Terça Feira IV Semana do Advento

terça-feira, 20 de dezembro de 2011




LAUDES

V. Vinde, ó Deus em meu auxílio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino
Os profetas, com voz poderosa,
anunciam a vinda de Cristo,
proclamando a feliz salvação,
que liberta no tempo previsto.

Ao fulgor da manhã radiosa,
arde em fogo o fiel coração,
quando a voz, portadora de glória,
faz no mundo soar seu pregão.

Não foi para punir este mundo
que ele veio na vinda primeira.
Ele veio sarar toda chaga
e salvar quem no mal perecera.

Mas a vinda segunda anuncia
que o Cristo Senhor vai chegar,
para abrir-nos as portas do reino
e os eleitos no céu coroar.

Luz eterna nos é prometida
e se eleva o astro-rei salvador,
que nos chama à grandeza celeste
com a luz do divino esplendor.

Ó Jesus, só a vós desejamos
para sempre no céu contemplar,
e por vossa visão saciados,
glória eterna sem fim vos cantar.


Salmo 5,2-10.12-13

Oração da manhã para pedir ajuda
Aqueles que acolherem interiormente a Palavra de Cristo nele exultarão eternamente.

Ant. 1 Eis que vem o Senhor, Rei dos reis do universo.
Feliz quem está pronto para ir-lhe ao encontro!


–2 Escutai, ó Senhor Deus, minhas palavras, *
atendei o meu gemido!
–3 Ficai atento ao clamor da minha prece, *
ó meu Rei e meu Senhor!

–4 É a vós que eu dirijo a minha prece; *
de manhã já me escutais!
– Desde cedo eu me preparo para vós, *
e permaneço à vossa espera.

–5 Não sois um Deus a quem agrade a iniqüidade, *
não pode o mau morar convosco;
–6 nem os ímpios poderão permanecer *
perante os vossos olhos.

–7 Detestais o que pratica a iniqüidade *
e destruís o mentiroso.
– Ó Senhor, abominais o sanguinário, *
o perverso e enganador.

–8 Eu, porém, por vossa graça generosa, *
posso entrar em vossa casa.
– E, voltado reverente ao vosso templo, *
com respeito vos adoro.

–9 Que me posa conduzir vossa justiça, *
por causa do inimigo!
– À minha frente aplainai vosso caminho, *
e guiai meu caminhar! –

–10 Não há, nos lábios do inimigo, lealdade: *
seu coração trama ciladas;
– sua garganta é um sepulcro escancarado *
e sua língua é lisonjeira.

–12 Mas exulte de alegria todo aquele *
que em vós se refugia;
– sob a vossa proteção se regozijem, *
os que amam vosso nome!

–13 Porque ao justo abençoais com vosso amor, *
e o protegeis como um escudo!

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Ant. Eis que vem o Senhor, Rei dos reis do universo.
Feliz quem está pronto para ir-lhe ao encontro!


Cântico 1Cr 29,10-13
Honra e glória, só a Deus
Bendito seja o Deus e Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo (Ef 1,3).

Ant. 2 Cantai ao Senhor Deus um canto novo,
louvor a Ele dos confins de toda a terra.


=10 Bendito sejais vós, ó Senhor Deus, †
Senhor Deus de Israel, o nosso pai, *
desde sempre e por toda a eternidade!

=11 A vós pertencem a grandeza e o poder, †
toda a glória, esplendor e majestade,*
pois tudo é vosso: o que há no céu e sobre a terra!

= A vós, Senhor, também pertence a realeza, †
pois sobre a terra, como rei, vos elevais! *
12 Toda glória e riqueza vêm de vós!

= Sois o Senhor e dominais o universo, †
em vossa mão se encontra a força e o poder, *
em vossa mão tudo se afirma e tudo cresce!

=13 Agora, pois, ó nosso Deus, eis-nos aqui! †
e, agradecidos, nós queremos vos louvar *
e celebrar o vosso nome glorioso!

