Segunda Feira III Semana do Advento

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011




Nossa Senhora de Guadalupe

LAUDES
No ano de 1531, na colina do Tepeyac, próxima da cidade de México, no território que hoje tem o nome de México, a Virgem Ma­ria manifestou-se a João Diogo Cuauhtlatoatzin, de uma estirpe dos índios nativos, e na sua capa ficou maravilhosamente impressa a sua imagem, que desde então ficou a ser sempre venerada pelos fiéis. Por intermédio deste homem, dotado de uma fé puríssima, a Mãe de Deus e da Igreja chama todos os povos ao amor de Cristo.

V. Vinde, ó Deus em meu auxílio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino
Ave, Maria,
Mãe da Esperança,
Cheia de graça!
Ave Maria!
Ditosa Virgem sois Vós, Maria,
De cujo seio Cristo nasceu:
Sois a nascente da eterna graça,
Sois a formosa porta do Céu!
Eternamente por Deus pensada,
Sois maravilha do seu amor;
Em vós, Senhora, Deus Se contempla,
Mãe gloriosa do Redentor!

Imaculada, cheia de graça,
Sois a alegria da santa Igreja;
Todas as gentes hão-de aclamar-vos:
Salve, Rainha! Bendita seja!
Sois a mais bela das criaturas,
De Deus Esposa, Mãe de Jesus:
Sois Mãe dos homens, por vós gerados
Do mesmo sangue dado na Cruz.
Salve, Mãe santa, por quem o mundo
A paz divina dos Céus alcança;
Do Céu à terra sois o caminho
Donde vem Cristo, Rei da Esperança.
Salmos e cântico do Domingo I.

Salmo 62 (63), 2-9.
Sede de Deus
Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

Ant. 1 Bendita sejais, ó Virgem Maria, porque de Vós nos veio a salvação do mundo. Na glória do Senhor em que viveis, intercedei por nós diante de vosso Filho.

— 2Sois vós, ó Senhor, o meu Deus!*
Desde a aurora ansioso vos busco!
= A minh´alma tem sede de vós,+
minha carne também vos deseja,*
como terra sedenta e sem água!
— 3Venho, assim, contemplar-vos no templo,*
para ver vossa glória e poder.
— 4Vosso amor vale mais do que a vida:*
e por isso meus lábios vos louvam.
— 5Quero, pois, vos louvar pela vida,*
e elevar para vós minhas mãos!
— 6A minh´alma será saciada,*
como em grande banquete de festa;
— cantará a alegria em meus lábios,*
ao cantar para vós meu louvor!

- 7Penso em vós no meu leito, de noite,*
nas vigílias suspiro por vós!
— 8Para mim fostes sempre um socorro;*
de vossas asas à sombra eu exulto!
— 9Minha alma se agarra em vós;*
com poder vossa mão me sustenta.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. 1 Bendita sejais, ó Virgem Maria, porque de Vós nos veio a salvação do mundo. Na glória do Senhor em que viveis, intercedei por nós diante de vosso Filho.


No cântico que se segue o refrão entre parênteses é opcional.

Cântico
(Dn 3,57-88.56)
Louvor das criaturas ao Senhor
Louvai o nosso Deus, todos os seus servos (Ap 19,5)

Ant. 2 Vós sois a glória de Jerusalém, sois a alegria de Israel, sois a honra do nosso povo.

- 57Obras do Senhor, bendizei o Senhor,*
louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!
- 58Céus, bendizei o Senhor!
59Anjos do Senhor, bendizei o Senhor!
(R. Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!
Ou
R. A ele glória e louvor eternamente)
- 60Águas do alto céu, bendizei o Senhor!*
61Potências do Senhor, bendizei o Senhor!
- 62Lua e sol, bendizei o Senhor!*
63Astros e estrelas bendizei o Senhor!
(R.)
- 64Chuvas e orvalhos, bendizei o Senhor!*
65Brisas e ventos, bendizei o Senhor!
- 66Fogo e calor, bendizei o Senhor!*
67Frio e ardor, bendizei o Senhor!
(R.)
- 68Orvalhos e garoas, bendizei o Senhor!*
69Geada e frio, bendizei o Senhor!
- 70Gelos e neves, bendizei o Senhor!*
71Noites e dias, bendizei o Senhor!
(R.)
- 72Luzes e trevas, bendizei o Senhor!*
73Raios e nuvens, bendizei o Senhor!
-74Ilhas e terra, bendizei ao Senhor!*
Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!
(R.)
- 75Montes e colinas, bendizei o Senhor!*
76Plantas da terra, bendizei o Senhor!
- 77Mares e rios, bendizei o Senhor!*
78Fontes e nascentes, bendizei o Senhor!
(R.)
- 79Baleias e peixes, bendizei o Senhor!*
80Pássaros do céu, bendizei o Senhor!
- 81Feras e rebanhos, bendizei o Senhor!*
82Filhos dos homens, bendizei o Senhor!
(R.)
- 83Filhos de Israel, bendizei o Senhor!*
Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!
- 84Sacerdotes do Senhor, bendizei o Senhor!*
85Servos do Senhor, bendizei o Senhor!
(R.)
- 86Almas dos justos, bendizei o Senhor!*
87Santos e humildes, bendizei o Senhor!
- 88Jovens Misael, Ananias e Azarias, bendizei o Senhor,*
louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!
(R.)
- ao Pai e ao Filho e ao espírito Santo*
louvemos e exaltemos pelos séculos sem fim!
- 56Bendito sois, Senhor, no firmamento dos céus!*
Sois digno de louvor e de glória eternamente!
(R.)
No fim deste cântico não se diz Glória ao Pai

