Aprendendo com Santa Faustina sobre a Hora da Misericórdia

quarta-feira, 21 de março de 2012


5. A HORA DA MISERICÓRDIA


Queridos irmãos, queridas irmãs, a paz! Complementando o estudo que viemos fazendo sobre a Devoção à Divina Misericórdia, vamos conhecer hoje o que Jesus nos fala sobre a Hora da Misericórdia.

Assim diz o Senhor:

Às três horas da tarde, implora à Minha misericórdia especialmente pelos pecadores e, ao menos por um breve tempo, reflete sobre a Minha Paixão, especialmente sobre o abandono em que Me encontrei no momento da agonia. Esta é a hora de grande misericórdia para o mundo inteiro. Permitirei que penetres na Minha tristeza mortal. Nessa hora nada negarei à alma que Me pedir pela Minha Paixão... (Diário, n. 1320)

Portanto, irmãos, esta é a hora em que, no mundo inteiro, os devotos da Divina Misericórdia se recolhem para rezar o Terço da Misericórdia. Porém, Jesus nos lembra que devemos rezar com o coração, dizendo:
“São poucas as almas que contemplam a Minha Paixão com um verdadeiro afeto. Concedo as graças mais abundantes às almas que meditam piedosamente sobre a Minha Paixão” (Diário, n. 737).

Jesus diz ainda:
“Lembro-te, Minha filha, que todas as vezes que ouvires bater o relógio, às três horas da tarde, deves mergulhar toda na Minha misericórdia, adorando-a e glorificando-a. Implora a onipotência dela em favor do mundo inteiro e especialmente dos pobres pecadores, porque nesse momento foi largamente aberta para toda a alma. Nessa hora, conseguirás tudo para ti e para os outros. Nessa hora realizou-se a graça para todo o mundo: a misericórdia venceu a justiça” (Diário, n. 1572).

Além do Terço da Misericórdia, Jesus nos pede que, na medida do possível, rezemos também nesta hora a Via-Sacra. Damos abaixo a sugestão de uma Via-Sacra ensinada pelos Padres Marianos, aqueles que têm a incumbência específica de propagar a Devoção à Divina Misericórdia.

Ouçamos as palavras de Jesus:
“Minha filha, procura rezar, nessa hora, a Via-sacra, na medida em que te permitirem os teus deveres, e se não puderes fazer a Via-sacra, entra, ao menos por um momento na capela e adora o Meu Coração, que está cheio de misericórdia no Santíssimo Sacramento. Se não puderes sequer ir à capela, recolhe-te em oração onde estiveres, ainda que seja por um breve momento. Exijo honra à Minha misericórdia de toda criatura, mas de ti em primeiro lugar, porque te dei a conhecer mais profundamente este mistério” (Diário, n. 1572).

Segue, irmãos, o texto da Via-sacra, segundo a espiritualidade da Divina Misericórdia:

Rezar três vezes:
“Ó Sangue e Água, que jorrastes do Coração de Jesus como fonte de Misericórdia para nós, eu confio em Vós.” (Diário, n. 187)

VIA-SACRA

Eterno Pai, eu Vos ofereço a dolorosa Paixão de Jesus em expiação dos nossos pecados e dos do mundo inteiro.
1. Por Sua condenação à morte, tende Misericórdia de nós e do mundo inteiro.
2. Pela Cruz que Lhe foi posta sobre os ombros, tende Misericórdia de nós e do mundo inteiro.
3. Pela sua primeira queda, tende Misericórdia de nós e do mundo inteiro.
4. Pelas lágrimas de Sua Mãe, que veio ao Seu encontro, tende Misericórdia de nós e do mundo inteiro.
5. Pelo Seu cansaço atroz, devido ao qual obrigaram um homem a ajudá-lo, tende Misericórdia de nós e do mundo inteiro.
6. Pela compaixão da mulher que enxugou o Seu rosto ensangüentado, tende Misericórdia de nós e do mundo inteiro.
7. Pela Sua segunda queda, tende Misericórdia de nós e do mundo inteiro.
8. Pelas palavras dirigidas às mulheres que Dele se compadeciam, tende Misericórdia de nós e do mundo inteiro.
9. Pela Sua terceira queda, tende Misericórdia de nós e do mundo inteiro.
10. Pela dor que sentiu quando o Seu Corpo foi despido, tende Misericórdia de nós e do mundo inteiro.
11. Pela horrível perfuração dos pregos que atravessaram Suas mãos e os pés, tende Misericórdia de nós e do mundo inteiro.
12. Pela Água e Sangue, emanados do Seu Coração como fonte de todos os bens, tende Misericórdia de nós e do mundo inteiro.
13. Pela lembrança de todos os tormentos de Sua Mãe quando O recebeu morto entre os braços, tende Misericórdia de nós e do mundo inteiro.
14. Pela pedra que fechou o sepulcro, tende Misericórdia de nós e do mundo inteiro.

“Vós morrestes, Jesus, mas uma fonte de vida jorrou para as almas, e abriu-se um mar de Misericórdia para o mundo. Ó fonte de vida, inescrutável Misericórdia Divina, envolvei o mundo todo e derramai-vos sobre nós.” (Diário, n. 1319)

A pedra fechou o sepulcro, mas não para sempre. Renovemos diante dele a nossa fé na Divindade de Cristo e na Sua infinita Misericórdia. Ela nos fará ressuscitar espiritualmente dos nossos pecados, como também nos conduzirá à completa ressurreição de todo nosso ser na vida eterna.

Jesus estabeleceu três condições indispensáveis para atender às orações feitas na Hora da Misericórdia:
– a oração deve ser dirigida a Jesus;
– deve ter lugar às três horas da tarde;
– deve apelar ao valor e aos méritos da Paixão do Senhor.

É preciso acrescentar a elas mais outras três condições:
– o objetivo da oração deve ser compatível com a vontade divina (o que decorre, aliás, da natureza de toda oração);
– a estrutura da Devoção exige que a oração seja confiante e, portanto, perseverante, e em caso de necessidade repetida várias vezes;
como todos os atos da Devoção, igualmente a Hora da Misericórdia exige da parte dos devotos a prática do amor ativo para com o próximo, atos de misericórdia.
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by