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Ant. Cantai ao Senhor Deus um canto novo,
louvor a Ele dos confins de toda a terra.


Salmo 28(29)

A voz poderosa de Deus
Do céu veio uma voz que dizia: ´Este é o meu Filho amado, no qual eu pus o meu agrado´ (Mt 3,17).

Ant. 3 Quando o Filho do homem vier,
encontrará ainda fé sobre a terra?


–1 Filhos de Deus, tributai ao Senhor, *
tributai-lhe a glória e o poder!
–2 Dai-lhe a glória devida ao seu nome; *
adorai-o com santo ornamento!

–3 Eis a voz do Senhor sobre as águas, *
sua voz sobre as águas imensas!
=4 Eis a voz do Senhor com poder! †
Eis a voz do Senhor majestosa, *
sua voz no trovão reboando!

–5 Eis que a voz do Senhor quebra os cedros, *
o Senhor quebra os cedros do Líbano.
–6 Faz o Líbano saltar qual novilho, *
e o Sarion como um touro selvagem!

=7 Eis que a voz do Senhor lança raios, †
8 a voz de Deus faz tremer o deserto, *
faz tremer o deserto de Cades.

=9 Voz de Deus que contorce os carvalhos, †
voz de Deus que devasta as florestas! *
No seu templo os fiéis bradam: ´Glória!´

–10 É o Senhor que domina os dilúvios, *
o Senhor reinará para sempre.
–11 Que o Senhor fortaleça o seu povo, *
e abençoe com paz o seu povo!

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Ant. Quando o Filho do homem vier,
encontrará ainda fé sobre a terra?

Leitura breve Gn 49,10
O cetro não será tirado de Judá, nem o bastão de comando dentre seus pés, até que venha Aquele a quem pertencem, e a quem obedecerão os povos.

Responsório breve
R. Que o universo rejubile e dê

* Pois o Senhor há de chegar!

V. Verdade e amor se encontra
* Pois o Senhor. Glória ao R.Que o universo.

CÂNTICO EVANGÉLICO (BENEDICTUS) Lc 1,68-79
Ant. O anjo Gabriel foi enviado
à esposa de José, Virgem Maria.

O Messias e seu Precursor

–68 Bendito seja o Senhor Deus de Israel, *
que a seu povo visitou e libertou;

–69 e fez surgir um poderoso Salvador *
na casa de Davi, seu servidor,

–70 como falara pela boca de seus santos, *
os profetas desde os tempos mais antigos,

–71 para salvar-nos do poder dos inimigos *
e da mão de todos quantos nos odeiam.

–72 Assim mostrou misericórdia a nossos pais, *
recordando a sua santa Aliança

–73 e o juramento a Abraão, o nosso pai, *
de conceder-nos 74 que, libertos do inimigo,

= a ele nós sirvamos sem temor †
75 em santidade e em justiça diante dele, *
enquanto perdurarem nossos dias.

=76 Serás profeta do Altíssimo, ó menino, †
pois irás andando à frente do Senhor *
para aplainar e preparar os seus caminhos,

–77 anunciando ao seu povo a salvação, *
que está na remissão de seus pecados;

–78 pelo amor do coração de nosso Deus, *
Sol nascente que nos veio visitar

–79 lá do alto como luz resplandecente *
a iluminar a quantos jazem entre as trevas

= e na sombra da morte estão sentados †
e para dirigir os nossos passos, *
guiando-nos no caminho da paz.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.
Ant. O anjo Gabriel foi enviado
à esposa de José, Virgem Maria.

Preces

Oremos, irmãos e irmãs caríssimos, ao Cristo Senhor, luz que ilumina todo homem; e aclamemos com alegria:
R. Vinde, Senhor Jesus!

Dissipai, Senhor, as nossas trevas com a luz da vossa presença,
– e tornai-nos dignos de receber os vossos dons.

