Domingo I Semana da Quaresma

domingo, 26 de fevereiro de 2012




LAUDES

V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Hino


Humildes, ajoelhados
na prece que a fé inspira,
ao justo Juiz roguemos
que abrande o rigor da ira.

Ferimos por nossas culpas
o vosso infinito amor.
A vossa misericórdia
do alto infundi, Senhor.

Nós somos, embora frágeis,
a obra de vossa mão;
a honra do vosso nome
a outros não deis, em vão.

Senhor, destruí o mal,
fazei progredir o bem;
possamos louvar-vos sempre,
e dar-vos prazer também.

Conceda o Deus Uno e Trino,
que a terra e o céu sustém,
que a graça da penitência
dê frutos em nós. Amém.

Salmodia

Ant. 1 Quero, assim, vos louvar pela vida
e elevar para vós minhas mãos.

Salmo 62 (63), 2-9.

Sede de Deus
Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

— Sois vós, ó Senhor, o meu Deus!*
Desde a aurora ansioso vos busco!
= A minh'alma tem sede de vós,+
minha carne também vos deseja,*
como terra sedenta e sem água!

— Venho, assim, contemplar-vos no templo,*
para ver vossa glória e poder.
— Vosso amor vale mais do que a vida:*
e por isso meus lábios vos louvam.

— Quero, pois, vos louvar pela vida,*
e elevar para vós minhas mãos!
— A minh'alma será saciada,*
como em grande banquete de festa;

— cantará a alegria em meus lábios,*
ao cantar para vós meu louvor!
— Para mim fostes sempre um socorro;*
de vossas asas à sombra eu exulto!
— Minha alma se agarra em vós;*
com poder vossa mão me sustenta.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Quero, assim, vos louvar pela vida
e elevar para vós minhas mãos.

Ant. 2 Cantai ao nosso Deus, bendizei-o eternamente.
Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!

Cântico Dn 3,57-88.56

Louvor das criaturas ao Senhor
Louvai o nosso Deus, todos os seus servos (Ap 19,5)

- Obras do Senhor, bendizei o Senhor,*
louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!
- Céus, bendizei o Senhor!
Anjos do Senhor, bendizei o Senhor!

(R. Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!
Ou
R. A ele glória e louvor eternamente)

- Águas do alto céu, bendizei o Senhor!*
Potências do Senhor, bendizei o Senhor!
- Lua e sol, bendizei o Senhor!*
Astros e estrelas bendizei o Senhor!
(R.)
- Chuvas e orvalhos, bendizei o Senhor!*
Brisas e ventos, bendizei o Senhor!
- Fogo e calor, bendizei o Senhor!*
Frio e ardor, bendizei o Senhor!
(R.)
- Orvalhos e garoas, bendizei o Senhor!*
Geada e frio, bendizei o Senhor!

- Gelos e neves, bendizei o Senhor!*
Noites e dias, bendizei o Senhor!
(R.)
- Luzes e trevas, bendizei o Senhor!*
Raios e nuvens, bendizei o Senhor!
-Ilhas e terra, bendizei ao Senhor!*
Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!
(R.)
- Montes e colinas, bendizei o Senhor!*
Plantas da terra, bendizei o Senhor!
- Mares e rios, bendizei o Senhor!*
Fontes e nascentes, bendizei o Senhor!
(R.)
- Baleias e peixes, bendizei o Senhor!*
Pássaros do céu, bendizei o Senhor!
- Feras e rebanhos, bendizei o Senhor!*
Filhos dos homens, bendizei o Senhor!
(R.)
- Filhos de Israel, bendizei o Senhor!*
Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!
- Sacerdotes do Senhor, bendizei o Senhor!*
Servos do Senhor, bendizei o Senhor!
(R.)
- Almas dos justos, bendizei o Senhor!*
Santos e humildes, bendizei o Senhor!
- Jovens Misael,Ananias e Azarias, bendizei o Senhor,*
louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!
(R.)
- ao Pai e ao Filho e ao espírito Santo*
louvemos e exaltemos pelos séculos sem fim!
- Bendito sois, Senhor, no firmamento dos céus!*
Sois digno de louvor e de glória eternamente!
(R.)
No fim deste cântico não se diz Glória ao Pai

Ant. Cantai ao nosso Deus, bendizei-o eternamente.
Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!

Ant. 3 De fato, o Senhor ama o seu povo
e coroa com vitória os seus humildes.

Salmo 149

A alegria e o louvor dos santos
Os filhos da Igreja, novo povo de Deus, se alegrem no seu Rei Cristo Jesus (Hesíquio)

— Cantai ao Senhor Deus um canto novo,*
e o seu louvor na assembléia dos fiéis!

