Terça Feira I Semana da Quaresma

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012




Laudes

V. Vinde, ó Deus em meu auxílio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Hino

Ó Cristo, sol de justiça,
brilhai nas trevas da mente.
Com força e luz, reparai
a criação novamente.

Dai-nos, no tempo aceitável,
um coração penitente,
que se converta e acolha
o vosso amor paciente.

A penitência transforme
tudo o que em nós há de mal.
É bem maior que o pecado
o vosso dom sem igual.

Um dia vem, vosso dia,
e tudo então refloresce.
Nós, renascidos na graça,
exultaremos em prece.

A vós, Trindade clemente,
com toda a terra adoramos,
e no perdão renovados
um canto novo cantamos.

Salmodia

Ant. 1 Quem tem mãos puras e inocente coração
subirá até o monte do Senhor.

Salmo 23(24)

Entrada do Senhor no templo

Na Ascensão, as portas do céu se abriram para o Cristo (Sto. Irineu).

–1 Ao Senhor pertence a terra e o que ela encera, *
o mundo inteiro com os seres que o povoam;
–2 porque ele a tornou firme sobre os mares, *
e sobre as águas a mantém inabalável.

–3 ‘Quem subirá até o monte do Senhor, *
quem ficará em sua santa habitação?’
=4 ‘Quem tem mãos puras e inocente coração, †
quem não dirige sua mente para o crime, *
nem jura falso para o dano de seu próximo.

–5 Sobre este desce a bênção do Senhor *
e a recompensa de seu Deus e Salvador’.
–6 ‘É assim a geração dos que o procuram, *
e do Deus de Israel buscam a face’.

=7 ‘Ó portas, levantai vossos frontões! †
Elevai-vos bem mais alto, antigas portas, *
a fim de que o Rei da glória possa entrar!’

=8 Dizei-nos: ‘Quem é este Rei da glória?’ †
‘É o Senhor, o valoroso, o onipotente, *
o Senhor, o poderoso nas batalhas!’

=9 ‘Ó portas, levantai vossos frontões! †
Elevai-vos bem mais alto, antigas portas, *
a fim de que o Rei da glória possa entrar!’

=10 Dizei-nos: ‘Quem é este Rei da glória?’ †
‘O Rei da glória é o Senhor onipotente, *
o Rei da glória é o Senhor Deus do universo!’

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Quem tem mãos puras e inocente coração
subirá até o monte do Senhor.

Ant. 2 Vossas obras celebrem a Deus
e exaltem o Rei sempiterno.

Cântico Tb 13,2-8

Deus castiga e salva

Bendito seja Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo. Em sua grande misericórdia nos
fez nascer de novo, para uma esperança viva (1Pd 1,3).

–2 Vós sois grande, Senhor, para sempre, *
e vosso reino se estende nos séculos!
– Porque vós castigais e salvais, *
fazeis descer aos abismos da terra,
– e de lá nos trazeis novamente: *
de vossa mão nada pode escapar.

–3 Vós que sois de Israel, dai-lhe graças *
e por entre as nações celebrai-o!
– O Senhor dispersou-vos na terra *
4 para narrardes sua glória entre os povos,
– e fazê-los saber, para sempre, *
que não há outro Deus além dele.

–5 Castigou-nos por nossos pecados, *
seu amor haverá de salvar-nos.
– Compreendei o que fez para nós, *
dai-lhe graças, com todo o respeito!
–6 Vossas obras celebrem a Deus *
e exaltem o Rei sempiterno!

– Nesta terra do meu cativeiro, *
haverei de honrá-lo e louvá-lo,
– pois mostrou o seu grande poder, *
sua glória à nação pecadora!
– Convertei-vos, enfim, pecadores, *
diante dele vivei na justiça;

– e sabei que, se ele vos ama, *
também vos dará seu perdão!
–7 Eu desejo, de toda a minh’alma *
alegrar-me em Deus, Rei dos céus.
–8 Bendizei o Senhor, seus eleitos, *
fazei festa e alegres louvai-o!

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Vossas obras celebrem a Deus
e exaltem o Rei sempiterno.

Ant. 3 Ó justos, alegrai-vos no Senhor!
Aos retos fica bem glorificá-lo. †

Salmo 32(33)

Hino à providência de Deus

Por ele foram feitas todas as coisas (Jo 1,3)

–1 Ó justos, alegrai-vos no Senhor! *
Aos retos fica bem glorificá-lo.

–2 † Dai graças ao Senhor ao som da harpa, *
na lira de dez cordas celebrai-o!
–3 Cantai para o Senhor um canto novo, *
com arte sustentai a louvação!