Salvai-nos, Senhor nosso Deus,

Inflamai nossos corações para que tenham ardente sede de vós,
– e com todo o desejo busquem a união convosco.

Vós, que assumistes todas as nossas enfermidades, exceto o pecado,
– socorrei hoje os enfermos e agonizantes. R.
(intenções livres)

Pai nosso...

Oração

Senhor Deus, ao anúncio do Anjo, a Virgem imaculada acolheu vosso Verbo inefável e, como habitação da divindade, foi inundada pela luz do Espírito Santo. Concedei que, a seu exemplo, abracemos humildemente a vossa vontade. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora
Não havendo presbítero ou diácono e na recitação individual:
V. O Senhor nos abençoe, nos livre de todo mal e nos conduza à vida eterna.
R. Amém.

Se um presbítero ou diácono preside o Ofício:
V. O Senhor esteja convosco.
R. Ele está no meio de nós.
V. Abençoe-vos Deus todo poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo.
R. Amém.
V. Ide em paz e o Senhor vos acompanhe.
R. Graças a Deus


VÉSPERAS

V. Vinde, ó Deus em meu auxílio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino
Recebe, Virgem Maria,
no casto seio materno,
dos céus, o Verbo Divino
vindo da boca do Eterno.
Fecunda, a sombra do Espírito
do alto céu te ilumina,
para gerares um Filho
de natureza divina.
A porta santa do templo
eternamente fechado,
feliz e pronta se abre,
somente ao Rei esperado.
Desceu à terra o Senhor,
por Gabriel anunciado;
promessa antiga aos profetas,
antes da aurora gerado.
Exulta o coro dos anjos,
a terra canta louvor:
Para salvar os perdidos,
humilde, vem o Senhor.
Ó Cristo, Rei piedoso,
a Vós e ao Pai toda a glória,
Com o Espírito Santo:
eterna honra e vitória.

Salmo 10(11)

Confiança inabalável em Deus
Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados (Mt 5,6).

Ant. 1 Eis que vem o Senhor, Rei dos reis do universo.
Feliz quem está pronto para ir-lhe ao encontro!


=1 No Senhor encontro abrigo; †
como, então, podeis dizer-me: *
´Voa aos montes, passarinho!

–2 Eis os ímpios de arcos tensos, *
pondo as flechas sobre as cordas,
– e alvejando em meio à noite *
os de reto coração!

=3 Quando os próprios fundamentos †
do universo se abalaram, *
o que pode ainda o justo?´

–4 Deus está no templo santo, *
e no céu tem o seu trono;
– volta os olhos para o mundo, *
seu olhar penetra os homens.

–5 Examina o justo e o ímpio, *
e detesta o que ama o mal.
=6 Sobre os maus fará chover †
fogo, enxofre e vento ardente, *
como parte de seu cálice.

–7 Porque justo é nosso Deus, *
o Senhor ama a justiça.
– Quem tem reto coração *
há de ver a sua face.
– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Ant. Eis que vem o Senhor, Rei dos reis do universo.
Feliz quem está pronto para ir-lhe ao encontro!


Salmo 14(15)

Quem é digno aos olhos de Deus?
Vós vos aproximastes do monte Sião e da Cidade do Deus vivo (Hb 12,22).

Ant. 2 Cantai ao Senhor Deus um canto novo,
louvor a Ele dos confins de toda a terra.


–1 ´Senhor, quem morará em vossa casa *
e em vosso Monte santo habitará?´

–2 É aquele que caminha sem pecado *
e pratica a justiça fielmente;
– que pensa a verdade no seu íntimo *
3 e não solta em calúnias sua língua;

– que em nada prejudica o seu irmão, *
nem cobre de insultos seu vizinho;
–4 que não dá valor algum ao homem ímpio, *
mas honra os que respeitam o Senhor;

– que sustenta o que jurou, mesmo com dano; *
5 não empresta o seu dinheiro com usura,
– nem se deixa subornar contra o inocente. *
Jamais vacilará quem vive assim!
– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Ant. Cantai ao Senhor Deus um canto novo,
louvor a Ele dos confins de toda a terra.