— Alegre-se Israel em quem o fez,*
e Sião se rejubile no seu Rei!

— Com danças glorifiquem o seu nome,*
toquem harpa e tambor em sua honra!

— Porque, de fato, o Senhor ama seu povo*
e coroa com vitória os seus humildes.

— Exultem os fiéis por sua glória,*
e cantando se levantem de seus leitos,

— com louvores do Senhor em sua boca*
e espadas de dois gumes em sua mão,

— para exercer sua vingança entre as nações,*
e infligir o seu castigo entre os povos,

— colocando nas algemas os seus reis,*
e seus nobres entre ferros e correntes,

— para aplicar-lhes a sentença já escrita:*
Eis a glória para todos os seus santos.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. De fato, o Senhor ama o seu povo
e coroa com vitória os seus humildes.

Leitura breve Ne 8,9b.10b

Este é um dia consagrado ao Senhor, nosso Deus! Não fiqueis tristes nem choreis. Pois este dia
é santo para o nosso Senhor. Não fiqueis tristes, porque a alegria do Senhor será a vossa força.

Responsório breve

R. A alegria do Senhor é nossa força e amparo.
* Sois bendito, Senhor Deus, de geração em geração. R. A alegria.
V. Seja bendito vosso nome glorioso, que céu e terra vos exaltem, sem cessar!
* Sois bendito. Glória ao Pai. R. A alegria.

CÂNTICO EVANGÉLICO(BENEDICTUS) Lc 1,68-79

Ant. Durante esses dias, Jesus não comeu coisa alguma.
Passados que foram esses dias, ele, então, sentiu fome.

O Messias e seu Precursor

–68 Bendito seja o Senhor Deus de Israel, *
que a seu povo visitou e libertou;

–69 e fez surgir um poderoso Salvador *
na casa de Davi, seu servidor,

–70 como falara pela boca de seus santos, *
os profetas desde os tempos mais antigos,

–71 para salvar-nos do poder dos inimigos *
e da mão de todos quantos nos odeiam.

–72 Assim mostrou misericórdia a nossos pais, *
recordando a sua santa Aliança

–73 e o juramento a Abraão, o nosso pai, *
de conceder-nos 74 que, libertos do inimigo,

= a ele nós sirvamos sem temor †
75 em santidade e em justiça diante dele, *
enquanto perdurarem nossos dias.

=76 Serás profeta do Altíssimo, ó menino, †
pois irás andando à frente do Senhor *
para aplainar e preparar os seus caminhos,

–77 anunciando ao seu povo a salvação, *
que está na remissão de seus pecados;

–78 pelo amor do coração de nosso Deus, *
Sol nascente que nos veio visitar

–79 lá do alto como luz resplandecente *
a iluminar a quantos jazem entre as trevas

= e na sombra da morte estão sentados †
e para dirigir os nossos passos, *
guiando-nos no caminho da paz.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Durante esses dias, Jesus não comeu coisa alguma.
Passados que foram esses dias, ele, então, sentiu fome.

Preces

Bendigamos o nosso Redentor que na sua bondade nos concede este tempo de salvação; e supliquemos:

R. Criai em nós, Senhor, um espírito novo!

Cristo, nossa vida, que pelo batismo nos sepultastes sacramentalmente convosco na morte para que também convosco ressuscitemos,
– ajudai-nos hoje a ser fiéis à vida nova que recebemos. R.

Senhor Jesus, que passastes pelo mundo fazendo o bem,
– tornai-nos solícitos pelo bem comum de toda a humanidade. R.

Ensinai-nos a trabalhar generosamente na construção da cidade terrena,
– e ao mesmo tempo buscar a cidade celeste. R.

Médico dos corpos e das almas, curai as feridas do nosso coração,
– para progredirmos sempre no caminho da santidade. R.

(intenções livres)

Pai nosso...

Oração

Concedei-nos, ó Deus onipotente, que, ao longo desta Quaresma, possamos progredir no
conhecimento de Jesus Cristo e corresponder ao seu amor por uma vida santa.
Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora

O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna. Amém.
Hora Média

V. Vinde, ó Deus em meu auxílio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Hino

O número sagrado,
três vezes três das horas,
abrindo um novo espaço,
nos chama à prece, agora.
Ao nome de Jesus,
perdão seu povo implora.

O Cristo ouviu a prece
sincera do ladrão.
A graça foi-lhe dada,
por sua confissão.
Jesus ouvindo a súplica,
também nos dê perdão.

Agora morre a morte,
vencida pela cruz;
após as trevas densas,
serena, volta a luz;
o horror do mal se quebra,
na mentes Deus reluz.