–4 Pois reta é a palavra do Senhor, *
e tudo o que ele faz merece fé.
–5 Deus ama o direito e a justiça, *
transborda em toda a terra a sua graça.

–6 A palavra do Senhor criou os céus, *
e o sopro de seus lábios, as estrelas.
–7 Como num odre junta as águas do oceano, *
e mantém no seu limite as grandes águas. –

–8 Adore ao Senhor a terra inteira, *
e o respeitem os que habitam o universo!
–9 Ele falou e toda a terra foi criada, *
ele ordenou e as coisas todas existiram.

–10 O Senhor desfaz os planos das nações *
e os projetos que os povos se propõem.
=11 Mas os desígnios do Senhor são para sempre, †
e os pensamentos que ele traz no coração, *
de geração em geração, vão perdurar.

–12 Feliz o povo cujo Deus é o Senhor, *
e a nação que escolheu por sua herança!
–13 Dos altos céus o Senhor olha e observa; *
ele se inclina para olhar todos os homens.

–14 Ele contempla do lugar onde reside *
e vê a todos os que habitam sobre a terra.
–15 Ele formou o coração de cada um *
e por todos os seus atos se interessa.

–16 Um rei não vence pela força do exército, *
nem o guerreiro escapará por seu vigor.
–17 Não são cavalos que garantem a vitória; *
ninguém se salvará por sua força.

–18 Mas o Senhor pousa o olhar sobre os que o temem, *
e que confiam esperando em seu amor,
–19 para da morte libertar as suas vidas *
e alimentá-los quando é tempo de penúria.

–20 No Senhor nós esperamos confiantes, *
porque ele é nosso auxílio e proteção!
–21 Por isso o nosso coração se alegra nele, *
seu santo nome é nossa única esperança.

–22 Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça, *
da mesma forma que em vós nós esperamos!

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Ó justos, alegrai-vos no Senhor!
Aos retos fica bem glorificá-lo.

Leitura breve Jl 2,12-13

Voltai para mim com todo o vosso coração, com jejuns, lágrimas e gemidos; rasgai o coração, e
não as vestes; e voltai para o Senhor, vosso Deus; ele é benigno e compassivo, paciente e cheio
de misericórdia, inclinado a perdoar o castigo.

Responsório breve

R. Curai-me, ó Deus Santo,
* Pois pequei contra vós! R. Curai-me.
V. Tende piedade de mim, renovai-me!* Pois pequei.
Glória ao Pai. R. Curai-me.

CÂNTICO EVANGÉLICO(BENEDICTUS) Lc 1,68-79

Ant. Ensinai-nos, Senhor, a rezar,
como aos seus ensinou João Batista!



O Messias e seu Precursor

–68 Bendito seja o Senhor Deus de Israel, *
que a seu povo visitou e libertou;

–69 e fez surgir um poderoso Salvador *
na casa de Davi, seu servidor,

–70 como falara pela boca de seus santos, *
os profetas desde os tempos mais antigos,

–71 para salvar-nos do poder dos inimigos *
e da mão de todos quantos nos odeiam.

–72 Assim mostrou misericórdia a nossos pais, *
recordando a sua santa Aliança

–73 e o juramento a Abraão, o nosso pai, *
de conceder-nos 74 que, libertos do inimigo,

= a ele nós sirvamos sem temor †
75 em santidade e em justiça diante dele, *
enquanto perdurarem nossos dias.

=76 Serás profeta do Altíssimo, ó menino, †
pois irás andando à frente do Senhor *
para aplainar e preparar os seus caminhos,

–77 anunciando ao seu povo a salvação, *
que está na remissão de seus pecados;

–78 pelo amor do coração de nosso Deus, *
Sol nascente que nos veio visitar

–79 lá do alto como luz resplandecente *
a iluminar a quantos jazem entre as trevas

= e na sombra da morte estão sentados †
e para dirigir os nossos passos, *
guiando-nos no caminho da paz.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Ensinai-nos, Senhor, a rezar,
como aos seus ensinou João Batista!

Preces

Bendigamos a Cristo, que se deu a nós como pão descido do céu; e oremos, dizendo:

R. Cristo, pão da vida e remédio que nos salva, dai-nos vossa força!

Senhor, que nos alimentais na vossa ceia eucarística,
– dai-nos a plena participação nos frutos do sacrifício pascal.
R.
Ensinai-nos a acolher vossa palavra num coração bom e reto,
– para darmos frutos na paciência.
R.
Fazei que colaboremos alegremente convosco na construção do mundo,
– a fim de que o anúncio da paz se difunda mais eficazmente pela ação da Igreja.
R.
Reconhecemos, Senhor, que somos pecadores;
– apagai nossas culpas coma graça da vossa salvação.
R.
(intenções livres)

Pai nosso...