Cântico Ef 1,3-10

O plano divino da salvação

Ant. 3 Quando o Filho do homem vier,
encontrará ainda fé sobre a terra?


–3 Bendito e louvado seja Deus, *
o Pai de Jesus Cristo, Senhor nosso,
– que do alto céu nos abençoou em Jesus Cristo *
com bênção espiritual de toda sorte!

(R. Bendito sejais vós, nosso Pai,
que nos abençoastes em Cristo!)

–4 Foi em Cristo que Deus Pai nos escolheu, *
já bem antes de o mundo ser criado,
– para que fôssemos, perante a sua face, *
sem mácula e santos pelo amor.(R.)

=5 Por livre decisão de sua vontade, †
predestinou-nos, através de Jesus Cristo, *
a sermos nele os seus filhos adotivos,
–6 para o louvor e para a glória de sua graça,*
que em seu Filho bem-amado nos doou.(R.)

–7 É nele que nós temos redenção, *
dos pecados remissão pelo seu sangue.
= Sua graça transbordante e inesgotável †
8 Deus derrama sobre nós com abundância, *
de saber e inteligência nos dotando.(R.)

–9 E assim, ele nos deu a conhecer *
o mistério de seu plano e sua vontade,
– que propusera em seu querer benevolente, *
10 na plenitude dos tempos realizar:
– o desígnio de, em Cristo, reunir *
todas as coisas: as da terra e as do céu. (R.)
– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Ant. Quando o Filho do homem vier,
encontrará ainda fé sobre a terra?

Leitura Breve Tg 5,7-8.9b

Irmãos, ficai firmes até à vinda do Senhor. Vede o agricultor:
ele espera o precioso fruto da terra e fica firme até cair a chuva do outono ou da primavera. Também vós ficai firmes e fortalecei vossos corações, porque a vinda do Senhor está próxima. Eis que o juiz está à portas.

Responsório breve

R. A vós, ó Deus, a nossa gratidão:
* Vosso nome está perto. R. A vós, ó Deus.
V. De vós, Senhor, virá a renovação. * Vosso nome.
Glória ao Pai. R. A vós, ó Deus.

Cântico evangélico (MAGNIFICAT) Lc 1,46-55

Ant. Alegrai-vos com Sião e exultai por sua causa,
todos vós que amais. Exultai eternamente!

A alegria da alma no Senhor

–46 A minha alma engrandece ao Senhor *
47 e exulta meu espírito em Deus, meu Salvador;
–48 porque olhou para humildade de sua serva, *
doravante as gerações hão de chamar-me de bendita.

–49 O Poderoso fez em mim maravilhas *
e Santo é o seu nome!
–50 Seu amor para sempre se estende *
sobre aqueles que o temem;

–51 manifestou o poder de seu braço, *
dispersou os soberbos;
–52 derrubou os poderosos de seus tronos *
e elevou os humildes;
–53 saciou de bens os famintos, *
despediu os ricos sem nada.
–54 Acolheu Israel, seu servidor, *
fiel ao seu amor,

–55 como havia prometido a nossos pais, *
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Alegrai-vos com Sião e exultai por sua causa,
todos vós que amais. Exultai eternamente!

Preces
Irmãos e irmãs, imploremos a Cristo, a grande luz anunciada
pelos profetas aos que viviam na sombra da morte; e digamos:



Cristo, Palavra de Deus, que no princípio criastes todas as coisas e nos últimos tempos assumistes a nossa natureza humana,
- vinde salvar-nos do pecado e da morte. R.

Luz verdadeira, que iluminais todo homem que vem a este mundo,
- vinde dissipar as trevas da nossa ignorância. R.

