Os videntes são confiáveis? – Parte V

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012


“SATANÁS QUER UTILIZAR O TEMPO LIVRE DE VOCÊS EM VANTAGEM PRÓPRIA”

Por trás das coisas efêmeras que o mundo oferece se esconde a ação traiçoeira da serpente. Maria é mãe, e em Medjugorje Ela é, de uma maneira toda especial, a Mãe dos jovens. Portanto, não é de se surpreender que Ela entre no concreto para indicar aos seus filhos os perigos que estão correndo. ‘Satanás – adverte – quer utilizar o tempo livre de vocês em vantagem própria’. Fiquei sempre muito impressionado com esta alusão tão pertinente a uma situação específica de vida em que se encontram os nossos jovens.

De fato, se um jovem não está envolvido com o estudo ou o trabalho, é bem difícil que não sofra graves desvios. O trabalho de sedução começa com o tempo livre, o qual não é, em si mesmo, algo de negativo, mas o eterno enganador vê nele uma oportunidade para desenvolver sua obra de sedução. O que fazem os nossos jovens com o tempo livre? Uma vez, Nossa Senhora convidou todos a irem à natureza. Há, portanto, uma maneira positiva de empregar os momentos de liberdade, restabelecendo-nos no corpo e no espírito.

O tempo livre, porém, pode tornar-se uma oportunidade satânica quando é utilizado para prejudicar o corpo e a alma. Tudo aquilo que é diabólico tem a aparência de bem, mas, na realidade, nos empobrece, nos esvazia e nos destrói. Não é difícil identificar nas discotecas, na droga, no sexo livre e no dinheiro fácil os meios com os quais satanás se apodera da vida dos nossos jovens para levá-los à ruína.

Gostaria de me deter um momento na discoteca, em relação à qual infelizmente não faltam vozes que minimizam seus efeitos negativos. Como estatísticas consolidadas demonstram, a discoteca é o lugar onde muitos jovens se drogam, começando aquela obra de demolição de si mesmos que os levará a se tornarem cadáveres ambulantes. Mas, mesmo quando não induz à droga, a discoteca manifesta igualmente sua obra venenosa com a música que atordoa, com o álcool que embriaga e o sexo degradado pelo instinto.

Leva-nos a refletir o fato de que, para um terço dos jovens italianos, a discoteca é a razão mesma de sua vida, que dá sentido à sua semana e sem a qual não poderiam viver. O engano satânico é perfeito na medida em que aquele que é “homicida e mentiroso desde o princípio” fechou grande parte da nossa juventude nestas imensas câmeras de gás, iludindo-a de encontrar-se no paraíso. Não é por acaso que muitas discotecas têm este nome. Mas não há dúvida de que nos paraísos satânicos se sente logo o cheiro de enxofre do vazio, da infelicidade e do desespero.

Como não ver a armadilha do demônio no espetáculo fúnebre destes jovens que voltam para casa como zumbis na madrugada do domingo para desmaiar na cama, incapazes de ver o sol no dia do Senhor e de compartilhar com a família a alegria de estar juntos? O dia da luz tornou-se para eles o dia da escuridão; o dia da vida se transformou no dia da morte; o dia do Senhor se transformou no dia do maligno.

Parece-me oportuno assinalar de um modo mais detalhado outro engano com o qual satanás se apodera dos nossos filhos, utilizando seu tempo livre. Gostaria de fazer alusão ao sexo livre. A este respeito existe, na pregação e na catequese ordinária de muitos homens da Igreja, um silêncio que surpreende, como se a luxúria não fosse um dos sete pecados capitais. Não há dúvida de que, através das desordens sexuais, satanás leva grande parte da nossa juventude à degradação, impedindo-a de descobrir a beleza do desígnio de Deus sobre o amor e a sexualidade e, portanto, sobre o matrimônio e a família.

Nossa Senhora, em Medjugorje, não deixou de fazer apelos bem precisos aos seis videntes e, através deles, a todos os jovens, para ajudá-los a não se deixar seduzir por uma sociedade atolada na mais miserável imoralidade que a história do mundo conheceu. No caminho da humanidade, sempre existiram distúrbios sexuais, mesmo os mais graves, mas nunca se havia atingido a exaltação do sexo livre como no nosso tempo, exaltando a imoralidade e ridicularizando a virtude com a força desavergonhada dos meios de comunicação de hoje. Ontem, o mal se escondia, hoje se exibe. A vergonha desapareceu, o atrevimento alastra-se por toda a parte. A depravação e a obscenidade são os mestres reverenciados da nossa juventude.

Fiquei muito impressionado com a imagem que Nossa Senhora usou para caracterizar o inferno. Com efeito, além de pessoas que, caindo no fogo, se transformam em animais horríveis, o que mais impressionou os videntes foi a figura de uma jovem, de cabelos louros compridos, indubitavelmente símbolo dos que cometem os pecados de luxúria. A vidente Marija, a este respeito, disse: ‘No final, vimos o inferno. Vimos como que um grande fogo e, no centro, uma jovem muito bonita que entrou neste fogo e depois saiu, tendo-se tornado semelhante a uma besta...’.

Vicka, que, junto com Jakov, foi levada fisicamente por Nossa Senhora para ver o Paraíso, o Purgatório e o inferno, usa uma linguagem muito mais colorida, mas idêntica na substância: ‘Parecem todos diabos. Sofrem. Deus nos livre disso! Não reconheci ninguém. Apenas vi de nova aquela prostituta loura e com chifres. Ela sofre em meio ao fogo; e os diabos estão ao seu redor. É simplesmente horrível’. Vicka vira aquela mulher pela primeira vez quando, algum tempo antes, Nossa Senhora havia mostrado o inferno a ela, Marija e Jakov.

Por sua vez, Mirjana foi protagonista de uma experiência bem singular, que eu não ouvi, porém, de sua boca, mas através de Vicka, que a relatou várias vezes aos peregrinos. Enquanto se preparava para a aparição de Nossa Senhora, eis que, de improviso, surge diante dela um jovem de aspecto atraente, o qual procurou persuadi-la a não seguir Nossa Senhora e suas mensagens, mas, ao contrário, a incentivava a gozar a vida no mundo. Mirjana reagiu, rejeitando-o com muita decisão. Pouco depois, Nossa Senhora lhe apareceu e lhe explicou como satanás procura atrair-nos para si, apresentando-se com aparência sedutora. À primeira vista, pode parecer um conto de outros tempos, dificilmente acreditável aos homens de hoje. Na verdade, através deste episódio Nossa Senhora demonstra conhecer muito bem os perigos que correm os nossos jovens. Com muita facilidade eles são arrastados pelo caminho do mal pelas más companhias, deixando-se persuadir pelas pessoas da sua idade a seguir a estrada fácil e larga, ao longo da qual procuram em vão a liberdade e felicidade.

Diante desta imponente obra de sedução implantada no mundo contemporâneo, por trás da qual opera a força e a astúcia do inimigo, como reagir? Que armas usar para vencer a batalha e levar a juventude de volta para Deus? A oração, o exemplo, o amor. (a ser continuado)
Traduzido do italiano para o português por Tania
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by