Ant. 2 Vós sois a glória de Jerusalém, sois a alegria de Israel, sois a honra do nosso povo.

Salmo 149
A alegria e o louvor dos santos
Os filhos da Igreja, novo povo de Deus, se alegrem no seu Rei Cristo Jesus (Hesíquio).

Ant. 3 Alegrai-Vos, ó Virgem Maria, que trouxestes em vosso seio a Cristo, Salvador do mundo.

— 1Cantai ao Senhor Deus um canto novo,*
e o seu louvor na assembléia dos fiéis!
— 2Alegre-se Israel em quem o fez,*
e Sião se rejubile no seu Rei!
— 3Com danças glorifiquem o seu nome,*
toquem harpa e tambor em sua honra!
— 4Porque, de fato, o Senhor ama seu povo*
e coroa com vitória os seus humildes.
— 5Exultem os fiéis por sua glória,*
e cantando se levantem de seus leitos,
— 6com louvores do Senhor em sua boca*
e espadas de dois gumes em sua mão,
— 7para exercer sua vingança entre as nações,*
e infligir o seu castigo entre os povos,
— 8colocando nas algemas os seus reis,*
e seus nobres entre ferros e correntes,
— 9para aplicar-lhes a sentença já escrita:*
Eis a glória para todos os seus santos.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. 3Alegrai-Vos, ó Virgem Maria, que trouxestes em vosso seio a Cristo, Salvador do mundo.

Leitura Breve cf. Is 61, 10
Exulto de alegria no Senhor, minha alma rejubila no meu Deus, que me revestiu com as vestes da salvação e me envol­veu num manto de justiça, como noiva que se adorna com suas jóias.
Responsório breve
V. O Senhor a escolheu e a predestinou.
R. O Senhor a escolheu e a predestinou.
V. Deus fê-la morar no seu templo santo. R.
V. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. R.


CÂNTICO EVANGÉLICO (BENEDICTUS)
(Lc 1,68-79)
O Messias e seu Precursor

Ant. Por Eva foi fechada aos homens a porta do Céu e a todos foi de novo aberta por Maria.

–68 Bendito seja o Senhor Deus de Israel, *
que a seu povo visitou e libertou;

–69 e fez surgir um poderoso Salvador *
na casa de Davi, seu servidor,

–70 como falara pela boca de seus santos, *
os profetas desde os tempos mais antigos,

–71 para salvar-nos do poder dos inimigos *
e da mão de todos quantos nos odeiam.

–72 Assim mostrou misericórdia a nossos pais, *
recordando a sua santa Aliança

–73 e o juramento a Abraão, o nosso pai, *
de conceder-nos 74 que, libertos do inimigo,

= a ele nós sirvamos sem temor †
75 em santidade e em justiça diante dele, *
enquanto perdurarem nossos dias.

