Bento XVI encoraja as cooperativas, o micro-crédito e "uma economia animada pela lógica da comunhão e da fraternidade"

sábado, 10 de dezembro de 2011




“Para o cristão, amar o outro não é mera filantropia”; “que a economia e o mercado nunca se desliguem da solidariedade”: advertiu Bento XVI, dirigindo-se neste sábado a dezenas de dirigentes da Confederação das Cooperativas Italianas e da Federação Italiana das Caixas de Depósitos de Crédito Cooperativo.
O Papa começou por sublinhar a importância da cooperação católica que surgiu na Itália na sequência da publicação, há 120 anos, da “Rerum Novarum”. Esta Encíclica do Papa Leão XIII – observou - favoreceu a presença ativa dos católicos na sociedade italiana, com a criação de cooperativas, associações de mútuo apoio, empresas sociais e outras obras de interesse público. Tudo isso para favorecer o apoio material da população e com uma atenção permanente à família.

Para Bento XVI, sublinhou que as organizações de tipo cooperativo não são apenas uma exigência de ordem económica: brotam também do desejo de viver uma experiência de unidade e de solidariedade, que leve à superação das diferenças económicas e dos conflitos sociais entre os diversos grupos.

“É precisamente no empenho de conjugar harmonicamente a dimensão individual e a dimensão comunitária que está o fulcro da experiência das cooperativas. É uma expressão concreta da complementaridade e da subsidiaridade que a doutrina social da Igreja desde sempre promove entre a pessoa e o Estado, articulando de modo
equilibrado a tutela dos direitos do indivíduo e a promoção do bem comum.”

“Numa época de grande transformações, de persistente precariedade económica, de dificuldades no mundo do trabalho, a Igreja sente o dever de anunciar com novo vigor a Mensagem de Cristo, com a força da humanização e a carga de esperança no futuro que ela contém”.

Observando que “a economia e o mercado nunca se deverão separar da solidariedade”, Bento XVI encorajou os representantes das Cooperativas e do Crédito Cooperativo a “valorizarem sempre o homem na sua inteireza, para além de todas as diferenças de raça, língua ou credo religioso”, favorecendo também novas experimentações, tendo em conta o magistério social da Igreja: por exemplo organizações sociais de desenvolvimento, experiências de micro-crédito e “uma economia animada pela lógica da comunhão e da fraternidade”.
Radio Vaticano
Compartilhe este artigo, evangelize! :

0 comentários:

Deixe seu comentario

O que você achou do artigo... !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Support : | |
Copyright © 2011. Nossa Senhora de Medjugorje - All Rights Reserved
Template Created by Nossa Senhora de Medjugorje, Aparições de Nossa Senhora
Proudly powered by