Oração

Olhai, ó Deus, vossa família, e fazei crescer no vosso amor aqueles que agora se mortificam
pela penitência corporal. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito
Santo.


Conclusão da Hora

O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo mal
e nos conduza à vida eterna. Amém.

Hora Média

V. Vinde, ó Deus em meu auxílio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Hino

O número sagrado,
três vezes três das horas,
abrindo um novo espaço,
nos chama à prece, agora.
Ao nome de Jesus,
perdão seu povo implora.

O Cristo ouviu a prece
sincera do ladrão.
A graça foi-lhe dada,
por sua confissão.
Jesus ouvindo a súplica,
também nos dê perdão.

Agora morre a morte,
vencida pela cruz;
após as trevas densas,
serena, volta a luz;
o horror do mal se quebra,
na mentes Deus reluz.

A Cristo nós rogamos
e ao Pai, eterno Bem,
com seu Divino Espírito,
amor que os sustém,
proteja sua Igreja
agora e sempre. Amém.

Salmodia
-- salmodia complementar --

Ant. Sejamos firmes na provação:
Sua justiça é nossa força

Salmo 118(119),1-8
I (Aleph)
Meditação sobre a Palavra de Deus na Lei
Isto é amar a Deus: observar os seus mandamentos (1Jo 5,3).

–1 Feliz o homem sem pecado em seu caminho, *
que na lei do Senhor Deus vai progredindo!
–2 Feliz o homem que observa seus preceitos, *
e de todo o coração procura a Deus!

–3 Que não pratica a maldade em sua vida, *
mas vai andando nos caminhos do Senhor.
–4 Os vossos mandamentos vós nos destes, *
para serem fielmente observados.

–5 Oxalá seja bem firme a minha vida *
em cumprir vossa vontade e vossa lei!
–6 Então não ficarei envergonhado *
ao repassar todos os vossos mandamentos.

–7 Quero louvar-vos com sincero coração, *
pois aprendi as vossas justas decisões.
–8 Quero guardar vossa vontade e vossa lei; *
Senhor, não me deixeis desamparado!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Salmo 12(13)

Lamentação do justo que confia em Deus
Que o Deus da esperança vos encha da alegria (Rm 15,13).

–2 Até quando, ó Senhor, me esquecereis? *
Até quando escondereis a vossa face?

=3 Até quando estará triste a minha alma? †
e o coração angustiado cada dia? *
Até quando o inimigo se erguerá?

=4 Olhai, Senhor, meu Deus, e respondei-me! †
Não deixeis que se me apague a luz dos olhos *
e se fechem, pela morte, adormecidos!

=5 Que o inimigo não me diga: 'Eu triunfei!' †
Nem exulte o opressor por minha queda, *
6 uma vez que confiei no vosso amor!

– Meu coração, por vosso auxílio, rejubile, *
e que eu vos cante pelo bem que me fizestes!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Salmo 13(14)

A insensatez dos ímpios
Onde se multiplicou o pecado, aí superabundou a graça (Rm 5,20).

–1 Diz o insensato em seu próprio coração: *
'Não há Deus! Deus não existe!'
– Corromperam-se em ações abomináveis. *
Já não há quem faça o bem!

–2 O Senhor, ele se inclina lá dos céus *
sobre os filhos de Adão,

– para ver se resta um homem de bom senso *
que ainda busque a Deus.

–3 Mas todos eles igualmente se perderam, *
corrompendo-se uns aos outros;

– não existe mais nenhum que faça o bem, *
não existe um sequer.

–4 Será que não percebem os malvados *
quanto exploram o meu povo?

– Eles devoram o meu povo como pão, *
e não invocam o Senhor.

–5 Mas um dia vão tremer de tanto medo,*
porque Deus está com o justo.
–6 Podeis rir da esperança dos humildes, *
mas o Senhor é o seu refúgio!
–7 Que venha, venha logo, de Sião *
a salvação de Israel!

– Quando o Senhor reconduzir do cativeiro *
os deportados de seu povo,
– que júbilo e que festa em Jacó, *
que alegria em Israel!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Sejamos firmes na provação:
Sua justiça é nossa força

Leitura breve Is 58,1-2a

Grita forte, sem cessar, levanta a voz como trombeta e denuncia os crimes do meu povo e os
pecados da casa de Jacó. Buscam-me cada dia e desejam conhecer meus propósitos, como gente
que pratica a justiça e não abandonou a lei de Deus.

V. Meu sacrifício é minha alma penitente.
R. Não desprezeis um coração arrependido!

Oração

Senhor Deus, que enviastes vosso anjo para mostrar ao centurião Cornélio o caminho da
vida, concedei-nos trabalhar com alegria para a salvação da humanidade, a fim de que,
unidos todos na vossa Igreja, possamos chegar até vós. Por Cristo, nosso Senhor.