=76 Serás profeta do Altíssimo, ó menino, †
pois irás andando à frente do Senhor *
para aplainar e preparar os seus caminhos,

–77 anunciando ao seu povo a salvação, *
que está na remissão de seus pecados;

–78 pelo amor do coração de nosso Deus, *
Sol nascente que nos veio visitar

–79 lá do alto como luz resplandecente *
a iluminar a quantos jazem entre as trevas

= e na sombra da morte estão sentados †
e para dirigir os nossos passos, *
guiando-nos no caminho da paz.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Por Eva foi fechada aos homens a porta do Céu e a todos foi de novo aberta por Maria.
Preces
Elevemos as nossas súplicas ao Salvador, que Se dignou nascer da Virgem Maria, e digamos confiadamente:
Vossa Mãe, Senhor, interceda por nós.
Ó Sol de justiça, a quem a Virgem Maria precedeu como aurora resplandecente,
— fazei que vivamos sempre na claridade da vossa luz.
Verbo eterno do Pai, que escolhestes Maria como arca incor­ruptível da vossa morada,
— livrai-nos de toda a corrupção do pecado.
Salvador do mundo, que tivestes vossa Mãe junto à cruz,
— concedei-nos, por sua intercessão, a graça de participar generosamente nos vossos sofrimentos.
Senhor Jesus Cristo, que, suspenso da cruz, destes a João, Maria por Mãe,
— fazei que vivamos também como seus filhos.
Pai nosso...

Oração
Senhor, que, pela anunciação do Anjo, quisestes que o vos­so Filho Se fizesse carne no seio da bem-aventurada Virgem Maria, concedei-nos que, acreditando que ela é verdadeira Mãe de Deus, a tenhamos como intercessora junto de Vós. Por Nosso Senhor.

Conclusão da Hora
Não havendo presbítero ou diácono e na recitação individual:
V. O Senhor nos abençoe, nos livre de todo mal e nos conduza à vida eterna.
R. Amém.

Se um presbítero ou diácono preside o Ofício:
V. O Senhor esteja convosco.
R. Ele está no meio de nós.
V. Abençoe-vos Deus todo poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo.
R. Amém.
V. Ide em paz e o Senhor vos acompanhe.
R. Graças a Deus

VÉSPERAS
V. Vinde, ó Deus em meu auxílio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino
Salve, estrela do mar,
Mãe do Verbo de Deus,
Virgem pura entre as virgens,
Feliz porta do Céu.


Saudada pelo Arcanjo:
«Ave, cheia de graça».
Dá-nos a tua paz,
Mudando o nome de «Eva».
Quebra ao preso as cadeias,
Dá aos cegos a vista,
Afugenta a desgraça,
Traz-nos todos os bens.
Mãe de Deus, nossa Mãe,
Ouça os nossos pedidos
Aquele que por nós
Quis chamar-Se teu Filho.
Virgem incomparável,
Mãe de misericórdia,
Liberta-nos da culpa,
Faz-nos mansos e castos.
Dá-nos a vida pura
E o seguro caminho,
Para que, vendo o teu Filho,
Sempre nos alegremos.
Glória a Deus, Pai eterno,
Glória ao Filho, Senhor,
Com o Espírito Santo,
Agora e para sempre.

Salmo 121 (122)
Ant. 1 Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convos­co.

1 Alegrei-me quando me disseram: *
«Vamos para a casa do Senhor».
2 Detiveram-se os nossos passos, *
às tuas portas, Jerusalém.
3Jerusalém, cidade bem edificada, *
que forma tão belo conjunto!
4 Para lá sobem as tribos, *
as tribos do Senhor,
segundo o costume de Israel, *
para celebrar o nome do Senhor;
5ali estão os tribunais da justiça, *
os tribunais da casa de David.

6Pedi a paz para Jerusalém: *
vivam seguros quantos te amam.
7Haja paz dentro dos teus muros,*
tranquilidade em teus palácios.

8Por amor de meus irmãos e amigos, *
pedirei a paz para ti.
9 Por amor da casa do Senhor nosso Deus, *
pedirei para ti todos os bens.

Ant. Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco (T. P. Aleluia).