Filho unigênito, que estais no seio do Pai,
- vinde revelar a todos as maravilhas do amor de Deus. R.

Cristo Jesus, que viestes para nós como Filho do Homem,
- tornai filhos de Deus todos aqueles que vos receberam.


Vós que abris as portas de todas as prisões,
- admiti ao banquete das núpcias eternas aqueles que esperam a entrada na vossa glória. R.
Pai nosso.

Oração

Senhor Deus, ao anúncio do Anjo, a Virgem imaculada acolheu vosso Verbo inefável e, como habitação da divindade, foi inundada pela luz do Espírito Santo. Concedei que, a seu exemplo, abracemos humildemente a vossa vontade. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora
Não havendo presbítero ou diácono e na recitação individual:
V. O Senhor nos abençoe, nos livre de todo mal e nos conduza à vida eterna.
R. Amém.

Se um presbítero ou diácono preside o Ofício:
V. O Senhor esteja convosco.
R. Ele está no meio de nós.
V. Abençoe-vos Deus todo poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo.
R. Amém.
V. Ide em paz e o Senhor vos acompanhe.
R. Graças a Deus


Ofício das Leituras


V. Vinde, ó Deus em meu auxílio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.
Esta introdução se omite quando o Invitatório precede imediatamente ao Ofício das Leituras.

Hino
Oh vinde depressa,
do seio da virgem,
Beleza dos céus!
O mundo admire:
um tal nascimento
é digno de Deus.

Não germe de homem,
mas sopro divino
no seio o gerou.
O verbo de Deus
se fez nossa carne,
o ventre deu flor.

A vida já cresce
no seio da Virgem
que guarda a pureza.
Deus mora em seu templo
e brilha a virtude
em toda a grandeza.

Que venha o herói
que é homem e é Deus,
do quarto nupcial,
correr glorioso
seu nobre caminho,
a trilha real.

Igual a Deus Pai,
reveste dos homens
a carne, a fraqueza,
e, desta maneira,
nos dá a virtude,
de Deus fortaleza.

Já brilha o presépio,
e um novo esplendor
a noite nos traz.
Que fujam as trevas,
a fé resplandeça
e reine a paz.

A vós, Rei piedoso,
e ao Pai que nos ama,
a glória convém.
Com vosso Espírito
reinais sobre o mundo
nos séculos. Amém.

Salmodia

Ant. 1 Por vossa bondade, salvai-me, Senhor!

Salmo 6

O homem aflito pede clemência ao Senhor
Agora sinto-me angustiado. Pai, livra-me desta hora (Jo 12,27).

–2 Repreendei-me, Senhor, mas sem ira; *
corrigi-me, mas não com furor!
=3 Piedade de mim: estou enfermo †
e curai o meu corpo doente! *
4 Minha alma está muito abatida!

= Até quando, Senhor, até quando.? †
5 Oh! voltai-vos a mim e poupai-me, *
e salvai-me por vossa bondade!

–6 Porque, morto, ninguém vos recorda; *
pode alguém vos louvar no sepulcro?

=7 Esgotei-me de tanto gemer, †
banho o leito em meu pranto de noite, *
minha cama inundei com as lágrimas!
–8 Tenho os olhos turvados de mágoa, *
fiquei velho de tanto sofrer!

–9 Afastai-vos de mim, malfeitores, *
porque Deus escutou meus soluços!
–10 O Senhor escutou meus pedidos; *
o Senhor acolheu minha prece!
–11 Apavorem-se os meus inimigos; *
com vergonha, se afastem depressa!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Por vossa bondade, salvai-me, Senhor!

Ant. 2 O Senhor é o refúgio do oprimido,
seu abrigo nos momentos de aflição.

Salmo 9 A(9)

Ação de graças pela vitória
De novo há de vir em sua glória para julgar os vivos e os mortos

I

–2 Senhor, de coração vos darei graças, *
as vossas maravilhas cantarei!
–3 Em vós exultarei de alegria, *
cantarei ao vosso nome, Deus Altíssimo!