A Cristo nós rogamos
e ao Pai, eterno Bem,
com seu Divino Espírito,
amor que os sustém,
proteja sua Igreja
agora e sempre. Amém.

Salmodia
-- salmodia complementar --

Ant. Sejamos firmes na provação:
Sua justiça é nossa força

Salmo 117(118)

Canto de alegria e salvação
Ele é a pedra, que vós, os construtores, desprezastes, e que se tornou a pedra angular (At
4,11).

–1 Dai graças ao Senhor, porque ele é bom! *
'Eterna é a sua misericórdia!' –

–2 A casa de Israel agora o diga: *
'Eterna é a sua misericórdia!'
–3 A casa de Aarão agora o diga: *
'Eterna é a sua misericórdia!'
–4 Os que temem o Senhor agora o digam: *
'Eterna é a sua misericórdia!'

–5 Na minha angústia eu clamei pelo Senhor, *
e o Senhor me atendeu e libertou!
–6 O Senhor está comigo, nada temo; *
o que pode contra mim um ser humano?
–7 O Senhor está comigo, é o meu auxílio, *
hei de ver meus inimigos humilhados.

–8 É melhor buscar refúgio no Senhor, *
do que pôr no ser humano a esperança;

–9 é melhor buscar refúgio no Senhor, *
do que contar com os poderosos deste mundo!'

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

II
–10 Povos pagãos me rodearam todos eles, *
mas em nome do Senhor os derrotei;
–11 de todo lado todos eles me cercaram, *
mas em nome do Senhor os derrotei;

=12 como um enxame de abelhas me atacaram, †
como um fogo de espinhos me queimaram, *
mas em nome do Senhor os derrotei.

–13 Empurraram-me, tentando derrubar-me, *
mas veio o Senhor em meu socorro.
–14 O Senhor é minha força e o meu canto, *
e tornou-se para mim o Salvador. –

–15 'Clamores de alegria e de vitória*
ressoem pelas tendas dos fiéis.
=16 A mão direita do Senhor fez maravilhas, †
a mão direita do Senhor me levantou, *
a mão direita do Senhor fez maravilhas!'

–17 Não morrerei, mas, ao contrário, viverei *
para cantar as grandes obras do Senhor!
–18 O Senhor severamente me provou, *
mas não me abandonou às mãos da morte.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

III
–19 Abri-me vós, abri-me as portas da justiça; *
quero entrar para dar graças ao Senhor!
–20 'Sim, esta é a porta do Senhor, *
por ela só os justos entrarão!'
–21 Dou-vos graças, ó Senhor, porque me ouvistes *
e vos tornastes para mim o Salvador!

–22 'A pedra que os pedreiros rejeitaram, *
tornou-se agora a pedra angular.
–23 Pelo Senhor é que foi feito tudo isso: *
Que maravilhas ele fez a nossos olhos!
–24 Este é o dia que o Senhor fez para nós, *
alegremo-nos e nele exultemos!

–25 Ó Senhor, dai-nos a vossa salvação, *
ó Senhor, dai-nos também prosperidade!'
–26 Bendito seja, em nome do Senhor, *
aquele que em seus átrios vai entrando!
– Desta casa do Senhor vos bendizemos. *
27 Que o Senhor e nosso Deus nos ilumine! –

– Empunhai ramos nas mãos, formai cortejo, *
aproximai-vos do altar, até bem perto!
–28 Vós sois meu Deus, eu vos bendigo e agradeço! *
Vós sois meu Deus, eu vos exalto com louvores!
–29 Dai graças ao Senhor, porque ele é bom! *
'Eterna é a sua misericórdia!'

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Sejamos firmes na provação:
Sua justiça é nossa força



Leitura breve Dt 4,29-31



Quando buscares o Senhor teu Deus, tu o encontrarás, se o buscares com todo o teu coração e

com toda a tua alma. Na tua angústia, depois que tiverem acontecido contigo todas as coisas

que foram preditas, nos últimos tempos, tu voltarás para o Senhor teu Deus, e ouvirás a sua voz.

Pois o Senhor teu Deus é um Deus misericordioso, que não te abandona, que não te extinguirá

inteiramente, nem se esquecerá da aliança que, sob juramento, estabeleceu com teus pais.



V. Meu sacrifício é minha alma penitente.

R. Não desprezeis um coração arrependido!

Oração como no Próprio do Tempo.

Conclusão da Hora

V. Bendigamos ao Senhor.
R. Demos graças a Deus.

COMPLETAS

V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Depois, recomenda-se o exame de consciência (...)

Hino

Agora que o clarão da luz se apaga,
a vós nós imploramos, Criador:
com vossa paternal misericórdia,
guardai-nos sob a luz do vosso amor.

