aquilo que sois – espírito, alma, corpo – seja conservado sem mancha alguma para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo! Responsório breve R. Senhor, em vossas mãos * Eu entrego o meu espírito. R. Senhor. V. Vós sois o Deus fiel, que salvastes vosso povo. * Eu entrego. Glória ao Pai. R.Senhor. Cântico evangélico, ant. Salvai-nos, Senhor, quando velamos, guardai-nos também quando dormimos! Nossa mente vigie com o Cristo, nosso corpo repouse em sua paz! Cântico de Simeão Lc 2,29-32 Cristo, luz das nações e glória de seu povo –29 Deixai, agora, vosso servo ir em paz, * conforme prometestes, ó Senhor. –30 Pois meus olhos viram vossa salvação * 31 que preparastes ante a face das nações: –32 uma Luz que brilhará para os gentios * e para a glória de Israel, o vosso povo. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Salvai-nos, Senhor, quando velamos, guardai-nos também quando dormimos! Nossa mente vigie com o Cristo, nosso corpo repouse em sua paz! Oração Senhor nosso Deus, após as fadigas de hoje, restaurai nossas energias por um sono tranqüilo, a fim de que, por vós renovados, nos dediquemos de corpo e alma ao vosso serviço. Por Cristo, nosso Senhor. O Senhor todo-poderoso nos conceda uma noite tranqüila e, no fim da vida, uma morte santa. R. Amém. Antífona final de Nossa Senhora Ave, Rainha do céu; ave, dos anjos Senhora; ave, raiz, ave, porta; da luz do mundo és aurora. Exulta, ó Virgem tão bela, as outras seguem-te após; nós te saudamos: adeus! E pede a Cristo por nós! Virgem Mãe, ó Maria!
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by