–4 Voltaram para trás meus inimigos, *
perante a vossa face pereceram;
–5 defendestes meu direito e minha causa, *
juiz justo assentado em vosso trono.

–6 Repreendestes as nações, e os maus perdestes, *
apagastes o seu nome para sempre.
=7 O inimigo se arruinou eternamente, †
suas cidades foram todas destruídas, *
e até sua lembrança exterminastes.

–8 Mas Deus sentou-se para sempre no seu trono, *
preparou o tribunal do julgamento;
–9 julgará o mundo inteiro com justiça, *
e as nações há de julgar com eqüidade.

–10 O Senhor é o refúgio do oprimido, *
seu abrigo nos momentos de aflição.
–11 Quem conhece o vosso nome, em vós espera, *
porque nunca abandonais quem vos procura.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. O Senhor é o refúgio do oprimido,
seu abrigo nos momentos de aflição.

Ant. 3 Anunciarei vossos louvores
junto às portas de Sião.

II

–12 Cantai hinos ao Senhor Deus de Sião, *
celebrai seus grandes feitos entre os povos!
–13 Pois não esquece o clamor dos infelizes, *
deles se lembra e pede conta do seu sangue.

=14 Tende pena e compaixão de mim, Senhor! †
Vede o mal que os inimigos me fizeram! *
E das portas dos abismos retirai-me,
=15 para que eu possa anunciar vossos louvores †
junto às portas da cidade de Sião, *
e exultar por vosso auxílio e salvação!

–16 Os maus caíram no buraco que cavaram, *
nos próprios laços foram presos os seus pés.
–17 O Senhor manifestou seu julgamento: *
ficou preso o pecador em seu pecado.

–18 Que tombem no abismo os pecadores *
e toda gente que se esquece do Senhor!
–19 Mas o pobre não será sempre esquecido, *
nem é vã a esperança dos humildes.

–20 Senhor, erguei-vos, não se ufanem esses homens! *
Perante vós sejam julgados os soberbos!
–21 Lançai, Senhor, em cima deles o terror, *
e saibam todos que não passam de mortais!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Anunciarei vossos louvores
junto às portas de Sião.

V. No deserto ressoa uma voz:
Preparai o caminho do Senhor.
R. Aplainai as estradas de Deus.

Primeira leitura
Do Livro do Profeta Isaías 48,1-11

Só Deus é o Senhor do tempo futuro
1 Ouvi isto, casa de Jacó
que tendes o nome de Israel
e emanastes da fonte de Judá,
que jurais no nome do Senhor
e invocais o Deus de Israel
não em verdade nem em justiça.
2 Outros foram chamados da cidade santa
e apoiaram-se sobre o Deus de Israel;
o seu nome é Deus dos exércitos.
3 Desde há muito tempo eu fiz as primeiras revelações;
saíram da minha boca
e eu as fiz ouvir;
eu agi num instante e as coisas apareceram.
4 Sei que és um povo rude,
com nervos de ferro na cabeça,
e que tua fronte é de bronze.
5 Desde há muito tempo eu te fazia predições
e anunciava as coisas antes de acontecerem,
para que não dissesses: “Meu ídolo fez isto;
são obras da estátua ou da imagem fundida”.
6 Tudo que ouviste, podes verificá-lo;
e isto não deve também ser anunciado?
Agora te farei ouvir umas mensagens novas,
ainda em segredo, e que desconheces.
7 São fatos acontecidos agora e não outrora,
antes não ouviste falar deles,
para que não digas: “Olha, eu já sabia disso”.
8 Nem ouviste nem tomaste conhecimento
nem nunca se abriu para eles teu ouvido;
pois eu é que sei quanto és infiel,
e posso te chamar um desleal nato.
9 Por meu nome afastarei para longe minha ira
e por minha honra me dominarei
para não te destruir.
10 Eu te passei pelo fogo, não como prata,
mas para te provar no forno da miséria.
11 Por causa de mim, sim, por causa de mim,
farei com que meu nome não seja blasfemado;
não cederei minha glória a nenhum outro.