Os nossos corações sonhem convosco:
no sono, possam eles vos sentir.
Cantemos novamente a vossa glória
ao brilho da manhã que vai surgir.

Saúde concedei-nos nesta vida,
as nossas energias renovai;
da noite a pavorosa escuridão
com vossa claridade iluminai.

Ó Pai, prestai ouvido às nossas preces,
ouvi-nos por Jesus, nosso Senhor,
que reina para sempre em vossa glória,
convosco e o Espírito de Amor.

Salmodia

Ant. Não temerás terror algum durante a noite:
o Senhor te cobrirá com suas asas.

Salmo 90(91)

Sob a proteção do Altíssimo
Eu vos dei o poder de pisar em cima de cobras e escorpiões (Lc 10,19).

–1 Quem habita ao abrigo do Altíssimo *
e vive à sombra do Senhor onipotente,
–2 diz ao Senhor: 'Sois meu refúgio e proteção, *
sois o meu Deus, no qual confio inteiramente'.

–3 Do caçador e do seu laço ele te livra. *
Ele te salva da palavra que destrói.
–4 Com suas asas haverá de proteger-te, *
com seu escudo e suas armas, defender-te.

–5 Não temerás terror algum durante a noite, *
nem a flecha disparada em pleno dia;
–6 nem a peste que caminha pelo escuro, *
nem a desgraça que devasta ao meio-dia;

=7 Podem cair muitos milhares a teu lado, †
podem cair até dez mil à tua direita: *
nenhum mal há de chegar perto de ti.

–8 Os teus olhos haverão de contemplar *
o castigo infligido aos pecadores;
–9 pois fizeste do Senhor o teu refúgio, *
e no Altíssimo encontraste o teu abrigo.

–10 Nenhum mal há de chegar perto de ti, *
nem a desgraça baterá à tua porta;
–11 pois o Senhor deu uma ordem a seus anjos *
para em todos os caminhos te guardarem.

–12 Haverão de te levar em suas mãos, *
para o teu pé não se ferir nalguma pedra.
–13 Passarás por sobre cobras e serpentes, *
pisarás sobre leões e outras feras.

–14 'Porque a mim se confiou, hei de livrá-lo *
e protegê-lo, pois meu nome ele conhece.
–15 Ao invocar-me hei de ouvi-lo e atendê-lo, *
e a seu lado eu estarei em suas dores.

= Hei de livrá-lo e de glória coroá-lo, †
16 vou conceder-lhe vida longa e dias plenos, *
e vou mostrar-lhe minha graça e salvação'.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Não temerás terror algum durante a noite:
o Senhor te cobrirá com suas asas.

Leitura breve Ap 22,4-5

Verão a sua face e o seu nome estará sobre suas frontes. Não haverá mais noite: não se precisará
mais da luz da lâmpada, nem da luz do sol, porque o Senhor Deus vai brilhar sobre eles e eles
reinarão por toda a eternidade.

Responsório breve

R. Senhor, em vossas mãos
* Eu entrego o meu espírito. R. Senhor.
V. Vós sois o Deus fiel, que salvastes vosso povo.
* Eu entrego. Glória ao Pai. R.Senhor.

Cântico evangélico, ant.

Salvai-nos, Senhor, quando velamos,
guardai-nos também quando dormimos!
Nossa mente vigie com o Cristo,
nosso corpo repouse em sua paz!

Cântico de Simeão Lc 2,29-32

Cristo, luz das nações e glória de seu povo

–29 Deixai, agora, vosso servo ir em paz, *
conforme prometestes, ó Senhor.

–30 Pois meus olhos viram vossa salvação *
31 que preparastes ante a face das nações:

–32 uma Luz que brilhará para os gentios *
e para a glória de Israel, o vosso povo.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Salvai-nos, Senhor, quando velamos,
guardai-nos também quando dormimos!
Nossa mente vigie com o Cristo,
nosso corpo repouse em sua paz!

Oração

Depois de celebrarmos neste dia a ressurreição do vosso Filho, nós vos pedimos, humildemente,
Senhor, que descansemos seguros em vossa paz e despertemos alegres para cantar vosso louvor.
Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

O Senhor todo-poderoso nos conceda uma noite tranqüila
e, no fim da vida, uma morte santa.
R. Amém.

Antífona final de Nossa Senhora

Ave, Rainha do céu;
ave, dos anjos Senhora;
ave, raiz, ave, porta;
da luz do mundo és aurora.
Exulta, ó Virgem tão bela,
as outras seguem-te após;
nós te saudamos: adeus!
E pede a Cristo por nós!
Virgem Mãe, ó Maria!
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by