Conclusão da Hora

V. Bendigamos ao Senhor.
R. Demos graças a Deus.


COMPLETAS

V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Depois, recomenda-se o exame de consciência (...)

Hino

Agora que o clarão da luz se apaga,
a vós nós imploramos, Criador:
com vossa paternal misericórdia,
guardai-nos sob a luz do vosso amor.

Os nossos corações sonhem convosco:
no sono, possam eles vos sentir.
Cantemos novamente a vossa glória
ao brilho da manhã que vai surgir.

Saúde concedei-nos nesta vida,
as nossas energias renovai;
da noite a pavorosa escuridão
com vossa claridade iluminai.

Ó Pai, prestai ouvido às nossas preces,
ouvi-nos por Jesus, nosso Senhor,
que reina para sempre em vossa glória,
convosco e o Espírito de Amor.

Salmodia

Ant. Não escondais vossa face de mim,
porque em vós coloquei a esperança!

Salmo 142(143),1-11

Prece na aflição
Ninguém é justificado por observar a Lei de Moisés, mas por crer em Jesus Cristo (Gl 2,16).

–1 Ó Senhor, escutai minha prece, *
ó meu Deus, atendei minha súplica!
– Respondei-me, ó vós, Deus fiel, *
escutai-me por vossa justiça! –

=2 Não chameis vosso servo a juízo, †
pois diante da vossa presença *
não é justo nenhum dos viventes.

–3 O inimigo persegue a minha alma, *
ele esmaga no chão minha vida
– e me faz habitante das trevas, *
como aqueles que há muito morreram.
–4 Já em mim o alento se extingue, *
o coração se comprime em meu peito!

=5 Eu me lembro dos dias de outrora †
e repasso as vossas ações, *
recordando os vossos prodígios.
=6 Para vós minhas mãos eu estendo; †
minha alma tem sede de vós, *
como a terra sedenta e sem água.

–7 Escutai-me depressa, Senhor, *
o espírito em mim desfalece!
= Não escondais vossa face de mim! †
Se o fizerdes, já posso contar-me *
entre aqueles que descem à cova!

–8 Fazei-me cedo sentir vosso amor, *
porque em vós coloquei a esperança!
– Indicai-me o caminho a seguir, *
pois a vós eu elevo a minha alma!
–9 Libertai-me dos meus inimigos, *
porque sois meu refúgio, Senhor!

–10 Vossa vontade ensinai-me a cumprir, *
porque sois o meu Deus e Senhor!
– Vosso Espírito bom me dirija *
e me guie por terra bem plana!

–11 Por vosso nome e por vosso amor *
conservai, renovai minha vida!
– Pela vossa justiça e clemência, *
arrancai a minha alma da angústia!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Não escondais vossa face de mim,
porque em vós coloquei a esperança!

Leitura breve 1Pd 5,8-9a

Sede sóbrios e vigilantes. O vosso adversário, o diabo, rodeia como um leão a rugir, procurando
a quem devorar. Resisti-lhe, firmes na fé.

Responsório breve

R. Senhor, em vossas mãos
* Eu entrego o meu espírito. R. Senhor.
V. Vós sois o Deus fiel, que salvastes vosso povo.
* Eu entrego. Glória ao Pai. R.Senhor.

Cântico evangélico, ant.

Salvai-nos, Senhor, quando velamos,
guardai-nos também quando dormimos!
Nossa mente vigie com o Cristo,
nosso corpo repouse em sua paz!

Cântico de Simeão Lc 2,29-32

Cristo, luz das nações e glória de seu povo

–29 Deixai, agora, vosso servo ir em paz, *
conforme prometestes, ó Senhor.

–30 Pois meus olhos viram vossa salvação *
31 que preparastes ante a face das nações:

–32 uma Luz que brilhará para os gentios *
e para a glória de Israel, o vosso povo.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Salvai-nos, Senhor, quando velamos,
guardai-nos também quando dormimos!
Nossa mente vigie com o Cristo,
nosso corpo repouse em sua paz!

Oração

Iluminai, Senhor, esta noite e fazei-nos dormir tranqüilamente, para que em vosso nome nos
levantemos alegres ao clarear do novo dia. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

O Senhor todo-poderoso nos conceda uma noite tranqüila
e, no fim da vida, uma morte santa.
R. Amém.

Antífona final de Nossa Senhora

À vossa proteção recorremos, santa Mãe de Deus;
não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades,
mas livrai-nos sempre de todos os perigos,
ó Virgem gloriosa e bendita.
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by