Responsório Is 48,10.11; 54,8

R. No cadinho da pobreza eu te provei.
Vou agir por minha causa unicamente,
para que não se profane o meu nome;
* Não cederei a minha glória a nenhum outro.
V. Por pouco tempo te ocultei a minha face,
num ímpeto de grande indignação.
Mas, levado por meu grande amor de sempre,
misericórdia e compaixão eu te mostrei. * Não cederei.

Segunda leitura
Das Homilias em louvor da Virgem Mãe, de São Bernardo, abade
(Hom. 4,8-9: Opera omnia, Edit. Cisterc. 4, [1966], 53-54)
(Séc. XII)

O mundo inteiro espera a resposta de Maria
Ouviste, ó Virgem, que vais conceber e dar à luz um filho, não por obra de homem – tu ouviste – mas do Espírito Santo. O Anjo espera tua resposta: já é tempo de voltar para Deus que o enviou. Também nós, Senhora, miseravelmente esmagados por uma sentença de condenação, esperamos tua palavra de misericórdia.

Eis que te é oferecido o preço de nossa salvação; se consentes, seremos livres. Todos fomos criados pelo Verbo eterno, mas caímos na morte; com uma breve resposta tua seremos recriados e novamente chamados à vida.

Ó Virgem cheia de bondade, o pobre Adão, expulso do paraíso com a sua mísera descendência, implora a tua resposta; Abraão a implora, Davi a implora. Os outros patriarcas, teus antepassados, que também habitam a região da sombra da morte, suplicam esta resposta. O mundo inteiro a espera, prostrado a teus pés.

E não é sem razão, pois de tua palavra depende o alívio dos infelizes, a redenção dos cativos, a liberdade dos condenados, enfim, a salvação de todos os filhos de Adão, de toda a tua raça.

Apressa-te, ó Virgem, em dar a tua resposta; responde sem demora ao Anjo, ou melhor, responde ao Senhor por meio do Anjo. Pronuncia uma palavra e recebe a Palavra; profere a tua palavra e concebe a Palavra de Deus; dize uma palavra passageira e abraça a Palavra eterna.

Por que demoras? Por que hesitas? Crê, consente, recebe. Que tua humildade se encha de coragem, tua modéstia de confiança. De modo algum convém que tua simplicidade virginal esqueça a prudência. Neste encontro único, porém, Virgem prudente, não temas a presunção. Pois, se tua modéstia no silêncio foi agradável a Deus, mais necessário é agora mostrar tua piedade pela palavra.

Abre, ó Virgem santa, teu coração à fé, teus lábios ao consentimento, teu seio ao Criador. Eis que o Desejado de todas as nações bate à tua porta. Ah! se tardas e ele passa, começarás novamente a procurar com lágrimas aquele que teu coração ama! Levanta-te, corre, abre. Levanta-te pela fé, corre pela entrega a Deus, abre pelo consentimento. Eis aqui, diz a Virgem, a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra (Lc 1,38).

Responsório Cf. Lc 1,31.42

R. Ó Virgem Maria, acolhei a Palavra
que Deus vos envia por meio do anjo:
sereis Mãe do Deus-Homem.
* E sereis aclamada bendita
entre todas as mulheres da terra.
V. Dareis, na verdade, à luz um Menino
e sereis sempre virgem, sereis Virgem-Mãe.
* E sereis aclamada.

Oração
Senhor Deus, ao anúncio do Anjo, a Virgem imaculada acolheu vosso Verbo inefável e, como habitação da divindade, foi inundada pela luz do Espírito Santo. Concedei que, a seu exemplo, abracemos humildemente a vossa vontade. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by