Salmo 126 (127)
Ant. 2 Eis a escrava do Senhor. Faça-se em mim segundo a vossa palavra..
1 Se o Senhor não edificar a casa, *
em vão trabalham os que a constroem.
Se o Senhor não guardar a cidade, *
em vão vigiam as sentinelas.
2 É inútil levantar-se antes da aurora *
e trabalhar pela noite dentro,
para comer o pão dum trabalho duro, *
porque Ele o dá aos seus amigos, até durante o sono.
3Os filhos são uma bênção do Senhor, *
o fruto das entranhas uma recompensa;
4 como flechas nas mãos de um guerreiro, *
assim os filhos nascidos na juventude.
5Feliz o homem que assim encheu a aljava: *
não será confundido, †
quando enfrentar os inimigos às portas da cidade.
Ant. Eis a escrava do Senhor. Faça-se em mim segundo a vossa palavra (T. P. Aleluia).
Cântico Ef 1, 3-10
Ant. 3 Bendita sois Vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre.
3Bendito seja Deus, *
Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo,
que do alto do Céu nos abençoou, *
com todas as bênçãos espirituais em Cristo.
4 Ele nos escolheu, antes da criação do mundo, *
para sermos santos e irrepreensíveis, †
em caridade, na sua presença.
5 Ele nos predestinou, de sua livre vontade, *
para sermos seus filhos adotivos, por Jesus Cristo,
6 para que fosse enaltecida a glória da sua graça, *
com a qual nos favoreceu em seu amado Filho;
7n’Ele temos a redenção, pelo seu Sangue, *
a remissão dos nossos pecados;
segundo a riqueza da sua graça, *
8 que Ele nos concedeu em abundância,
com plena sabedoria e inteligência, *
9deu-nos a conhecer o mistério da sua vontade,
segundo o beneplácito que n’Ele de antemão estabelecera, *
10para se realizar na plenitude dos tempos:
instaurar todas as coisas em Cristo, *
tudo o que há nos céus e na terra.
Ant. Bendita sois Vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre.
Leitura Breve Gal 4, 4-5
Ao chegar a plenitude dos tempos, Deus enviou o seu Filho, nascido de uma mulher e sujeito à Lei, para resgatar os que es­tavam sob o jugo da Lei e nos tornar seus filhos adotivos.

Responsório
V. Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco.
R. Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco.
V. Bendita sois Vós entre as mulheres
e bendito é o fruto do vosso ventre.
R. O Senhor é convosco.
V. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
R. Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco.


Cântico evangélico (MAGNIFICAT) Lc 1,46-55

Ant. Bendita sois Vós, ó Maria, que acreditastes: há-de realizar-se tudo quanto Vos foi dito da parte do Senhor.

A alegria da alma no Senhor
46 A minha alma engrandece ao Senhor *
e exulta meu espírito em Deus, meu Salvador;
–48 porque olhou para humildade de sua serva, *
doravante as gerações hão de chamar-me de bendita.

–49 O Poderoso fez em mim maravilhas *
e Santo é o seu nome!
–50 Seu amor para sempre se estende *
sobre aqueles que o temem;

–51 manifestou o poder de seu braço, *
dispersou os soberbos;
–52 derrubou os poderosos de seus tronos *
e elevou os humildes;
–47
–53 saciou de bens os famintos, *
despediu os ricos sem nada.
–54 Acolheu Israel, seu servidor, *
fiel ao seu amor,

–55 como havia prometido a nossos pais, *
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Bendita sois Vós, ó Maria, que acreditastes: há-de realizar-se tudo quanto Vos foi dito da parte do Senhor.

Preces
Deus Pai todo-poderoso quis que Maria, Mãe de seu Filho, fos­se honrada por todas as gerações. Proclamemos a sua grandeza e peçamos humildemente:
Interceda por nós a cheia de graça.

Deus, autor de tantas maravilhas, que elevastes ao Céu a Ima­culada Virgem Maria, para a tornar participante, em corpo e alma, da glória de Cristo,
— orientai para a mesma glória o coração dos vossos filhos.
Vós que nos destes Maria por Mãe, concedei, pela sua interces­são, remédio aos enfermos, consolação aos tristes, perdão aos pecadores,
— e a todos dai saúde e paz.
Vós que fizestes de Maria a cheia de graça,
— concedei a abundância da vossa graça a todos os homens.
Fazei, Senhor, que a vossa Igreja seja, na caridade, um só co­ração e uma só alma
— e que todos os fiéis perseverem unânimes na oração com Maria, Mãe de Jesus.
Vós que coroastes Maria como Rainha do Céu,
— fazei que os defuntos alcancem com todos os Santos a ale­gria do vosso reino.
Pai nosso...

Oração
Senhor, que, pela anunciação do Anjo, quisestes que o vos­so Filho Se fizesse carne no seio da bem-aventurada Virgem Maria, concedei-nos que, acreditando que ela é verdadeira Mãe de Deus, a tenhamos como intercessora junto de Vós. Por Nosso Senhor.

Conclusão da Hora
Não havendo presbítero ou diácono e na recitação individual:
V. O Senhor nos abençoe, nos livre de todo mal e nos conduza à vida eterna.
R. Amém.

Se um presbítero ou diácono preside o Ofício:
V. O Senhor esteja convosco.
R. Ele está no meio de nós.
V. Abençoe-vos Deus todo poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo.
R. Amém.
V. Ide em paz e o Senhor vos acompanhe.
R. Graças a Deus
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by